S05E05 – Kill The Boy

Kill The Boy dividiu minhas emoções e opinião. Se em alguns momentos vibrei de felicidade, em outros, fiquei realmente incomodado com o ritmo.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.38.55

Exceto pelo ritmo da cena final, que foi impactante, não gostei do ritmo do episódio como um todo. Alguns pontos realmente não convenceram e outros se demonstraram muito mal executados. Falarei mais sobre esses momentos, quando começar a discorrer sobre cada cena.

Vamos lá:

O que eu esperava de S05E05 – Kill The Boy

Conseguis sentir as tempestades no ar, Hugor Hill? À nossa frente está o Lago Adaga, onde piratas vagueiam em busca de presas. E depois do lago ficam as Mágoas. A Dança dos Dragões – capítulo 14, Tyrion.

É aqui que veremos as alterações mais drástica da HBO. Pois ao que tudo indica, não teremos o Jovem Griff.

E se não teremos o jovem Griff, talvez (talvez mesmo) essa trama no livro não alterará o curso da história. Logo, podemos ter um pouco mais de certeza que o jovem Griff é o dragão do pantomineiro, como nas teorias amplamente divulgadas pela internet.

Eu acho que esse será o episódio que mostrará o futuro de Tyrion… E se o episódio é o 5º, provavelmente teremos Tyrion com Daenerys no episódio 9!

O que o episódio nos trouxe

S05E05 – Kill The Boy

Ao menos acertei que veríamos Tyrion neste episódio e também os Homens-Cinzas.

O episódio não tratou apenas de Tyrion (e isso era esperado), e o pequeno Lannister apareceu apenas no final. Antes disso tivemos muita coisa rolando. Tanto em Westeros, quanto em Meereen.

Falando em Meereen, o episódio começa naquela região nos mostrando logo de cara que Verme Cinzento está à beira da morte e que Sor Selmy Barristan realmente está morto.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.15.39

Eu realmente achei que ele estaria vivo, porém gravemente ferido, mas colocaram um fim na vida do melhor espadachim de Westeros.

Questiono o motivo de Verme Cinzento ter impedido que Selmy fosse degolado. Se ele iria morrer, porque evitar isto edepois mostrar que não adiantou?

De qualquer forma, foi assim que os acontecimentos se desdobraram depois do ataque dos Filhos da Harpia. Muito foi discutido sobre a morte de Sor Barristan. E o questionamento maior seria a importância que ele viria a ter, tendo como base os acontecimentos contidos em A Dança dos Dragões.

E se ele morreu, questiono se veremos um Mão da Rainha, reinando em sua ausência. Questiono até mesmo se haverá de fato esta ausência. Explicarei melhor daqui a pouco.

Uma crítica que deve ser feita é a respeito dos cenários de Meereen. Faz um tempo que eles se tornaram repetitivos ao extremo.  Só consigo pensar que a pirâmide em que Daenerys está tem apenas dois cômodos. Não sei qual dificuldade de mostrar um pouco mais de locais quando abordam o núcleo de Daenerys.

A Sala do Trono serve para audiências com solicitantes e agora serve para funeral. Esperava ver um Templo ou algo assim, para mostrar um pouco da religião do outro lado do Mar Estreito. Ainda sobre os cenários, ou Daenerys está nesta Sala do Trono ou está na sala do conselho, e olhem que isso vem acontecendo desde a 4ª temporada.

Voltando a falar da trama, podemos perceber que a falta de “direção” de Daenerys, que estava irritando por um bom tempo, finalmente acabou.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.25.10

Ela decidiu como agir daqui para frente. E isso é um grande alívio. Finalmente teremos uma Mãe de Dragões.

Eu quero acreditar que essa mudança em seu comportamento perdurará pelo restante da temporada, pelo menos, pois assim dará um fôlego extra para acompanhar este núcleo, que na minha opinião vinha se salvando apenas pela presença dos dragões.

E falando em dragões… que cena vimos logo após. Dentro do covil de Rhaegal e Viseryon testemunhamos um belo trabalho de CG. Os dragões estão sempre melhores, à cada episódio.

 Uma boa mãe não desiste de seus filhos.

Se essa for a frase que direcionará Daenerys daqui em diante, ouso dizer que teremos uma mudança substancial neste núcleo.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.24.26

Uma mudança bem-vinda, como já disse antes. O núcleo Daenerys se arrasta a cada temporada, e se torna enfadonho e difícil de acompanhar com vontade.

Pois não teremos elementos que certamente continuariam travando o desenvolvimento desse núcleo.

Quais são esses elementos?

Não teremos Aegon (que tem nos livros), aposto que não teremos a fuga de Daenerys em Drogon, não teremos o encontro com os dothrakis, não teremos Sor Barristan agindo como Mão na ausência da mhysa. Nem dias na montanha com Drogon, nem Greyjoys vindo busca-la.

Sem tudo isso, aposto que ao final dessa temporada, Daenerys chegará em Pedra do Dragão em Westeros, ou até mesmo em Porto Real.

Será que aquel cena de uma sombra de dragão, cobrindo Westeros seria vista nessa temporada? Talvez.

Nos próximos episódios veremos o encontro dela com Tyrion, veremos a reabertura da Arena de Daznak, possivelmente veremos ela montar Drogon, e após ver o mundo abaixo de si e de seu dragão, decidirá seguir para Westeros.

Captura de Tela 2015-05-12 às 17.06.01

 Essa aceleração, na minha opinião é muito bem-vindo, pois deixará tudo mais dinâmico, colocará Daenerys em rumos não visto nos livros, e ela poderá rivalizar com Stannis, que está tentando chegar ao Trono de Ferro pelo Norte. Assim teremos Daenerys no Sul, rumando para o mesmo lugar, para o mesmo objetivo.

Acho que está na hora das peças se posicionarem, e termos uma próxima temporada mostrando que tomar o Trono de Ferro está bem próximo da realidade. Seja por um Targaryen, seja por um Baratheon.

Depois disso vamos para Muralha onde vemos Aemon e Sam conversando sobre Daenerys. Quase nos esquecemos que o meistre é Targaryen.

Reparem que quando ele diz que Daenerys é uma Targaryen sozinha no mundo, Jon Snow entra na sala. É sensacional!

Captura de Tela 2015-05-12 às 17.36.23

A HBO, do ultimo episódio para cá, decidiu que preparará os espectadores para uma grande revelação. A origem verdadeira de Jon Snow. Não é possível que todos esses detalhes não passem de mera coincidência. Deixando de lado isso, vamos falar sobre a cena.

Mate o Garoto, deixe o Homem amadurecer.

Perceberam que essa conversa teve para Jon, o mesmo peso que a morte de Barristan teve para Daenerys?

Nesse episódio ambos personagens (Fogo e Gelo) deram um passo importante. Um passo para o amadurecimento. E o resultado disso veremos no final da temporada.

Após, temos uma sequência com Tormund e Jon falando sobre o restante dos selvagens.

A ideia de trazer os selvagens para a Muralha tem dois objetivos:

Captura de Tela 2015-05-12 às 17.50.29

1- Contar com eles para lutar por Jon (na verdade pela sobrevivência deles mesmos) quando chegar a hora;

2- Evitar que os Selvagens virem criaturas dos Caminhantes.

É uma atitude que desagradará a Patrulha da Noite, mas qual seria a outra saída, se pensássemos friamente?

Gostei muito de ver Jon tirando as correntes de Tormund e a decisão de que os selvagens virão para a Muralha.

A conversa com os irmãos juramentados é tensa. Dá para entender ambos os lados.

Muitos  tiveram amigos mortos pelos selvagens. Ver Ed Doloroso se levantar e dizer que seguiria Jon sempre, mas não dessa vez… Mostra claramente que talvez, Jon esteja passando dos limites em suas escolhas como Senhor Comandante.

Captura de Tela 2015-05-12 às 17.55.45

Grenn e Pyp e mais 50 irmãos foram mortos. Realmente é difícil aceitar o pedido de Jon.

Mas o melhor dessa cena é Stannis corrigindo a gramática de um dos irmãos da Patrulha.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.42.07

Acredito que o garoto (não lembro do nome dele) será um daqueles que estará entre os traidores da Muralha. Seria demais pensar nisso? Um garoto traindo Jon?

Eu não acho absurdo. Talvez essa cena convença vocês…

O garoto tem motivos para odiar os selvagens.

 Próximo a Winterfell temos Brienne e Pod.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.43.07

Até o episódio anterior eu havia gostado de ver que Sansa não estaria sozinha. “O Norte se Lembra”  uma senhorinha disse.

Acontece que a impressão que dá é de uma Winterfell onde há apenas três pessoas leais aos Bolton.

São eles: Roose, Ramsay e a esposa de Roose.

Parece que todo e qualquer um está ao lado dos Stark. E isso leva a crer que será muito mais fácil do que deveria, resgatar Sansa.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.46.01

A cena entre Myranda e Ramsay deixa claro que ela foi tomada pela insanidade mental dele e age da mesma forma errática e louca.

Ao final da cena conclui que a discussão entre eles demonstrou que essa relação não durará por muito tempo. Ramsay se cansará dela como se cansou de sua outra amante, em S04E02 – The Lion and the Rose.

Será que, nesse momento, quando ele decidir que Myranda não deve mais viver, Sansa terá que participar de uma caçada com Ramsay?

Será que Sansa caçará Miranda?

Abaixo está a cena que estou citando, para vocês se lembrarem.

Eu acredito que será assim que Sansa ganhará confiança de Ramsay. Isso definirá a posição de Sansa no Jogo dos Tronos.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.49.54

Agora acompanhamos Sansa no quarto com aquela senhora que citei anteriormente. Mais uma vez vemos que Sansa não está desamparada.

Seria tão interessante que tal conduta fosse um dos joguinhos de Ramsay, como ele fez com Theon. Mas duvido que signifique algo tão elaborado assim. A velha diz a verdade.

A série está deixando claro que o Norte precisa apenas de um sinal, para se rebelar contra os Bolton e lutar por Sansa.

Acho que está sendo reforçado demais já. Se da primeira vez a sensação foi de alegria, agora já soou repetitivo.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.51.11

A torre citada é a mesma Torre que Bran caiu. Lembrei da primeira temporada. Me lembrei de quando tudo começou… Foi legal essa nostalgia.

Após, temos Myranda conversando com Sansa, e essa atitude de Myranda talvez incomode Ramsay, quando ele descobrir.

É tensa a cena em que os cães estão latindo. Mas não chega nem perto da tensão que é criada quando Sansa finalmente se encontra com Theon.

Dó e ódio se misturam, e Sophie Turner me surpreende na atuação. Na verdade a atuação dela em todo o episódio ficou interessante.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.54.47

Podemos ver todo o caminho que Theon trilhou até aqui, só de ver seus olhos.

Uma cena muito boa, que carrega muitos elementos. A trajetória de Theon foi a mais difícil até o momento. A redenção dele virá… Acredito que será ele que ajudará Sansa a fugir, levando-a até Brienne.

Captura de Tela 2015-05-11 às 02.58.10

O jantar da família Bolton com Sansa é bem mal feito. Não gostei da forma como tudo se desenvolveu. Sei que Ramsay é doente e insano, mas pelo menos nesse primeiro momento, esperava que ele não fosse tão previsível.

Falar da morte dos irmãos dela e repetir isso algumas vezes dá muitos motivos para Sansa odiar Ramsay. Por isso acho que deveria ser melhor desenvolvido… Deveriam utilizar mais capítulos para desenvolver essa faceta de Ramsay perante Sansa. Algo mais gradual.

Deixar Sansa incomodada, era esperado, porém desnecessário nesse momento.

Porém a cena serviu para nos mostrar que Theon ainda existe ali dentro, por baixo da personalidade de Fedor. Ele quase disse a verdade. Quase disse que os garotos Stark não foram mortos.

Captura de Tela 2015-05-11 às 03.04.18

Ver Roose Bolton incomodado com o filho sempre me diverte. E o sorriso no rosto de Sansa, ao ver Ramsay com raiva com a notícia de sua “mãe”, foi muito bom. Talvez ela use essa insegurança para desestabilizá-lo.

A história sobre o passado da mãe verdadeira de Ramsay, também foi desnecessário. Se fosse  para ter realmente essa cena, que ao menos falasse que Roose reconheceu seu filho pelos olhos azuis claros.

Aqui que o episódio me decepcionou. O ritmo se tornou muito lento, e foi difícil retomar o animo, até o final.

De qualquer forma, sabemos que Roose está se preparando, junto com seu filho, para deter Stannis.

Baratheon vs Bolton.

Com a convergência de núcleos, talvez seja possível vermoss Stannis, Roose e Ramsay Bolton, Theon, Brienne, Pod e Sansa.

Todos buscando se redimir, conquistar, cumprir juramentos, se salvar. Será interessante.

Captura de Tela 2015-05-11 às 03.08.18Eu acho que essa será uma das melhores cenas da temporada.

Passamos novamente para a Muralha e vemos Sam fala com Gilly (Goiva) sobre a Cidadela.  O treinamento de Sam acontecerá logo, pelo visto.

Esse seria um núcleo que poderia ser cortado, mas os produtores resolveram abordar. A conversa de Stannis com Sam foi bem instrutiva. Um pouco sobre o passado do pai de Sam, e conversa sobre Os Outros.

A informação sobre os Caminhantes Brancos está sendo disseminada. As criaturas místicas que existiam apenas nas histórias da Velha Ama começam a ganhar vida, e Stannis parece querer saber tudo, para defender seu reino. Achei sensacional isso.

Stannis se demonstra um pretendente ao Trono de Ferro, cada vez mais preparado. Se ele continuar vivo após a batalha de Winterfell, acredito que ele tenha grandes chances de sentar no Trono de Ferro. Por isso acho que a HBO dará um desfecho diferente do final dos livros.

Só não entendi por que Stannis não esperou Jon Snow. Ele pediu homens para lutar ao seu lado, mas decidiu ir embora antes desses mesmos homens chegarem.

Captura de Tela 2015-05-11 às 03.15.31

Essa atitude serve para deixar Jon sozinho e ter que se resolver com seus Irmãos Juramentados.

Porém, não funcionou.

Stannis abriu mão de uma vantagem numérica, e isso não faz sentido para mim. Shireen me faz lembrar da curiosidade de Bran, no início da série.

Seria a ultima conversa entre Jon e Stannis?

Captura de Tela 2015-05-11 às 03.14.39

Stannis se vai com a certeza de que Jon é um homem honrado. Talvez esse respeito, lá na frente seja decisivo para o futuro do Reino. Sobre isso falarei quando tiver mais certeza sobre o que acho, e se Stannis sobreviver para a próxima temporada.

Captura de Tela 2015-05-11 às 03.17.28

Voltamos para Meereen e vemos Verme Cinzento acordando, três dias depois. Se no episódio passado vimos Imaculados completamente descaracterizados, gritando e se lamentando, agora vemos o “código de conduta” deles voltar a tona. Realmente não convenceu. Porém foi uma boa ligação com o “romance” que havia sido insinuado na temporada passada.

Captura de Tela 2015-05-12 às 23.10.19

A conversa entre Daenerys e Missandei seria interessante, caso tivesse acontecido antes da postura dela, no início do episódio. Nesse momento, não fez muito sentido.

Porém foi uma ponte para que Daenerys voltasse atrás, à respeito das tradições e reabertura da Arena de Daznak.

Captura de Tela 2015-05-12 às 23.13.36

O que mais gostei nessa cena, foi o modo como Daenerys informou Hizdahr que se casaria com ele. Realmente essa é outra Daenerys. Essa é a Daenerys que deve voltar para Westeros.

E por fim… a cena final. Ainda não está funcionando essa dupla, e acredito que não teremos tempo para vê-la funcionar.

O que eu achei desse final?

Gostei e detestei ao mesmo tempo. Representar Valíria daquela forma foi, no mínimo um ultraje.

Captura de Tela 2015-05-12 às 23.19.02

Um lugar mítico apresentado nos livros, reduzido à isso. Realmente foi péssimo. Podiam muito bem não ter mostrado, mas decidiram mostrar a Cidade de Valíria e falharam vergonhosamente. Achei tão ruim que mal me empolguei com Tyrion avistando um dragão.

Captura de Tela 2015-05-11 às 03.22.15

Então…afinal, de que eu gostei?

Gostei dos Homens Cinza! Eles estavam sensacionais! Bem caracterizados e passaram uma sensação de tensão que eu gostei. O som que emitiam… Realmente foi assustador.

Jora acabo com eles de uma forma bem fácil, devo confessar.

Captura de Tela 2015-05-12 às 23.31.28

Realmente pensei que Tyrion havia morrido. Não dá mais para saber o que esperar… Morreram tantos personagens na série, que ainda penso que ninguém está a salvo.

Mas fiquei feliz ao ver Tyrion abrindo os olhos. E simplesmente soube, quando o primeiro Homem Cinza caiu na água, que Jorah contrairia Escamagris.

Captura de Tela 2015-05-12 às 23.34.19

 

Conclusão

O episódio trouxe elementos importantes, como a decisão de amadurecer de Jon e Daenerys. Porém pecou em alguns momentos em que o ritmo agiu contra o episódio, deixando uma sensação de episódio sem grandes acontecimentos.

De qualquer forma, rumamos para o sexto episódio, com a promessa de que o núcleo de Daenerys melhorará, assim como de Jon.

Não vejo a hora de ver Stannis em batalha… e não vejo a hora de Daenerys se encontrar com Tyrion.

Fiquem com a promo do próximo episódio… S05E06 – Unbowed, Unbent, Unbroken.

29 comentários sobre “S05E05 – Kill The Boy

  1. Achei q ao tentar misturar o Roine e Valiria eles falharam vergonhosamente na construção das ruínas e de qualquer coisa, se eles tivessem feito uma cena no próprio Rio, caracterizando as cidades/ruínas não como valiria mas como o rio, a cena daria um pouco melhor, mas o q me chama a atenção e q aquela caracterização inteira deixou uma ideia de so servir para mostrar o “Dracarys preto” :v
    E fico um pouco triste sobre Victarion e Euron, um núcleo q eu acho que seria um dos mais fortes e tensos, mostrando também todos indo atrás da Daenerys, com um interesse em destruir ela ou se aliar a ela, acho q isso seria uma coisa interessante pra serie q agora temos mais do q a certeza q nunca acontecerá

  2. Drunk,

    Confesso que não li todos livros. Li o primeiro, e vi toda série depois. Li todo seu site, todos comentários, e muito, muito conteúdo dos livros da web, na wiki de got e etc. Sei bastante sobre os livros, porém não o suficiente como quem tivesse lido. Lerei, assim que acabar a temporada.

    Mas imagino a decepção com alguns fatos da série, em contradição com o livro. Acho que o lance da Valíria mostra bem que George não tem mais quase nada a se relacionar com a série. Ou sei lá também.
    Na verdade, eu gostei de Valíria. No livro ela se mostrava nas lendas muito mais mítica, e amedrontadora claro. Mas a série está humanizando(tirando a fantasia) de várias coisas, acho que tentaram deixar Valíria mais “palpável” pro telespectador que não está acostumado com tanta magia e fantasia. Mostrar uma cidade com céu vermelho, vulcões, mar fumegante e difícil de navegar.

    OK, ia ficar demais. Porra HBO. hahahaha. Mas gostei de Valíria, me encantei com a cena mesmo assim, cidade perdida, sem ninguém, em ruínas, arquitetura lembrando roma(que o George comentou se inspirar), e uma prévia dos monstros que ela pode ter. Mas analisando bem foi fraco, até porque no prox episódio eles já chegam na Baía dos escravos, ou seja, passaram por valíria de canoa, coisa que no livro quase ninguém o fez.

    Agora, saindo desta polêmica:

    – Episódio foi arrastado mesmo, cada cena leva muito tempo. Eles tem um cronograma de acontecimento, uma agenda, que está reservada a partir do episódio 7 eu acho, e neste episódio 5 e 6 serão só a preparação do final. Alongam todas cenas.

    – Jon Snow está agindo corretamente, ou tentando ser justo, assim como Daenerys, sofrerá as consequências por isto. As tradições e história existem e não mudam assim. Ele vai ir pra durolar, vai ganhar a batalha, e vai ser esfaqueado pelo guri intendente dele. Sam irá pra Cidadela, não sei quando, com Aemon.

    – Ainda não deram dicas sobre Tyrion ser Targaryen. Será que ele é? Será

  3. Drunk,

    Confesso que não li todos livros. Li o primeiro, e vi toda série depois. Li todo seu site, todos comentários, e muito, muito conteúdo dos livros da web, na wiki de got e etc. Sei bastante sobre os livros, porém não o suficiente como quem tivesse lido. Lerei, assim que acabar a temporada.

    Mas imagino a decepção com alguns fatos da série, em contradição com o livro. Acho que o lance da Valíria mostra bem que George não tem mais quase nada a se relacionar com a série. Ou sei lá também.
    Na verdade, eu gostei de Valíria. No livro ela se mostrava nas lendas muito mais mítica, e amedrontadora claro. Mas a série está humanizando(tirando a fantasia) de várias coisas, acho que tentaram deixar Valíria mais “palpável” pro telespectador que não está acostumado com tanta magia e fantasia. Mostrar uma cidade com céu vermelho, vulcões, mar fumegante e difícil de navegar.

    OK, ia ficar demais. Porra HBO. hahahaha. Mas gostei de Valíria, me encantei com a cena mesmo assim, cidade perdida, sem ninguém, em ruínas, arquitetura lembrando roma(que o George comentou se inspirar), e uma prévia dos monstros que ela pode ter. Mas analisando bem foi fraco, até porque no prox episódio eles já chegam na Baía dos escravos, ou seja, passaram por valíria de canoa, coisa que no livro quase ninguém o fez.

    Agora, saindo desta polêmica:

    – Episódio foi arrastado mesmo, cada cena leva muito tempo. Eles tem um cronograma de acontecimento, uma agenda, que está reservada a partir do episódio 7 eu acho, e neste episódio 5 e 6 serão só a preparação do final. Alongam todas cenas.

    – Jon Snow está agindo corretamente, ou tentando ser justo, assim como Daenerys, sofrerá as consequências por isto. As tradições e história existem e não mudam assim. Ele vai ir pra durolar, vai ganhar a batalha, e vai ser esfaqueado pelo guri intendente dele. Sam irá pra Cidadela, não sei quando, com Aemon.

    – Ainda não deram dicas sobre Tyrion ser Targaryen. Será que ele é? Será que não? Será que ele será a chave junto com Dany e Jon pra paz no reino dos homens? To em dúvida. Jon e Dany é certo, Tyrion.. sem dúvida será importante, não sei se junto com os outros dois, mas será.

    Enfim, temos que cada vez mais separar a série do livro, e curtir os dois. O legal é que agora quem leu o livro mal tem spoilers pra dar, e fica tenso junto sem saber o futuro. Talvez por isso estão todos chatos! Sempre reclamando.. ahahha

  4. Olá Dunk, sempre visito o site mas não sou muito de comentar, porém dessa vez quero dar meu ‘pitaco’.

    Concordo com sua análise de que o episódio foi arrastado, de ritmo lento e quase irritante, mas pelo menos o núcleo de Winterfell foi bastante desenvolvido.

    Quanto a Valíria, sou indiferente ao aspecto mostrado pela série, até porque nunca vimos Valíria nos livros, apenas histórias. Mas de qualquer forma, acredito que aquela seja apenas uma parte da cidade e que a veremos mais pra frente (nas temporadas finais).

    Previsões para o fim da temporada:

    Acredito que o episódio 9 terminará com a Dany montando no Drogon depois da carnificina na arena e no episódio 10 teremos a caminhada da Cersei, a morte (ou não) do Jon e encerrará com a Dany chegando com Drogon em algum lugar (se for realmente Pedra do Dragão será demais).

    Uma pequena previsão/desejo pra próxima temporada:

    Poderíamos ter um episódio (3º ou 4º) que terminaria com a chegada da frota Greyjoy em algum núcleo e, no episódio seguinte, totalmente ou parcialmente focado no núcleo Greyjoy, numa espécie de flashback, mostrando o que aconteceu nas Ilhas de Ferro enquanto rolavam os acontecimentos da 5ª temporada. Seria muito lega.

    No mais, um abraço ao amigo Dunk e continue postando, pois suas análises e teorias são as melhores.

  5. Parabéns pelo post Drunk, estava muito empolgado pra assistir esse episódio mas achei bem cansativo, venho falar aqui um pouco sobre a última cena entre Jorah e Tyrion, se não me engano nos livros basta tocar na água para contrair os escamagris, a série omitiu isso, eu esperava muito ver Tyrion furando a ponta dos dedos buscando saber se esta amaldiçoado com essa terrível doença, acredito que ele é um bastardo Targaryen e um dragão não fica moribundo, a série deveria criar um mistério quanto a isso, vamos esperar pra ver. Valar Morghulis.

  6. Acredito que seria interessante e bem provável um eventual núcleo com Sam e Gilly em Vilavelha caso se confirmem as conspirações dos meistres em eliminar toda a mágia de Westeros.
    Além do mais, na viagem ainda poderíamos ver Sam interagir com a Gata dos Canais o/

  7. concordo com vc em tudo, só pensei diferente em alguns pontos:

    – eu meio que gostei da cena do ramsay pagando vexame porque mostra que, bem, ele é meio burro. foi uma conversa meio tarantinozesca que mostrou como ele é inseguro, querendo mostrar pra sansa o poder que ele acha que tem sobre as pessoas. é quase um cachorrinho querendo agradar o dono trazendo um graveto – um graveto meio sanguinolento, mas ainda assim. ele obviamente quer o apreço de sansa, não só por ela ser “o brinquedo novo e caro”, mas por ser a chance de ser finalmente alguém importante. ele é extremamente inseguro, na real. quase uma criança.
    isso também prova como ramsay é incapaz de perceber o jeito inumado que ele próprio age, definindo bem sua psicopatia.
    (ah, e eu ADOREI o sorriso da sansa. se ela dar uma de mindinho e usar essa fraqueza do ramsay a seu favor, eu vou AMAR)

    – quanto à DR de bolton pai e bolton filho, eu tenho a impressão de que mesmo ramsay é só um peão na mão do pai. “é o que tem pra hoje” e servirá pra teoricamente fechar a mão que segura winterfell. mais do que isso, bolton pai tem que deixar claro que a posição do filho está segura junto à ele para manter em segurança walda e o novo filho que está pra chegar. ele sabe do que ramsay é capaz, sabe que ele só é controlável até certo ponto e isso pode ser um fardo. então eu não acredito nem por um minuto que ele vá hesitar em se livrar de ramsay quando for necessário, mesmo com essa conversinha mole de “você é meu filho”

    – eu também não desgostei de valíria, porém eu acho que a cena foi mal apresentada. a impressão que me passou é que era apenas uma ruína isolada próximo à valíria, mas aquilo não era o suficiente pra ser os portões de valíria de jeito nenhum. não acho também que a névoa cinza combine com valíria, sempre pensei em uma luz vermelha no horizonte, como mordor… bem, no meu headcannon tyrion e jorah encontraram uns arcos da lapa valirianos no meio do nada e acharam que já era valíria mas ainda estavam bem longe.
    e achei desnecessário inserir escamagris na história do jorah. acho nada a ver.

    – uma parte que vc não comentou muito: brienne! eu fiquei desconfiada de que talvez mindinho soubesse desde que a encontrou que a espadachim iria segui-los, e iria assegurar que sansa estaria sã e salva mesmo que o plano dê tudo errado. eu não acredito que ele deixaria sua preciosa cat… quer dizer, sansa, sozinha no meio dos bolton contando apenas com o movimento de stannis e com o apoio de camponeses nortenhos. eu acho aliás que ele está mostrando esse apoio via os camponeses porque não veremos as outras casas nobres do norte tramando contra os bolton, como aquela cena em que davos vai falar com os manderly e tal.

    – mesmo que não exista a cena em que daenerys vai embora com drogon, acho que a mão do rei não-oficial é a missandei. não sei se ela ganhará mais importância com o tempo, mas acho possível.

    – eu ainda acredito que aegon irá aparecer no futuro, mas de outra forma. o dragão tem três cabeças, né…

    1. =)
      As considerações me fizeram ver por outro lado a cena do Ramsay. E realmente, ele fez um papel extremamente idiota. Será que estamos vendo a Queda de Ramsay? Eu realmente espero, viu.

      Sobre Valíria muitos esperavam Vulcões e Mar Fumegante.Acredito até mesmo nos livros isso seja apenas “conversas de marinheiro”, mas do modo apresentado ali, ficou beeeem porco.
      E a cabeça dos dragões…eu tenho uma ideia diferente.

      Aegon é o dragão do pantomineiro… Na profecia há um dragão falso. E esse dragão é Aegon. nada que vem de varas eu acredito.

      Se bem que na minha cabeça, eu acredito que o três dragões já foram apresentados…

      1. eu sei qual é essa teoria, só não curto ela porque acho que tira um pouco o mérito desse personagem transformando ele só em mais um targaryen… (mas é só minha opinião, mesmo😄 acho aliás que essa parte pode ser bem diferente do livro no fim das contas)

        1. Eu sempre pensei: Todo muito será Targaryen? que isso…
          Mas me conformei quando traduzi o The Princess and the Queen. Tinha tanto bastrdo, mas tanto que… passei a aceitar ao menos 2 bastardos targaryen. Não seria muita coisa, se comparado àquele livro…

  8. -Fiquei na dúvida na cena da Brienne, se o camponês que estava servindo ela era aliado ou inimigo. Pois aparentemente ela começa ao longo da cena a desconfiar e pressiona o mesmo pra saber, e a cena acaba sem sabermos qual que é a idéia ali. E winterfell, cada vez maior nas cenas de longe! Pena que o interior é o mesmo sempre.. É uma falha de toda série que usa muito pouco cenário.

    – Concordo com a questão da fragilidade do Ramsay na cena, a Sansa pareceu estar ciente de tudo já, e muito mais fria e esperta que ele.

    – Bolton se preparando pra guerra iminente, me deu uma euforia fantástica de que esta batalha está chegando. Quero ver guerra em cena! hahahah

    – Jon Snow em Durolar, batalhando ao lado de Tormund vai ser sensacional. Porém, a temporada deve encerrar com a fatídica cena, em que o culpado será o menino intendente dele(que assassinou a Ygritte já).

    – Conforme trechos de Winds of Winter, stannis manda o mensageiro de bravosi e um escudeiro que não lembro o nome de volta pra bravos, e o escudeiro irá com o ouro adquirido em acordo 20 mil mercenários e navios. E disse que mesmo se ele morresse em campo, era pra ele continuar através da Shireen Baratheon. Acho que ela terá importância na trama ainda!

    – Samwell será meistre de Winterfell ou da Muralha, acredito. Goiva deve morrer em algum momento, o filho dela tem alguma importância também. Aliás, eu ri MUITO esses dias quando alguém falou que da terceira temporada onde ele apareceu, até a quinta agora, ele continua do tamanho de uma trouxinha de recém nascido, PORRAN HBO! hahahah

    – Funeral fraquíssimo pro Barristan, queimaram uma baita peça e preferiram manter o Verme Cinzento, que é um personagem bacana, mas dispensável. Não deviam tê-lo matado, mas provavelmente o fizeram pra chegada do Tyrion, que será o novo conselheiro dela por algum tempo acho.

    – Daenerys continua perdida em si mesma, não tem convicção. Saudades Daenerys quebradora de correntes invadindo reinos e ganhando batalhas com fogo e sangue. A cena do dragão foi ótima pra meter medo, porém foi muito estranho ela ter se jogado contra ele, e depois ir lá e casar com ele. Faz sentido, mas foi estranho.

    – Ela deve voar com Drogon sim, não sei pra onde.. Chegar em Westeros seria demais, porém estranho demais, pois chegar lá sem exército, com apenas um dragão.. mas seria um começo!

  9. Esqueci de Valíria!
    Eu concordo com o que falaram, de que parece que eles apenas chegaram perto de valíria, na entrada, no começo das ruínas, e acharam que era valíria. Na minha cabeça, acho que ´seria legal se aquilo fosse Roine ou outro lugar antes, e Valíria fosse mostrado posteriormente, a Valíria de verdade.
    Mas se ela for só aquilo, tiraram toda magia dela mesmo. Estranho que o próprio Tyrion citou ela no barco, de forma bem mais amedrontadora.
    Talvez ela tivesse sido retratada daquele jeito horrível apenas no cataclisma, e hoje em dia ela esteja mais amena.

  10. Hello, DW…

    Obrigada pelo review, que como sempre ajuda a repensar um monte de coisas

    Sempre no meio das temporadas há aqueles episódios que são uma “preparação de terreno” e eu compreendo isso. Mas esse foi demais…

    A parte da Danny foi realmente o q mais empolgou em relação a este núcleo até agora, pois vamos falar a vdd, o q queremos mesmo eh ve-la tocando o terror geral.

    Também funcionou bem pra mim o “kill the boy” do Jon Snow, acho q ele esta se mostrando cada vez mais consciente.

    Tenho gostado bastante da forma q o show tem aborda o Samwell. O ator eh bastante carismático e demonstra mais que lealdade ao Jon, mas carinho mesmo. A interação dele com o Rei Stannis tb foi acertada pra mim nesse episódio, enfatizou a importancia das histórias contadas na serie e das informações provenientes “não da ação dos personagens em si”, mas dos livros, lendas e os “ouvi dizer”.

    Quanto à Sansa… Vc sabe o qto eh uma de minhas favoritas, e eu torço mto por ela, mas já estou cansando da expectativa. Gostaria muito de ver uma reação (ou pelo menos um sinal real disso) rápido da parte dela, cada m relação à sua malícia do jogo.

    E por último, comentando o colega Alexandre, acima, eu acho q veremos sim o Tyrion em pânico, morrendo de medo de ter sido contaminado. Como eu sou adepta a teoria do Tyrion Targaryen, eu acho q seria incrível assisti-lo se intrigando com as pistas de sua descendência, descobrido os indícios já tão suscitados nas teorias.

    Enfim, no aguardo por maiores e melhores desdobramentos…

    Beijo

    1. =))))
      O “Kill the Boy, Jon Snow” funcionou bem demais, não?
      Gostei de Jon e Daenerys. Espero que seja uma preparação de terreno mesmo… e que o próximo episódio fique com um ritmo mais ágil.

  11. Acho q vai ter a cena da dany com drogon sim, e acredito que vai ser com os 3 dragões queimando geral em meeren, pois pelo q eu vi o nome do nono episódio será the dance with dragons…

  12. Sobre o plot de Sansa, pelo o que eu entendi aquela senhorinha apenas passou o recado que Brienne deu ao homem da estalagem… Por isso não achei repetitivo. Afinal, de onde Brienne e Pod estão, eles conseguem ver Winterfell e provavelmente sua torre quebrada. Assim, se algo de ruim acontecer a Sansa, essa seria uma forma de comunicação da menina com o Mundo, e uma forma de Brienne estar ciente de que ela corre perigo, podendo assim ajudá-la quando necessário.

  13. Drunk,

    Bom texto com de costume.
    Nesse ep. algo que eu temia aconteceu, ficou tudo muito lento, ao ponto de alguns momentos tornarem-se chatos, porém isso já poderia ser esperado. Ficou claro que foi um ep. de transição para encaminhar a outra metade da temp.

    As partes boas:
    Winterfell com um bom ar de incerteza em tudo, o norte ajudará Sansa se necessário, ou será um jogo de Ramsay?(a cena de Brienne deixa a dúvida) Qual consequência a atitude de Myranda terá, uma Sansa com medo (acho que era o objetivo da amante de Ramsay) ou uma aprendiz de Lord Baelish vendo uma oportunidade?
    Vejo outro possível conflito onde a Stark poderá atuar (se aprendeu alguma coisa com Mindinho), a esposa de Roose estando gravida pode deixar seu filho um pouco mais preocupado, como a Luiza observou em seu comentário ele “é o que tem pra hoje”, e sabe bem disso mesmo fingindo que não tem importância.

    Na muralha Jon pensando de forma estratégica, sabe que precisará de mais homens para lutar, quando explica isso aos demais dá pra notar que eles sabem disso também, mas não vão aceitar ajuda de quem matou tantos dos seus, Ed deixa isso bem claro, assim a sorte do Snow será lançada.
    Stannis não esperar que Jon retorne com os selvagem serve apenas para o tempo da série, assim Winterfell será resolvido mais rápido que nos livros e a futuro de Jon também. Gostei da explicação de Stannis do por que levar a esposa e a filha.

    Agora a parte fracas (um pouco ruins mesmo):
    O núcleo Daenerys parece realmente ter uma direção bem fraquinha, não consegue manter o nível. A cena dos dragões foi boa (eles são sempre a melhor parte) mas mesmo assim poderia ter sido melhor, a conversa com Missandei deveria vir antes dela, tudo faria mais sentido.
    Verme-Cinzento moribundo como foi mostrado era desnecessário, desse jeito estão desconstruindo os Imaculados em troca de um romance que… não vai rolar né.
    O funeral de Sor Barristan foi quase uma afronta de tão pobre.

    E então o que a maioria não gostou, Valíria.
    Ficou um pouco abaixo da minha expectativa também, mas nada tão grave assim, afinal não há uma representação muito detalhada da cidade, depende muito da imaginação de cada um. O que me incomodou mais foi a ideia deles passarem “dentro da cidade”, que cidade com muralhas é cortada por um rio? Não um córrego e sim um rio largo para navegação, posso estar errado, mas acho que seria terrível de ser defendida. Lembrando que as Gêmeas são um castelo, ou melhor, uma ponte fortificada, não comparar com uma cidade do tamanho de Valíria.
    Só eu achei estranho o barco onde estavam ter simplesmente sumido?
    No mais têm que lembrar que existe um orçamento (que deve ser cada vez mais gordo) e limites nele, o que todos adoram são os dragões, então os dragões são muito bem feito, o resto tem que ser com o que restar do dinheiro. Uma Valíria magnifica e lendária mesmo em ruínas seria ótimo mas também seria cara, já aquela que mostraram pra min é só um quebra-galho, uma muleta no roteiro.

    Por fim gostaria de uma ajuda em uma dúvida que não acho resposta, alguém sabe se em algum lugar já foram citados os pais de Arthur e Ashara Dayne? Tenho uma ideia meio doida e isso poderia ser importante.

    Esperando o próximo domingo, e a próxima resenha.
    Valar Dohaeris.

  14. Bem, o episodio não foi mau … Quanto à Valiria sem comentários, nem bom nem mau, para uma cidade em ruinas é muito dificil ver alguma maravilha depois dum cataclisma à 1000 anos! Quanto ao Jon Snow não sei bem mas quem dará a facada será aquele que diz que e chefe dos construtores … so vendo mesmo! Agora é dificil tentar adivinhar, tudo se desenrolará esta temporada e vai chegar ultrapassar os proprios livros. Martin ja deve ter o livro 6 pronto para lançar depois da temporada! Se Jon for esfaqueado em Durolar a muralha cai na proxima temporada e os caminhantes brancos seguem para Sul da Muralha e começa a Invasão🙂

  15. Drunk eu gostei deste episodio, a cena de Valíria foi boa, não sei pq a decepção de voces(ainda mais a sua) ao vê-la assim destruída. Sabemos que Harrenhal foi um grande castelo construído por Harren o Negro, que vangloriou-se e a considerava inexpugnável, mas apenas Balerion a deixou em ruínas, totalmente destruida(olha que nem estou citando Vhagar e Meraxes).
    No seu tempo de glória Valíria era morada de não sei quantos dragões. Ficaria ela intacta, gloriosa com tantos dragões assim? Na minha opniao a Valíria atual, está exatamente como a HBO mostrou.
    “No apendice do 1º livro la casa Targaryen deixa claro que Valiria caiu à condenação,e aos caos e morticínio, sendo assim tornou-se pó e nada.
    Também lamento a morte de Selmy Barristan, mas li em algum site que no 6º livro ele vai morrer, que o Martin optou por mata-lo, pq a Daenerys vai ter varios núcleos importantes ao seu lado tipo:
    Victarion, Tyrion, Mormont e por isso ele precisaria elimiar alguém e optou por ser o Selmy, então a morte dele veio mais cedo. Agora a cena na HBO do seu funeral nem foi tao estranha assim, fizeram conforte o costume de Westeros.Quando Joffrey e Tywin morreram foram velados dessa forma Westerosiana, simplesmente Daenerys nao tem tantos aliados assim para pranteá-lo. A cena la no covil dos dragões foi boa, a Sansa aprendeu muito bem com o Mindinho, esta avaliando tudo primeiro pra depois começar a jogar, vai saber usar agora o ponto fraco do Ramsay(pq todos tem) e o dele eh voltar a se bastardo, um zé ninguém de novo, de novo e de novo!!! E quanto ao Jon sem comentários, gostei de todas as cenas em torno da muralha. O que me deixou meio triste foi o que fizeram com o Mormont, pq depois da morte do Selmy, achei que ele iria conseguir o perdão da mãe do dragões, e ficaria ao lado dela como conselheiro. Mas enfim, devem ter uma solução melhor neh, basta a nós somente acompanharmos e tentar analisarmos qual caminho sera tomado pela serie.
    Que “Rufem os tambores e preparem os corações”.

  16. eu tambem entendi que a senhorinha apenas passou o recado que Brienne deu ao homem da estalagem… o lance da vela na torre.
    adoro seu site, parabens
    abraço

  17. Acredito que Jon vai ser esfaqueado em Durolar e quem ira curar(reviver) jon nao sera a Melisandre, mas sim Bran e o corvo de tres olhos.

  18. Não entendi porque Jon não recomendou a Stannis que visitasse os pequenos senhores das montanhas do Norte (Flint e outros), como fez nos livros. Isso iria casar perfeitamente com a atmosfera nortenha de socorro por Sansa que a série está mostrando.
    A propósito, até que enfim o blogueiro não gostou de alguma coisa na série. E criticou justamente o que me incomoda desde o início. O texto da série “entrega” tudo, é quase didático e trata o telespectador como um idiota que não poderia tirar conclusões sozinho.

  19. Acho que Danny voando, Jon levando facadas vai ficar tudo para sesta temporada, acho que o pessoal da serie não vai confiar no lançamento do 6 livro esse ano, porque como sabemos ficar esperando pelo Martin não da.

  20. Agora que Barristan morreu, quem é o melhor espadachim de Westeros?

    Lembro no início da série, o comentário de Jaime que em toda Westeros apenas três espadachins poderiam derrotá-lo, um era Barristan, e o outros dois?

  21. Drunk,

    Adoro o site, não terminei de ler todos os livros ainda, estou no quarto agora, e já me surpreendi pelo fato de que Arya em Braavos, Jon Comandante, Morte de Tywin e etc já se passar no fim do terceiro livro. Vimos que a série já mudou várias coisas, cortou personagens como Victarion, Aegon… Será que já dá pra descartar teorias então, como a de Aegon ser uma das cabeças do dragão? E Victarion como menos um candidato a Azor Ahai? Ou a série vai dar um final alternativo? Eu não gostaria que mudassem tanto na série, se por exemplo, Aegon realmente for uma das três cabeças… Ai eu acharia super ruim, porque seria um personagem fundamental. Mas eu estou ainda otimista em relação a série, acho que Aegon não é um dos três dragões mesmo, Victarion também não é Azor Ahai, o que “justificaria” o corte dos personagens. O melhor arco está sendo o da muralha mesmo, com Jon Comandante pra mim não está deixando nada a desejar. Sansa – Ramsay é interessante de se ver, e foi uma boa, mas eu particulamente não queria a volta de um Stark a Winterfel agora. Arya é o maior mistério dessa série, não tem como! Que ela tá em “treinamento como Bran, é notável. Mas Bran, a gente consegue ligá-lo a luta contra os outros, através do seu grande poder de warg e tudo mais. Mas e Arya? Será que o papel dela se limita apenas a vingança? Eu particularmente espero mais… Acho que de algum jeito o GRR Martin vai encaixar ela na luta contra os outros, de que forma? Dá pra especular algumas! Eu quero muito que ela conclua a vingança, mas acho que tem potencial pra mais!

    Drunk, queria saber a respeito da divulgação daquela suposta carta de GRR Martin, com o esboço inicial da história, e como que você acha que isso pode se concretizar (ou de forma alguma), na história que foi para as livrarias.

    Abraços

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s