vlcsnap-2014-06-09-01h05m05s134

S04E09 – The Watchers on the Wall

Falta muito pouco para o final da quarta temporada. Muita coisa para ser dita, muitas pontas para serem amarradas, e a sensação de que não vai dar tempo se acentua…

The Watchers on the Wall nos trouxe uma batalha muito esperada…

O que eu esperava?

Episódio 09 – The Watchers on the Wall

Direção:  Neil Marshall

Roteiro:  David Benioff & D. B. Weiss

A épica batalha na Muralha. Provavelmente uma das batalhas mais esperadas de A Tormenta de Espadas.

Podemos esperar ótimas atuações de Ygritte e Tormund, o Terror dos Gigantes.

Em um dos trailers podemos ver uma rápida cena em que um gigante ataca os portões da Muralha. Com certeza será uma batalha memorável. Levando em consideração a qualidade da produção da HBo que vem se confirmando a cada temporada, com certeza veremos uma batalha digna de filme.

O que o episódio nos trouxe…

Episódio 09 –The Watchers on the Wall

logo
Clique na imagem e leia o post ao som de Game of Thrones versão Heavy Metal do Ignition Overdrive.
DRUNKWOOKIE SPOILERS

Um episódio focado em apenas um núcleo…

Só isso já é motivo de elogios!

Não tivemos isso na Batalha do Água Negra e tivemos que ouvir a história de Orson Lannister antes do início do combate entre a Víbora e a Montanha. Isso incomodou alguns fãs.

Agora, em The Watchers on the Wall tivemos um episódio sem “distrações”.

vlcsnap-2014-06-09-01h04m49s217

Apenas a Muralha. Do começo ao fim. E foi uma opção bem-vinda!

E é por isso que desta vez, farei uma resenha diferente.

Não me apegarei tanto a ordem cronológica do episódio, uma vez que não tivemos os vários núcleos que estamos acostumados como nos outros episódios.

Primeiro devo dizer que eu estou satisfeito com a série da HBO até aqui.

Sei que tiveram algumas mudanças sensíveis na série mas, a maioria delas, vejo como uma antecipação de atitudes e ações que só veremos em os Ventos do inverno.

vlcsnap-2014-06-09-02h04m15s35

Outras mudanças serviram para dar um gás em alguns núcleos que nos livros se desenvolviam vagarosamente.

Vejamos Bran e Arya… No terceiro livro não temos evolução do personagem e nem da trama deles. Claro que eles não ficaram inertes, mas para uma série televisiva não funcionaria a viagem de Bran regada a aulas sobre seu dom de trocar de pele apenas.

A série tentou dar uma reviravolta na trama para que o espectador pudesse se divertir, se assustar, se emocionar, etc, com aqueles núcleos.

Ver Bran na Fortaleza de Craster foi ótimo para mim. Eu me surpreendi. Achei que sabia tudo sobre a série e assistia apenas para constatar se o que estava vendo era digno do que havia lido.

E a partir de algumas mudanças (ex. Gendry e Melisandre), eu comecei a ver que poderia me surpreender, e fiquei feliz pela série me proporcionar isso.

(PS:. Prevejo mudanças ainda mais drásticas no núcleo Cão/Arya e Brienne/Pod, após ter visto a promo do próximo episódio).

vlcsnap-2014-06-09-02h03m52s65

Muitos que dizem que essas mudanças são péssimas, com certeza vão agradecer, quando o livro abordado for o Festim dos Corvos. Porque esse livro tem uma dinâmica diferente dos outros, não há como negar.

E nas telas eu temo que não funcione, caso siga a risca.

vlcsnap-2014-06-09-02h04m23s124

Enfim… vamos ao post

Modo de narrativa e efeitos especiais

Primeiro quero parabenizar a HBO por optarem por nos presentear com um episódio único.

Se por um lado ficou muita coisa para ser desenvolvida no próximo episódio (isso pode preocupar em um primeiro momento), por outro lado tivemos um episódio plenamente desenvolvido. Do jeito que deveria ser.

A batalha pela Muralha foi épica nos livros, e os espectadores e/ou leitores mereciam isso.

Os produtores nos deram uma perfeita Batalha do Água Negra, e agora se superaram…

O outro motivo para os parabéns, foram os efeitos especiais.

vlcsnap-2014-06-09-01h05m05s134

Quando a segunda temporada de Game of Thrones terminou, eu pensei:

Pena que não teremos gigantes e nem mamutes.

Eu estava enganado. Eles estão aqui. Perfeitos e dignos de filmes de Hollywood.

Os Mamutes ganharam vida, assim como os gigantes. E não foi apenas uma cena sem muita interação, foram várias cenas bem feitas e bem montadas.

Destaques de interpretações

Sam foi uma surpresa agradável. Esse é o Sam que vemos em o Festim dos Corvos, um pouco mais seguro (só um pouco).

John Bradley-West não interpretou de forma chorosa (mesmo tendo chorado), o que deixaria o episódio arrastado e chato.

vlcsnap-2014-06-09-01h03m30s213

Alliser Thorne também me surpreendeu. Gostei da forma como liderou os irmãos da Muralha e como se portou com Jon no momento em que a guerra contra os selvagens era iminente.

vlcsnap-2014-06-09-01h05m33s161

E Jon melhorou sua atuação. A partir de agora teremos um Jon Snow focado, um líder.

Ygritte era (desde os últimos episódios) a personificação da raiva e do ódio. Ver ela enfrentando um Thenn daquele tamanho foi sensacional, e desde o início sabia que essa raiva ia render bons frutos quando ela finalmente encontrasse Jon.

vlcsnap-2014-06-09-01h02m36s175

Acredito que esses quatro personagens se destacaram no episódio.

Não posso esquecer de falar sobre Tormund. Também gostei da selvageria dele em batalha.

O episódio

Agora falando sobre o episódio em si, ele inicia com Jon e Sam juntos, falando sobre mulheres.

Jon se sente muito incomodado ao falar sobre isso. Igual no livro.

A interpretação de Sam, a respeito do juramento da Patrulha é hilária mas ao mesmo tempo nos faz pensar. Realmente ele tem razão.

Dá para perceber que ele pensou bastante no assunto, e consequentemente estava pensando em Goiva. A interpretação é mais tendenciosa quando você quer acreditar em algo.

vlcsnap-2014-06-09-01h01m17s154

Após, vemos a coruja do Thenn espionando para os Selvagens. Eu havia dito que aquele Thenn era um troca-pele.

A águia de Varamyr foi substituída pela coruja de um Thenn. Eu fiquei ensandecido quando vi o thenn troca-pele. Curti muito.

Por que eu gostei tanto assim?

Desde o começo da temporada, mais precisamente após a “apresentação” dos Thenn, eu passei a acreditar que na série os Thenn seriam um misto de skagosi.

vlcsnap-2014-06-09-01h01m20s205Se não tivermos o povo de Skagos na série, é quase certo que Rickon e Osha estarão com os Thenn então.

Os Thenn

Eles devoram seus inimigos, assim como os habitantes canibais da Ilha de Skagos e, havendo troca-peles entre eles, seria interessante que Rickon tivesse contato com eles.

Se nos livros pudemos supor que Rickon estava indo para Skagos, aqui dá para uspor que ele irá para a terra dos Thenn.

Eu aposto minhas fichas nisso.

O episódio desenvolve mostrando Sam preocupado com Goiva e Jon taciturno com a situação precária da Muralha. Ambos, cada um com seus sentimentos, desempenharam seus papéis de forma convincente.

vlcsnap-2014-06-09-01h00m56s178

Você percebe isso quando Sam xinga para que Pyp abra o portão para Goiva.

Sam está no seu limite e isso o faz controlar seu medo.

Aemon. Sempre que vejo Meistre Aemon na tela, eu me lembro de Dunk e Egg.

Uma conversa descontraida entre ele e Sam que não acrescentou muito, mas serviu para vermos o velho Targaryen.

vlcsnap-2014-06-09-01h03m14s48

Enquanto isso os selvagens do lado de cá da Muralha aguardam o sinal de Mance para o ataque.

E não é que Torumnd conta as suas histórias que lhe conferiram o nome de Tormund Esposo de Ursas?

São pequenos detalhes que me cativam.

vlcsnap-2014-06-09-01h01m27s236

Ygritte enfrentando Styr é muito bom também. Jon Snow é meu.

vlcsnap-2014-06-09-01h02m51s70

E sobre a maior fogueira que já foi vista…realmente. Mance cumpriu sua promessa. Podemos ver que sua fogueira é gigante.

Me veio um pensamento na cabeça. Seria essa fogueira um modo de impedir o avanço dos Outros? Mance esperou que todas as tribos se juntassem, e quando percebeu que não poderia mais aguardar, queimou a floresta em sua retaguarda por segurança e se jogou contra a Muralha para salvar sua vida e dos povos que o seguiram?

vlcsnap-2014-06-09-01h05m00s69

Tive essa impressão, e não me lembro se isso foi dito claramente nos livros.

Outro ponto interessante de ser ressaltado é o cenário.

Percebam como os corredores na Muralha foram perfeitamente projetados. Dá uma impressão de coisas feitas há muito tempo. As armas de cerco gastas, as tochas iluminando os corredores irregulares. O cenário propício para se ter medo.

vlcsnap-2014-06-09-01h03m48s129

E por mais que toda a batalha tenha se dado à noite, a iluminação foi muito bem trabalhada nesse episódio.

O pequeno diálogo entre Alliser e Jon, e o pedido de Alliser em esquecer momentaneamente sua diferenças, foi mais do que um pedido de um líder. Foi uma lição.

Esse episódio trabalhou muito bem o gancho para mostrar que Jon é quem deverá liderar a Patrulha da Noite agora. Para os espectadores isso ficou claro.

São 20 minutos de preparação para que, aos exatos 21:52′, comece a guerra. E daqui para frente nós somos agraciados com cenas de batalha dignas de The Lord of The Rings. (talvez nem tanto… mas foram boas).

vlcsnap-2014-06-09-01h07m45s201

Eu devo citar especificamente a atuação de Ygritte e “de suas flechas”. Mesmo sendo flechas feitas por efeitos especiais, ficaram incríveis. Você acaba sentindo que ela é uma ótima arqueira.

Em cenas assim que vem a vontade de jogar RPG. A HBO conseguiu criar uma atmosfera de guerra, de batalha, onde homens lutavam por suas vidas.

vlcsnap-2014-06-09-01h05m25s77

Acredito que as imagens falam por elas mesmas.

O episódio se desenvolveu sem pressa, sem atropelos. E isso é um grande acerto.

vlcsnap-2014-06-09-01h16m30s78

Os efeitos especiais deram o toque final na batalha. Como já disse, eles estão aqui, e tem papel importante a desempenhar.

Gigantes e seus mamutes.

Eu não tenho mais receio de nada. Espero ver as aranhas brancas dos Caminhantes Brancos nas próximas temporadas. Não há restrições para HBO agora. Ela só não farão se estiver fora do roteiro.

vlcsnap-2014-06-09-01h05m18s15

Voltando a falar nos cenários, as armas e artimanhas dos Irmãos da Patrulha são dignas de citação.

Arqueiros pendurados por corda para atingirem Selvagens que escalam a Muralha. Os baldes de pedra, e os baldes com óleo. Até a Ceifadora, foi uma ideia interessante.

vlcsnap-2014-06-09-01h08m10s195

Dentro do Pátio do Castelo Negro, vemos que a selvageria dos Thenn foi bem explorada, e Tormund lutou como um demônio (como diria Bernard Cornwell).

vlcsnap-2014-06-09-01h08m25s89

Foi épico o confronto entre O Terror de Gigantes e Sor Alliser Throne. O velhão ainda está em forma, e mostra porque é digno de ter assumido o lugar de Mormont.

Lutou corajosamente contra Tormund.

Foi uma cena legal de se ver, ainda mais pelo local que a luta aconteceu. Um espaço apertado, que dava uma maior vantagem a espada um pouco mais curta do selvagem.

vlcsnap-2014-06-09-01h16m58s95

A engenhosidade dos Gigantes para abrir o portão usando os mamutes foi interessante, assim como o contra ataque da Patrulha.

vlcsnap-2014-06-09-01h09m13s65

Se houve um momento frustrante, foi a participação de Fantasma.

vlcsnap-2014-06-09-15h39m54s42

Eu precisava do Fantasma. Precisava ver ele matando geral na Muralha. lutando lado a lado com Jon Snow.

Mas assim como o reencontro entre dos dois há alguns episódios atrás, essa participação foi morna demais.

vlcsnap-2014-06-09-15h40m12s239Ao menos, ele atacou um selvagem. Uma perda a favor da Patrulha.

Mas a Patrulha perdeu muitos irmãos… Duas baixas significativas.

vlcsnap-2014-06-09-01h16m45s231

Mas uma das cenas mais marcantes para mim, foi aquela em que Grenn e outros homens estão no portão, aguardando o gigante entrar pela passagem da Muralha que dá acesso para o norte.

Foi de uma sensibilidade absurda, terem feito dessa forma. E o resultado, não poderia ter sido outro.

“A noite chega, e agora começa a minha vigia.”

vlcsnap-2014-06-09-01h10m18s194

“Não terminará até a minha morte.”

vlcsnap-2014-06-09-01h10m45s210

“Não tomarei esposa, não possuirei terras, não gerarei filhos.”

vlcsnap-2014-06-09-01h11m16s0

“Não usarei coroas e não conquistarei glórias. Viverei e morrerei no meu posto.”

vlcsnap-2014-06-09-01h11m10s208

“Sou a espada na escuridão. Sou o vigilante nas muralhas. Sou o fogo que arde contra o frio, a luz que traz consigo a alvorada, a trombeta que acorda os que dormem, o escudo que defende os reinos dos homens.”

vlcsnap-2014-06-09-01h10m57s79

“Dou a minha vida e a minha honra à Patrulha da Noite, por esta noite e por todas as noites que estão para vir.”

vlcsnap-2014-06-09-01h11m27s117

Se por um lado eu teci comentários e elogios para a luta entre Tormund e Alliser Thorne, eu também devo falar sobre Jon e Styr.

vlcsnap-2014-06-09-01h11m45s46

Foi épico ver Jon descendo até o pátio para enfrentar os selvagens.

Jon fez o que eu gostaria que ele tivesse feito nos livros. Eu queria que Jon tivesse matado Styr nos livros, do mesmo modo que ele o matou no episódio.

vlcsnap-2014-06-09-01h13m54s51

E após a morte do Thenn, graças a intervenção divina do Ferreiro (hahahaha), Jon se vê na mira do arco de Ygritte.

São doze segundos antes dela ser atingida pela flecha de Olly.

vlcsnap-2014-06-09-01h14m03s87

Doze segundos, que serviu para os dois “dizerem” muito, ainda que não tivessem pronunciado uma só palavra.

vlcsnap-2014-06-09-01h14m15s248

O semi-sorriso de Jon ao vê-la, com a cara de selvagem que só Ygritte tem. Ela, hesitando e irritada ao mesmo tempo.

Quantos pensamentos não passaram pela cabeça dos dois naquele momento?

vlcsnap-2014-06-09-01h14m24s97

Confesso que me surpreendi com a flecha atingindo ela.

Mais uma vez a HBO surpreendeu quem leu os livros. E acho que essa é a graça das coisas. Eu sabia como ia acontecer, e estava esperando aquele momento e de repente, fui surpreendido.

vlcsnap-2014-06-09-01h14m31s159

Olly de longe, assente para Jon. O garoto já havia dito que sabia atirar. Ygritte matou seu pai. Ele tinha seus motivos para salvar Jon.

vlcsnap-2014-06-09-01h14m39s240

E pela ultima vez ouvimos You know nothing, Jon Snow.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Eu pirei na batalha sem som ao fundo…e Jon nos chão com Ygritte em seus braços.

Daqui para frente temos a finalização da batalha. A Ceifadeira é usada, e os escaladores são dizimados.

vlcsnap-2014-06-09-01h15m04s238

A primeira batalha foi ganha pela patrulha da Noite.

Tormund é capturado. Percebi que Camisa de Chocalhos não apareceu. E me pergunto se ele aparecerá novamente.

vlcsnap-2014-06-09-01h15m12s25

A cena do gigante morto ao lado de Grenn foi uma cena legal. Ali podemos ver o quão longe um homem que veste o negro pode ir. Eles mantiveram seus votos.

Achei que não ter mostrado a luta teve um impacto maior do que se tivessem mostrado. Não importou os meios, importou apenas que eles conseguiram. Eles salvaram Castelo Negro.

vlcsnap-2014-06-09-01h15m35s31

The Watchers on the Wall acaba…e eu me sinto satisfeito. Extremamente satisfeito.
Sei que há muita coisa para ser abordada no próximo episódio, pois faltou aparecer Stannis. Mas o que entendi foi que a batalha ainda não acabou. A Muralha ainda será atacada novamente, e aí teremos Stannis chegando.

Sei que dá um certo medo das coisas serem corridas na Season Finale, mas por enquanto, eu vou aguardar a semana que vem para me preocupar…

vlcsnap-2014-06-09-01h15m45s148

…porque nesta semana, eu ficarei satisfeito com o que The Watchers on The Wall se propôs a nos mostrar, e conseguiu!

Era exatamente um episódio assim que esse evento tão bem desenvolvido por Martin nos livros, merecia nas telas.

Acho que se o episódio fosse cortado, e fosse mostrado outros núcleos, eu não me contentaria. O clímax se perderia.

E vocês? o que acharam?

Não percam a…

PROMOÇÃO DA TEMPORADA

No ano passado tivemos uma promoção para comemorar a 3ª temporada, e não podia ser diferente esse ano.

A Peculiartes, em parceria com o blog, sorteará um bibliocanto Stark/Targaryen na season finale dessa temporada.

A Peculiartes é conhecida por suas peças de decoração e seus porta-livros (os famosos Bibliocantos), e como o blog tem como foco principal a obra de G. R. R. Martin, sortearemos um item que todos os fãs de As Crônicas de Gelo e Fogo certamente gostarão.

Item sorteado: 01 Bibliocanto Stark x Targaryen

Cliquem na imagem e sejam redirecionados ao post com as regras do sorteio que acontecerá dia 15 de Junho de 2014!

CLIQUEM NA IMAGEM E VEJAM O POST DA PROMOÇÃO

____________

A Livraria Cultura traz uma promoção das três temporadas em um box único. Para quem é colecionador é uma ótima oportunidade.

Clique Aqui

 

 

35 comentários sobre “S04E09 – The Watchers on the Wall

  1. EU AMO ESSE BLOG!!!
    Episódio perfeito!! Nada de mal a falar. Depois de ver o mamute incendiando e 2 gigantes mortos, não poderia encontrar defeitos na série!!
    Parabéns pela resenha!! Por ser rápida e muito bem escrita!!

  2. Essa resenha veio rápida mesmo! E tambem era mais facil, pois so houve um nucleo!
    Disse tudo! Grande episódio, muito bem produzido!
    Pequenas mudanças em relação aos livros, que melhoraram a história…
    Falta muito para ser mostrado no próximo episódio, mas ele também sera mais longo ( como foi anunciado)

  3. “A batalha pela Muralha foi épica nos livros.”
    Acho que o próximo episódio vai economizar: Stannis chega e em seguida vemos os selvagens rendidos. Talvez já na cena em que queima Chocalho/Mance com selvagens ajoelhando e atravessando.

    “A interpretação de Sam, a respeito do juramento da Patrulha é hilária mas ao mesmo tempo nos faz pensar. Realmente ele tem razão.”
    Nos livros isso é mostrado com a própria existência de Vila Toupeira e com o envio de Jon para as celas de gelo, ou seja, que o juramento é interpretado como convém ao comandante da Patrulha – Mas os redatores acham que telespectadores não são tão inteligentes, mesmo os da HBO.

    “Tormund é capturado. Percebi que Camisa de Chocalhos não apareceu. E me pergunto se ele aparecerá novamente.”
    Adivinha quem vai queimar… uma pena, um de meus personagens favoritos.

  4. Como sempre, ótima resenha!! Certamente um episódio como esse mereceu ser desenvolvido em 50 minutos. Na minha opinião a melhor batalha até o momento, tanto nos livros quanto na série. É nela que Jon se torna um homem, cada vez mais parecido com seu “pai” Ned, a morte de Ygritte foi tão arrebatadora quando o Red Wedding, o ultimo “you know nothing” será lembrado pelos fãs para sempre.

  5. Drunk, você achou as mortes de Green e Pyp necessárias?
    Fiquei triste com a morte de ambos, e pela ausência de Donal Noye, mas o episodio em si foi bom.

    1. Donal Noye ñ apareceu nas outras temporadas, coloca-lo agora e mostrar sua morte ñ teria o impacto emocional q teve a morte do Glenn, que o substituiu na cena.

  6. Mais uma vez mandando muito bem nas resenhas. Seu site é de longe o mais da hora! !!! Na próxima resenha comento isso de novo haha Abraços

    1. Achei a mesma coisa, mas não os olhos de Jon Snow, pq nesse caso ele ficaria parado no meio do combate – e não é isso q acontece… Daí, penso se não poderiam ser os olhos de alguém mais, mas nesse caso quem?

  7. Drunk ahazou hein! Mais rápido que a flecha do gigante hahaha
    Eu tenho lá minhas dúvidas se Rickon está com os Thenns porque a Osha não ia atravessar a muralha de jeito nenhum, e acho que os Thenns se juntaram com o Mance para fugir dos WW… me corrija se o lugar onde eles moram esteja ao sul da muralha e eu estiver pirando rs
    Mas sem dúvida seria interessante o Rickon desenvolver melhor seus poderes de warg com eles!

    Só eu fiquei com uma imensa dó ao ver gigantes morrendo? Senti inclusive o Jon com esse “pesar”, porque pô… são criaturas incríveis que ninguém nem acreditava que existiam… sei lá, fiquei triste por eles terem que morrer!
    Falar que me arrepiei com o juramento sendo pronunciado nessa hora é chover no molhado mas foi SENSACIONAL!!!

    Acho que vai ter o camisa de chocalhos sim, ele virá com Mance no próximo epi! E não estou preocupada com a quantidade de acontecimentos que virão no epi 10, se a HBO não enrolar a season finale tem tudo pra ser o melhor epi de todas as temporadas!

  8. Nossa, bom dia!!!! Foi um episódio muito peculiar msm….. Soh de pensar q ja se foi o ep 09, da uma tristezinha.
    Um episiodio focado e detalhado era msm imprescindível pra situar minimamente o espectador da serie em relação à importância da batalha.
    Foi bom…… msm sem a aparição de Mance, ficou muito claro seu poder e importância daqui pra frente. Msm com a abordagem superficial q a hbo vem dando pra esse nucleo, a batalha foi eficiente em firmar seu marco na história. Daqui pra frente, acho dificil fugir…
    Sam foi muita fofura…. todo corajoso….adoro essas partes de “amorzinho” na serie.
    Tb sinto pela não presença de fantasma…….
    Enfim….ha muito pra se extrair desse ep. Devo voltar por aqui com ctz……

  9. Será o brynden que estava no corpo do fantasma aquela hora que ele foi liberado, afinal mostrou o ponto de vista dele assim que o soltaram. Ouvi dizer que o ep 10 vai ser mais longo, alguém sabe quantos minutos?

  10. Gostei da resenha, e também gosto das pequenas mudanças que ocorrem na série. Ela não precisa ser uma copia do que eu li nos livros, eu posso me entreter e me divertir e ficar igual aos outros fã que não leram. São duas mídias diferentes, é normal as diferenças.

    Gostei da batalha por mostrar uma identidade diferente da Batalha da Água Negra, mesmo porque essa lembrava de certo ponto a batalha no final do filme das Duas Torres. Foi legal, diferentes e um bom entreterimento para quem esperava uma boa batalha épica. O romance foi legal também, na medida certa. Esperar pelo próximo

  11. Espetacular!!!

    A HBO acertou e muito dessa vez.

    Eu não esperava que mostrasse a morte do Oberyn exatamente daquele jeito (e mostraram), assim como não esperava tudo isso que eles conseguiram fazer nesse episódio.

    Já reclamei aqui que o Jon tava muito parado, sem a iniciativa que tem nos livros, pois bem, aqui vemos o que Jon Snow tem que ser. Não alguém que busca comando pelo poder, mas um cara que luta pelo o que considera correto e justo (como Ned Stark, seu “pai”), mesmo que não seja exatamente mais conveniente para ele mesmo. O comando cai na mão dele, que exita um pouco, então olha para os irmão na muralha e decide.

    Vai ser interessante ver como se resolve a situação dele com Alliser, já que agora todos sabem que o Jon pode de fato liderar a patrulha da noite.

    A batalha em si foi muito boa mesmo, pra mim melhor que a Água Negra, quando apareceram os gigantes com o mamute pensei – eles vão ficar parados lá só pra intimidar – não, foram a melhor coisa depois dos combates individuais. A maneira como os gigantes foram abir o portão e Jon vendo lá de cima que era obvio que conseguiriam. O gigante com o arco, eles puxando o portão, não parecia série de tv e sim um filme.

    Os combates individuais também foram ótimos, Alliser e Tormund – o selvagem venceria se o Alliser não tivesse caído no pátio. Jon e Styr – gostei muito como eles mostraram os dois lutando, cruzando o pátio com a batalha no fundo, no fim mostra que aquela luta na casa do Craster ensinou algo ao Jon – só cavaleiros lutam limpo – isso salva ele contra o Styr.

    A Ygritte foi um show a parte – podiam ter colocado ela no Hobbit com os elfos – ela foi a personificação da fúria até encarar o Jon, sua morte era necessária mas a HBO deu aquela pequena esperança de que podiam fazer diferente dos livros e deixar ela viva, quando a gente pensa nisso ela morre.

    É uma pena o fantasma, queria muito ver aquele lobo rasgando gargantas, mas depois dos gigantes e o mamute deve ter acabado a grana dos efeitos pra colocar ele mais tempo na tela, uma pena.

    Última coisa, não mostrar a luta com o gigante no túnel foi melhor do que mostrar – deixou aquele suspense, vai que um gigante entrar correndo no pátio – fora que o orçamento agradece.

  12. É… desta vez tenho que confessar que a HBO acertou…
    a série finalmente reproduziu (mesmo que de forma diferente) aquilo que lemos nos livros…
    Mr. GRRM também deve estar satisfeito, visto que li em uma de suas entrevista que não gostara de alguma das mudanças e do desenvolvimento de alguns personagens de sua estória.
    Parabéns Drunk pela resenha – que desta vez foi rápida – e que continue sempre ampliando este espaço para discussão desta, diga-se de passagem, é a melhor estória de aventura épica e magia de todos os tempos.
    Abraço a todos

  13. Resenha realmente top viu !!! Depois de ler fico ainda mais ansiosa para começar a afundar nos livros !!!

    Parabens, você escreve muito bem !!

  14. Sou so eu que achou que o episodio ficou devendo? Sim, em termos de batalha, foi bem legal, nao ficou devendo em nada para Blackwater, mas de resto, realmente achei que faltou. Nao percebi o senso de urgencia que o livro transmite, de uma guarniçao que esta infinitamente em desvantagem numerica, o desespero de Jon no alto do predio atirando flecha apos flecha, e as reservas que nunca chegavam. A morte de Ygritte tambem nao achei tao triste como deveria ter sido, e em parte por causa da cara de furiosa dela, e tambem porque no livro Jon so a encontra depois da batalha, e ainda se pergunta se foi uma das flechas dele que a matou. E cinematograficamente, o silencio da batalha ao fundo enquanto Jon se lamenta a morte dela pode tre sido bonito, mas nao faz sentido algum. Quer dizer, o pau omendo atras e ele chorando a namorada? Oi? Outra coisa foi matarem os amogos de Jon, exatamente os que nao morrem, e o unico que morre, Edd (que no livro morre no portao, no lugar de Grenn), me incomodou muito. Isso porque Jon vai enfrentar muita oposiçao em sua liderança na patrulha, e eliminaram metade de seus aliados. Achei muito falho, e me pergunto como vao desenvolver isso. Fora que fizeram tanta propaganda dizendo que este episodio seria mais sangrento que o RW, e nem se compara, o RW ainda ganha nesse quesito (o episodio anterior, na verdade, foi muito mais que este). Acabou o episodio e eu fiquei muito decepcionada.

    1. Então vê de novo o episódio lol Vocês pensam que o orçamento é de quanto? Trilhiões de dolares? Para uma série está bom demais, Spartacus põe isto a 5 a 10 mas era uma série com outro orçamento que a partida já estava definida… Ainda falta muita história muitas horas de filmagem, e quem sabe se Green e Pyp pediram para sair da série???
      Faça-se o que se faça, nunca estão satisfeitos, nao gostei muito do combate de viper vs Moutain para a tua informação, preferi ver Jon versus Styr apesar de ser curtinho mas mais intenso e mais violento… isto de ver um homem estoirar a cabeça de outro com as mãos é fixe mas a Montanha é muito lento sem técnica de esgrima e o outro vá sabe brincar com um pau mas so isso … não compares o episódio que não tem nada haver um com o outro a menos que gostaste de ouvir que existiu um Lannister monga que esmaga besouros LOOOOOOOOL

      Quanto a seleção para Lord Comandante não restou pontas de dúvidas … Até Thorne assume que sem Jon Castle Black teria caído. Por exemplo no livro ele vai obrigado parlamentar com Mance e Tourmond nem assaltou a muralha, simplesmente estava lá para recepcioná-lo e na série ele vai voluntário. Isto tem a sua lógica, a personagem do livro e da série não podem ter o mesmo raciocínio, pois no livro creio que Jon tenha 17 anos e na série já tenha 21 anos. Ele tem de pensar já como um homem e não como um adolescente e depois do combate e da justiça levada a fortaleza de Craster ganhou pontos e aposto que será eleito logo á primeira na série.
      Stannis nem vai ter tempo para demonstrar intenções de promovê-lo a Stark pois na série Jon sabe que Bran ainda está vivo … Não haverá oposição acredita a menos que o cobarde so Slynt queira a vaga para ele, mas acredito que todos já sabem que ele se escondeu no armazém do castelo como uma menina assustada a defender um bébé🙂

    2. Bom, até o 4t8e eu tinha a mesma visão a respeito da série, mas agora que passou o 4t9e a coisa mudou.
      Antes existia fragmentos de uma série épica dentro de uma série dramática. Agora não… o episódio foi épico…
      como Drunk escreveu “dignas de The Lord of The Rings”.
      Sugiro mudar de canal e ir assistir outra série. Agora se seu problema é a fidelidade com os livros, leia-os outra vez… paciência: a HBO é dona da estória e seus roteiristas vão mudar o que for preciso. Enquanto essas mudanças forem para melhorar a fluidez da estória, bom pra nós – fãs dos livros. O problema é quando inserem cenas desnecessárias como as de sexo e boiolagem…
      Se daqui pra frente todos os episódios fossem assim…

      1. Olha, nem ia responder, mas essa de me mandar ler o livro, foi demais. Pra informação de você Ivan, e de você, sr Liostark, para quem eu já queria dar uma resposta à altura por um comentário ultra misógino, eu li os livros si, duas vezes, na falta de uma. E eu sei muito bem que a série tem um orçamento e é cara. Aliás, se em vez de vir me falar besteira porque eu não gostei do episódio, que achei sim que deixou muito a desejar em relação ao que senti lendo o livro e o que esperava, soubessem um pouquinho sobre mim, veriam que eu nem ligo muito para as mudanças, e que algumas delas eu até acho muito boas. Se eu cutuquei uma ferida, paciência, é a MINHA opinião, e do mesmo jeito que eu respeito quem gostou, gostaria que respeitassem a minha. Justifiquei o porque de não ter achado tudo isso, e achei sim o embate entre o Red Viper e o Mountain muito melhor que este. E mais, eu raramente falo mal da série, cisa que se os srs tivessem um pouco de conhecimento sobre mim, veriam logo. Sr. Ivan, por favor, me mandar mudar de canal também foi demais, e acho um tanto preconceituoso da parte de vocês dois me mandarem fazer isso como quem manda a mulher para a cozinha. Eu tenho tanto direito de achar que o episódio não correspondeu às minhas expectativas quanto vocês de acharem que foi épico. E para sua informação, também acho que a série anda muito apelativa quanto ao sexo, e reclamar das cenas de sexo de personagens sabidamente gays, é pura homofobia das parte de vocês. Sem mais.

  15. Achei muito impactante a parte que o Meistre Aemom fala da mulher que ele amou, na parte que ele diz que a tal mulher é mais real que Sam(sendo que Sam está na frente dele) e me levou a pensar por que ele recusou tudo que um homem sonha para se juntar a Patrulha da Noite..

  16. O melhor episodio da série, bem todos os 9 episodios acabam por ser sempre os melhores lol

    Agora sim, o renascimento de Jon começa agora, já estava farto de vê-lo nas sombras de todos (Ned, Robb, Benjen, Mormont, Mance, Thorne, Tourmond) ah ainda falta Stannis mas em breve ele sai da muralha.

    Quanto ao episodio, creio que já o vi 4 vezes🙂 Muito bom mesmo, Thorne esteve bem e Tourmond o terror dos Gigantes mais que bem ,.. Last Man Standing ahahaha Jon esteve excelente, vendo-o lutar acredito que nem o Montanha tinha vida para ele vendo o combate contra o principe de Dorne, Jon e Sty brilharam bem mais, pena que foi curtinho lool

    A morte da ruivinha comoveu, não sei porque mas se existia em GOT ali algo que pudessemos sentir uma interpretação de amor é o casal de Jon e Yrigite! Aliás, numa série deste tipo falta o que Aemon Targareny afirma e reafirma (Love) … As personagens são péssimas em manifestar este tipo de sentimento à excepção de Jon e Yrigite, pena que acabou … espero que a paixão desperte entre Jon e Dan e que surja lá para o último livro de G.G. Martin No Sonho de Verão e que seu reinado seja tão longo como Jahaerenys e Allisayne Targareny onde paz e harmonia dure por muitos verões e invernos lol

    Os efeitos especiais estavam impecáveis, e os gigantes também bem até tenho medo quando o verdadeiro poder do Inverno vier e todos os gigantes zumbificados atacarem como aconteceu no Punho dos Primeiros Homens …

    Agora não tenho dúvidas, a muralha cairá nos Ventos do Inverno, e Lannisters, Targarenys, Baratheon, Martell, Tyrell, Arryn, Tully, Velaronys, e as cidades livres tem de conhecer o porquê do lema dos Starks “The winter is coming” … Ninguém auxiliou a muralha e todos terão o que merecem e no final será o rei da noite que se senta no trono de ferro congelado🙂 até Jon o expulsar de novo para as terras do sempre inverno e reclamar o trono que deveria ser de ser pai.

  17. Excelente resenha, me emocionei muito com esse episódio, até porque Jon é meu personagem favorito e a muralha é meu núcleo favorito. A bravura dos irmãos da patrulha me fez chorar, coisa que não tinha feito até agora nessa temporada, concordo com vc drunk, o momento em que eles enfrentam o gigante afirmando seus votos foi de uma sensibilidade imensa, parabéns à hbo que nos relatou apenas o resultado, deixando o telespectador embevecido com a coragem daqueles meninos… Enfim, eu estava achando essa temporada muito morna com exceção dos bons momentos com Tyrion, mas confesso que esse pra mim foi o melhor episódio de todos. Ver Jon sorrindo como um menino bobo ao reencontrar ygrite naquele caos foi impagável. Adorei!!!

  18. Esse episódio foi muito bom, me arrepiei em vários momentos.

    Será mesmo que Stannis aparecerá no próximo episódio? Há vários núcleos a finalizar. A fuga de Tyrion, Bran encontrando Folha, Arya indo para Bravos… Jon passando para o Norte da Muralha com toda aquela musiquinha de suspense, hum… sei lá.
    Bem, se for isso mesmo, espero que não fique corrido com tudo isso que mencionei.

  19. Cara, excelente a sua análise. Nunca tinha visto antes um episódio totalmente dedicado a um núcleo. Aquela corneta tocando gelou meus ossos. A tomada de câmera em 360 graus, nunca tinha visto antes – foi perfeita. Parece que quanto mais a série tem sucesso de audiência e de crítica, a HBO abre a carteira. Palmas para os roteiristas, diretor, atores, dublês, figurantes e técnicos de efeitos especiais e sonoros. Bateram um bolão. abs

  20. Pessoal vi agora esse comentário na outra pg e gostaria de partilhá-lo aqui…

    “Olá,
    estava dando outra lida no livro ADDD quando me surgiu uma ideia me veio a cabeça:
    e se Val for a Nissa Nissa?
    Vamos lá:
    primeiro que Jon sente uma tração fulminante pela moça, não só pela beleza como pela personalidade dela (solitária, adorável e letal);
    segundo que, ao que parece, a moça sente uma atração semelhante pelo nosso herói;
    por fim, se tudo for confirmado, se Jon for mesmo o Azor Ahai, a bastarda for a luminífera, então a Nissa Nissa deveria ser uma paixão avassaladora que Jon, no caso, desenvolveria com Val, e esta, disposta ao sacrifício pelo bem de todos, se entregaria à bastarda a fim de transformá-la por fim na Luminífera…
    Vejo Jon se envolvendo com a Daenerys amorosamente, e também não vejo ela como a Azor Ahai, mas talvez o príncipe que foi prometido possa ser fruto da união dos dois, visto que acredito que o príncipe que foi prometido não seja o mesmo Azor Ahai.
    O príncipe que foi prometido irá reinar nos tempos pós guerra.
    O bom desta teoria é que não depende da paternidade de Jon, já que Stark sabemos que ele o é, e que Snow (neve) o remete ao gelo, numa possível união com Daenerys, que representa o fogo, teremos o príncipe que foi prometido, fruto da união entre o gelo e o fogo e descendente direto da união dos Targariens, pelo ramo claro de Daenerys.
    Lembrando que noutra profecia, Daenerys iria carregar no ventre o príncipe que reuniria todas as tribos e reinaria o mundo.
    Pensem, isto se interpretado numa visão global teria muito mais fundamento do quê aquela criança que Daenerys carregou no ventre durante a união com Drogo…
    Pensem nisto…” de um tal de Odran

  21. E se Val for a Nissa Nissa?

    primeiro que Jon sente uma tração fulminante pela moça, não só pela beleza como pela personalidade dela (solitária, adorável e letal);

    segundo que, ao que parece, a moça sente uma atração semelhante pelo nosso herói;

    por fim, se tudo for confirmado, se Jon for mesmo o Azor Ahai, a bastarda for a luminífera, então a Nissa Nissa deveria ser uma paixão avassaladora que Jon, no caso, desenvolveria com Val, e esta, disposta ao sacrifício pelo bem de todos, se entregaria à bastarda a fim de transformá-la por fim na Luminífera…

    Vejo Jon se envolvendo com a Daenerys amorosamente, e também não vejo ela como a Azor Ahai, mas talvez o príncipe que foi prometido possa ser fruto da união dos dois, visto que acredito que o príncipe que foi prometido não seja o mesmo Azor Ahai.

    O príncipe que foi prometido irá reinar nos tempos pós guerra.

    O bom desta teoria é que não depende da paternidade de Jon, já que Stark sabemos que ele o é, e que Snow (neve) o remete ao gelo, numa possível união com Daenerys, que representa o fogo, teremos o príncipe que foi prometido, fruto da união entre o gelo e o fogo e descendente direto da união dos Targariens, pelo ramo claro de Daenerys.
    Lembrando que noutra profecia, Daenerys iria carregar no ventre o príncipe que reuniria todas as tribos e reinaria o mundo.

    Pensem, isto se interpretado numa visão global teria muito mais fundamento do quê aquela criança que Daenerys carregou no ventre durante a união com Drogo…

    Odran

    1. O bom desta teoria é que não depende da paternidade de Jon, já que Stark sabemos que ele o é, e que Snow (neve) o remete ao gelo, numa possível união com Daenerys, que representa o fogo, teremos o príncipe que foi prometido, fruto da união entre o gelo e o fogo e descendente direto da união dos Targariens, pelo ramo claro de Daenerys.
      Lembrando que noutra profecia, Daenerys iria carregar no ventre o príncipe que reuniria todas as tribos e reinaria o mundo.

      Sensacional sua visão sobre Jon e Daenerys…faria muito sentido mesmo…

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s