vlcsnap-2014-06-04-10h32m35s58

S04E08 – The Mountain and the Viper

Um episódio tão aguardado quanto a morte de Joffrey e a primeira parte do julgamento de Tyrion. Esperávamos muito desse episódio…e afinal? ele foi bom?

O que eu esperava…

Episódio 08 – The Mountain and The Viper

Direção:  Alex Graves

Roteiro:  David Benioff & D. B. Weiss

É aqui que veremos A Víbora Vermelha e A Montanha se enfrentando.

Será um episódio insano. Por mais que saibamos o desfecho da batalha, será interessante ver esse momento nas telas.

Me lembro que quando li a cena no livro, eu fiquei chocado com o desfecho. Já estava acostumado com reviravoltas, desde a morte da Lady e de Ned e depois o Casamento vermelho e a morte de Joffrey. Achei que Martin não conseguiria me surpreender mais da mesma forma.

Confesso que me surpreendi quando li…

meu irmão quando leu, estava na sala e eu só ouvi um sonoro PQP!!!

Esse é o episódio mais esperado por ele.

O que o episódio nos trouxe…

Episódio 08 –The Viper and the Mountain

Clique na imagem e leia o post ao som de Game of Thrones versão Heavy Metal do Ignition Overdrive.
Clique na imagem e leia o post ao som de Game of Thrones versão Heavy Metal do Ignition Overdrive.

 

DRUNKWOOKIE SPOILERS

Estranhei os comentários pós-episódio, logo na segunda-feira nas redes sociais.

Vejo na página do blog e em alguns grupos muitas pessoas adorando a série, e muitas pessoas reclamando da série.

O que posso dizer?

Não existe uma adaptação que não tenha suas divergências coma obra original. Até o momento não vi nenhuma mudança drástica. Até o momento a essência de todos os personagens estão sendo mantidas.

Não vejo Stannis como esse Pretendente do Trono de Ferro fudidão que muitos alegam que o livro traz.

O Stannis da série realmente está aquém dos livros, mas não vejo uma diferença tão gritante. Bom… eu sou um grande fã da história criada por Martin, algumas diferenciações entre série e livros são saudáveis e necessárias.

Por isso estou satisfeito até aqui.

Esse episódio foi intenso. E tenho muitas observações a fazer. Vamos lá:

vlcsnap-2014-06-04-10h01m02s250

Logo na abertura, prestei atenção no mapa e vi Fosso Cailin. Eu não me lembro dele ter aparecido anteriormente.

Gostei do detalhe.

O episódio inicia com uma cena em Vila Toupeira. Eu havia dito que a ideia de colocar a Goiva lá era uma ideia idiota, mas os produtores usaram esse elemento para nos mostrar que Ygritte não se perdeu totalmente.

Na cena da invasão dos Selvagens, podemos ver que Ygritte ainda está furiosa. Ela luta com vigor e ódio. Mas quando vê Goiva e o pequeno Sam, ela não os matam.

vlcsnap-2014-06-04-10h01m47s239

Espero ver uma cena emocionante quando ela novamente ver Jon Snow. Haverá rancor, ódio, mas haverá ainda um resquício de amor.

Espero que Kit saiba interpretar a cena de modo convincente.

Após, vamos para uma cena em Castelo Negro. Os Irmãos da Patrulha já sabem do acontecido em Vila Toupeira. O grupo de Jon Snow toma forma. Serão esses os homens que farão a diferença no próximo episódio. Tenho a impressão de que o próximo episódio será o melhor da temporada.

vlcsnap-2014-06-04-10h02m04s141

Sim, mesmo com a morte de Oberyn no episódio 08, acredito que o episódio 09 será épico demais. Selvagens contra a patrulha da Noite.

Após o frio da Muralha, vamos para o calor de Meereen.

Sei que muitos acham desnecessário o envolvimento de Verme Cinzento (lê-se Toro Cornudo) com Missandei. Acho que é algo necessário para aqueles que apenas assistem a série.

vlcsnap-2014-06-04-10h03m54s237Um modo de aproximar o espectador dos personagens que vieram de um passado sofrido, de escravização. Ver o amor entre os dois florescerem aos poucos é muito legal.

vlcsnap-2014-06-04-10h04m04s79

Eu não vejo como perda de tempo, ao contrário, vejo como um ganho. Algo que não temos no livro e podemos ver o desenvolvimento na série.

A tomada de Fosso Cailin pelas mãos de Theon Greyjoy…

Perceberam quando Ramsay diz que as lulas sem OSSOS (bone) não são nada? Fedor até estremece ao lembrar que perdeu o seu.

vlcsnap-2014-06-04-10h04m31s58

Theon foi um dos personagens que perdeu muito, tendo feito tão pouco.

Mesmo tendo matado o filho do moleiro, eu não acho que ele devesse sofrer tanto. Por isso tenho ele na mais alta conta.

Espero um final sensacional para ele. Martin está levando ele ao fundo do poço. Ele é a expressão viva de Nós não Semeamos, e O que está morto, não pode morrer.

vlcsnap-2014-06-04-10h05m19s73

Theonj Greyjoy voltará, como um verdadeiro Greyjoy. Assim eu espero.

Ramsay é insano. O homem esfolado na frente dele e de Fedor comprova isso mais uma vez. O Fosso Cailin é dos Boltons, e com isso mais um pedaço do Norte na mão deles.

Agora uma das cenas que mais esperava. No ninho da Água temos  Petyr e os Senhores Declarantes.

vlcsnap-2014-06-04-10h05m33s211

Um pouco diferente dos livros, é verdade, mas Mindinho ainda assim ganha a cena.

Muitos reclamam do modo como Sansa agiu.

vlcsnap-2014-06-04-10h05m44s56

Quem leu o Festim dos Corvos pode perceber que Sansa rumava para isso. Se nos livros ela ainda não entrou no Jogo dos Tronos, na série ela já entrou. E digo mais ela começou a jogar de forma competente.

Eu não vejo como uma mudança gritante na série. Apenas uma antecipação do que acontecerá em os Ventos do Inverno.

vlcsnap-2014-06-04-10h06m08s49

O ritmo da série é diferente dos livros. Me surpreendi quando ela disse ser Sansa Stark. Me surpreendi por não termos a figura do bardo que é culpado pela morte de Lisa Arryn. Mas não me surpreendi com a atitude de Sansa.

vlcsnap-2014-06-04-10h06m21s177

É final de temporada, e a HBO precisa chocar e prender a atenção do espectador. mais um episódio com uma Sansa boba e inocente, não seria aceitável.

Muitos reclamaram que Sansa é sonsa…e quando somos agraciados com um “prelúdio” de Os Ventos do inverno, muitos não gostaram.

Eu gostei, e isso  me fez ficar com mais vontade de Ler Os Ventos do Inverno logo. A única coisa que me deixou na dúvida é: Mindinho será facilmente enganado por Sansa? ou ainda é cedo para isso?

vlcsnap-2014-06-04-10h05m52s148

Tenho quase certeza que ele não ficou tão surpreso quanto demonstrou. Ele já vinha trabalhando no psicológico dela a um bom tempo. Desde o momento em que ela entrou em seu navio coma ajuda de Sor Dontos.

O momento mais fascinante da cena é quando Mindinho indaga onde estava o ninho da Águia quando os Stark precisaram?

“As vezes meninos doentes se tornam-se homens poderosos.”

Petyr falava de Robin Arryn ou dele mesmo?

vlcsnap-2014-06-04-10h15m59s79

Seu pai era o menor dos senhores de Dedos… Ele vem de uma família pequena… debilitada economica e politicamente. Até onde sabemos.

Eu acredito que os antepassados de Mindinho tenham ligação com o Banco de Ferro. Mas isso é outro assunto.

Quem quiser saber mais acesse o link a seguir.

Teoria sobre Mindinho

Finalmente chegamos no momento em que Daenerys descobre a traição de sor Jorah.

vlcsnap-2014-06-04-10h14m10s4

Eu achei fantástico o local onde Jorah estava. Um cenário muito bem construído. prestei mais atenção nisso do que na tensão entre Barristan e Mormont.

vlcsnap-2014-06-04-10h14m19s87

Perceba que Daenerys aprece não acreditar no inicio da conversa.

Após ela descobrir que ele passou informações sobre seu filho com Drogo ela passa a não olhar nos olhos de Jorah. Eu achei isso interessante.

vlcsnap-2014-06-04-10h16m11s193

Finalmente Emilia Clarke mostrou uma interpretação convincente. Praticamente falando sozinha, apontando os momentos em que Jorah a traiu.

vlcsnap-2014-06-04-10h18m04s42

Expulso, o melhor amigo de Daenerys anda por Meereen sem rumo.

O Protetor do Norte e seu filho.

Gostei da cena de pai e filho. Ambos conversando sobre a extensão do Norte, e sobre o documento de legitimidade de Ramsay Snow.

vlcsnap-2014-06-04-10h18m12s92

Esse episódio mostra os Bolton em seu auge. Donos do Norte, o reino maior do que todos os outros juntos.

vlcsnap-2014-06-04-10h18m28s22

Foi uma cena importante. Espero ver na próxima temporada os Manderly… Espero ver os Frey… e Espero ver o que Bolton fará para manter o Norte.

Só um adendo… algumas pessoas no FB perguntaram sobre os Manderly. Abaixo segue uma imagem do Casamento Vermelho. Vejam o tritão na roupa.

y6un0cJ

Será que teremos a participação da falsa Arya?

O ator que interpreta Lorde Bolton é perfeito para o papel. desde o casamento vermelho eu digo isso. não há uma cena que eu não me surpreendo com sua interpretação, cada vez mais real, mais crível, mais perfeita.

Voltamos ao Ninho da Aguia para presenciar Mindinho e Sansa conversando a sós.

vlcsnap-2014-06-04-10h18m35s79

Aqui eu não vejo desespero em Baelish, como se não soubesse o que aconteceu.

Apenas vejo curiosidade. Saber quais foram as motivações dela. Até onde ela acha que o conhece; Um jogador testando sua peça principal.

vlcsnap-2014-06-04-10h18m39s148

Ainda no Ninho uma cena diferente dos livros. Totalmente diferente.

Arya e Cão indo até o Ninho. A cena tem momentos interessantes. Podemos ver um dialogo interessante. Sobre venenos.

Cão diz que veneno é coisa de mulher. Arya diz que por isso ele não será um bom assassino.

vlcsnap-2014-06-04-10h19m03s113

Só de ouvir isso ja fico extremamente feliz. Teremos uma Stark sensacional na próxima temporada. Ela na casa de Branco e preto será demais.

Perceberam que a mordida que Cão levou está ficando cada vez pior? será esse o motivo da separação da dupla, que começou a ficar legal.

A gargalhada de Arya foi ótima!

vlcsnap-2014-06-04-10h19m44s31

Não adianta …estaremos sempre juntos, a risada quis dizer

 

Sansa aparece novamente. E dessa vez ainda mais perfeita. Entrando na sala, com o sol por trás dela. O modo como desce as escadas. Finalmente ereta, sorrindo, confiante,e com segredos nos lábios. Uma verdadeira rainha.

Enfim Sansa toma seu lugar na trama. Mais uma Stark volta para o jogo.

vlcsnap-2014-06-04-10h20m43s100

Agora o dialogo entre Jaime e Tyrion.

Sei que demorei coma resenha,e muitos me procuraram perguntando; Drunkwookie, qual sua teoria sobre os besouros de Orson Lannister?

Eu parei e pensei; Será que há algo ali?

Assisti novamente, e minha primeira opinião ainda continua vigente na minha cabeça.

vlcsnap-2014-06-04-10h20m59s253

Não há nada naquela historia. Apenas uma historia que os dois irmãos resolveram debater, para espantar a ansiedade e o medo do próprio Tyrion.

Sabe aquele momento em que você está com medo e precisa espairecer? precisa falar de algo sem sentido para o tempo passar?

Essa é minha opinião sobre o longo dialogo entre os dois irmãos.

vlcsnap-2014-06-04-10h21m06s62

Gostei de quando Tyrion disse que nem quando lia livros sobre dragões ele deixava de pensar em besouros.

Isso joga um balde de agua fria na minha teoria sobre o verdadeiro pai de Tyrion. rsrsrs

Eu tenho certeza que os produtores quiseram mostrar uma conversa trivial, sem grandes complicações ou significados.

“as vezes uma sombra é apenas uma sombra”.

A conversa dura bastante, e termina exatamente quando os sinos de Porto Real prenunciam o momento do julgamento pelos deuses.

vlcsnap-2014-06-04-10h21m18s199

Tyrion volta a realidade. os besouros saem de sua mente. Agora o que importa, é a vitoria de Oberyn.

Todos ficaram estarrecidos com as cenas a seguir. a batalha entre Oberyn e Montanha foi épica, e será vista e revista por muito tempo.

_Você lutará com aquilo?

_Eu matarei aquilo.

Percebam que Oberyn está tranquilo em sua preparação.

vlcsnap-2014-06-04-10h21m48s246

Tomando vinho, sorrindo, e se exibindo.

vlcsnap-2014-06-04-10h21m53s40

Em momento nenhum ele duvida do êxito.

vlcsnap-2014-06-04-10h22m13s231

Acho que imagens valem mais que palavras, então preparei uma ótima seleção de imagens da luta. Espero que vocês gostem.

A luta foi intensa, rápida, e podemos ver como a HBO e os atores se empenharam na construção da luta.

vlcsnap-2014-06-04-10h22m32s159

Pedro Pascal parece familiarizado demais com a lança. Golpes rápidos, e entre cada golpe Oberyn exige a confissão de montanha.

vlcsnap-2014-06-04-10h22m41s239

O mais interessante na batalha é prestar atenção na evolução das expressões dos envolvidos no julgamento. Oberyn, Twyin, Cersei e Jaime.

vlcsnap-2014-06-04-10h22m49s71

A cada reviravolta na batalha eles mudam de expressão. A coreografia das cenas de luta estão dignas de filmes de alto padrão.

vlcsnap-2014-06-04-10h28m49s97

Com o desenvolvimento da batalha, e com a iminente vitoria de Oberyn podemos ver ele gritando, exigindo uma confissão.

vlcsnap-2014-06-04-10h23m37s38

As cenas ficaram bem montadas, o dia de sol foi a melhor escolha para um dia de batalha. Não houve corte muito mal feito na edição.

vlcsnap-2014-06-04-10h27m58s94Os saltos, e golpes de Oberyn foram bem feitos, fluidos, exatos.

vlcsnap-2014-06-04-10h28m08s191

Com certeza ele treinou bastante para nos presentear com um final digno.

vlcsnap-2014-06-04-10h28m29s151

Pedro Pascal estava a vontade. E isso cativou todos, sem exceção.

vlcsnap-2014-06-04-10h28m35s199

O Montanha, o terceiro homem mais forte do mundo, serviu para o propósito. Poucas palavras, ar raivoso. era isso que precisavam.

vlcsnap-2014-06-04-10h30m17s198

Com o avanço de Oberyn, as faces das pessoas começam a mudar. Vejam Cersei…

vlcsnap-2014-06-04-10h31m28s147

Tyrion tenta confirmar se aquilo é uma oportunidade de viver.

vlcsnap-2014-06-04-10h30m59s103…e logo percebe que está a alguns passo da liberdade…

vlcsnap-2014-06-04-10h31m31s183Tywin se mantém régio, impassível.

vlcsnap-2014-06-04-10h31m02s151

A Montanha cai…e com a queda, minha euforia crescia… A qualquer momento….

vlcsnap-2014-06-04-10h31m47s83A confissão exigida por Oberyn…seus gritos atingem os súditos…

vlcsnap-2014-06-04-10h32m35s58É nesse momento exato… quando a Víbora Vermelha ergue o dedo e aponta para tywin Lannister, eu disse:

OBERYN MARTELL É UM PERSONAGEM FODA DEMAIS! SENSACIONAL, FASCINANTE.

Quem teria coragem de desafiar a mão do Rei dessa forma?

vlcsnap-2014-06-04-10h32m55s1

Mas as coisas mudam de figura, quando Montanha aproveita o descuido da Víbora e a esmaga.

vlcsnap-2014-06-04-10h33m37s154

A confissão é berrada enquanto os olhos de Oberyn são pressionados.

vlcsnap-2014-06-04-10h34m28s156O grito de horror de Ellaria traduziu o sentimento de todos nós. A cara de desespero de Tyrion traduziu nosso desespero.

vlcsnap-2014-06-04-10h34m53s160

Eu sabia o desfecho do combate. mas ainda assim fui surpreendido. na verdade não queria que Oberyn morresse.

vlcsnap-2014-06-04-10h35m18s143

Essa foi a única morte nos livros que eu digo: Martin… por que ele?

vlcsnap-2014-06-04-10h35m22s196

A cara de Cersei…

vlcsnap-2014-06-04-10h35m08s47Enfim… eis que morre…

vlcsnap-2014-06-04-10h35m02s239

Príncipe Oberyn Nymeros Martell, conhecido como Víbora  Vermelha.

Oberyn era um homem forte robusto com um raciocínio rápido e língua afiada. Ele estudou na Cidadela por um tempo, e  forjou vários elos de Meistre , mas acabou se entediando e deixou a ordem. Oberyn  viajou o mundo, e fundou sua própria companhia de mercenários. Ele tinha uma relação muito próxima com a irmã Elia e eles eram inseparáveis quando crianças.

Em sua juventude, Oberyn  foi encontrado na cama com a amante do Senhor Ormond Yronwood , de modo que o senhor o desafiou para um duelo. O duelo foi até o primeiro sangue, dada a juventude do príncipe e do alto nascimento , e ambos tomaram cortes. As feridas Senhor Ormond inflamaram e ele morreu. Oberyn tem sido conhecido como o “Víbora vermelha”, por seus  amigos e inimigos, devido a rumores de que ele lutou o duelo com uma lâmina envenenada.

Oberyn tinha viajado extensivamente as Cidades Livres, onde aprendeu muito sobre venenos e artes talvez até mais macabras.

 

Ele era um personagem com um passado intrigante, com habilidades fascinantes…e morreu quando ninguém acreditava que isso poderia acontecer.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Lembro que li duas vezes a passagem no livro. Pensei ter entendido errado, mas não… não queria entender o certo.

Esse foi o episódio The Viper e The Mountain, um dos mais angustiantes, desde o casamento vermelho.

Sabendo o que aconteceria, os fãs dos livros ficaram aflitos tentando adivinhar…é agora? é agora?

E os espectadores sorrindo, esperando a confissão do montanha ficaram perplexos com o desfecho do julgamento.

O episódio também deve ser lembrado pelo desenvolvimento de Sansa, que a levou para um novo patamar. Agora teremos uma nova Sansa na frente da telas.

 E vocês o que acharam de Oberyn Sansa, e Orson?

Como ficamos muito tristes pela morte de Oberyn o Drunkwookie e a Cult Store decidiram realizar mais um sorteio….

Decidimos sortear mais 01 (uma) camiseta da loja!

Uma camiseta à sua escolha!

É só clicar aqui, seguir as regras e participar:

Logo-Cult-Store
Clique aqui e participe!

 

 

27 comentários sobre “S04E08 – The Mountain and the Viper

  1. Lembro de também ter lido duas vezes o livro na passagem da luta… Foram três os momentos dos livros que tive que ler mais de uma vez (seguidas) para realmente entender o quê estava escrito… Não que seja burro ou que seja incapaz de compreender um texto… não… mas por não acreditar que o autor da história fosse capaz de fazer:
    1° a morte de Eddard Stark;
    2° a monte da Víbora Vermelha; e
    3° a maior decepção de todas: a morte de Jon…
    A primeira morte me fez comprar os cinco livros da história;
    A segunda morte me fez aumentar a frequência da leitura; e
    A ultima morte me fez reler toda a história e agora me deixa aflito, na expectativa dos outros dois livros que restam para o fim da saga…
    Percebem?!
    O autor é marqueteiro do k…
    O cara além de saber fazer uma boa história, também sabe vender…
    Me admira saber que há pessoas que se contentem apenas em assistir os episódios da HBO…
    Seria preguiça de ler???

    Abraço a todos!

    1. Quem disse que Jon morreu? O que sabemos é que ele foi ferido mortalmente, há varias teorias sobre o que acontecerá após estes ferimentos, mas só GRRM poderá nos contar o que realmente ocorreu com Jon após os ferimentos. E importante, não se esqueça que ele é um warg e Fantasma está preso ali perto.

  2. Eu acho que o diálogo entre Tyrion e Jaime foi em referência a Montanha. Em como ele mata por prazer, sem explicação, sem precisar de um motivo. Ele poderia ter matado de outra forma, mas ele foi brutal, o que é da natureza dele. Um amigo inconformado com a morte de Oberyn disse que não havia sentido no fato. Que o autor matou por capricho e sem necessidade e por isso os produtores colocaram o diálogo para tentar explicaro que supostamente não tem explicação, rs. Mas eu acredito mais na versão de se tratar da montanha. E não só dele. Acho que das pessoas em volta que vêem a morte de alguém de forma tão simplória e insignificante. Alguém precisa morrer para que outro possa viver.

  3. Gostei dos comentários sobre o episodio, mas acredito que exista realmente um motivo do por que daquela conversa entre o Tyrion e o Jaime. O motivo seria para descrever como o Tyrion tenta sempre resolver um enigma, e que isso permanece na sua mente por anos. Quem já leu os livros sabe disso, mas quem assistiu a série pode não ter essa informação tão clara. Mas por que isso?? Para o próximo mistério que o Tyrion ira tentar desvendar. “Para onde as putas vão”.

    1. Mas o dialogo é o do livro… e explica sim: o Montanha é um assassino frio e brutal, enquanto o Víbora tenta extrair do Montanha uma confissão que incrimine seu ‘suserano’ o Tywin Lannister, o montanha tenta reunir suas ultimas energias para liquidar sua última tarefa – destruir a Víbora – e isso ele faz.
      Insisto que o GRRM é um puta marqueteiro, que deixa esses ‘cliffhangers’ para atrair e prender a audiência, recurso comumente utilizado por hollywood, mas que o GRRM usa bem em seus livros…

  4. Eu realmente acho que a conversa entre Tyrion e Jaime sobre besouros, na perspectiva do Jaime era algo trivial, enquanto o Tyrion parecia fazer uma relação entre os besouros e a humanidade e seu primo com os deuses, que principalmente no contexto desse episodio pareciam matar os besouros sem motivos enquanto Tyrion tentava encontrar um sentido para isso, mesmo que só para encontrar um sentido para sua “inevitável” e injusta morte

  5. a sansa estava perfeita no episódio. ela finalmente aprendeu que deve jogar o jogo dos tronos, e não ser levada por ele!

    já a emilia clarke está me decepcionando demais nessa temporada. eu fico pensando, ela sempre foi ruim assim? todas as falas delas são ditas com solenidade demais, como se fossem feitas para aparecer em um trailer, não uma conversação normal durante a série. eu achei que faltou uma menção à real estrela dessa cena, o jorah. o ator estava fenomenal, dava pra ver o desespero nos olhos dele. me doeu no coração vê-lo partir.

    podem dizer que a emilia clarke está interpretando a daenerys “impassível” como ela “devia ser”, mas ela não é nem um pouco natural.

    quando à cena dos besouros, acho que ela foi excessivamente longa em um episódio já longo. não foi uma conversa ruim, teve seu significado, mas a galera já tá esperando a luta entre víbora e montanha desde o outro episódio e ficou uma semana sem episódio novo. meu pai, que só vê a série, não entendeu o significado e achou sem sentido. eu já estava brava esperando a cena final, e também não apreciei a história.

    mas pensando agora, eu acho que o significado daquilo foi mostrar o que o tyrion estava pensando. um julgamento por combate é determinado pelos deuses; e se os deuses forem só o primo retardado de alguém que só fica matando besouros por motivo algum? e se nada no mundo tiver sentido? é um pensamento assustador para se ter quando seu destino está na mão dos deuses. tyrion era o besouro, ali.

    bem, vamos ver como vai ficar a batalha da muralha! beijinhos!

  6. Vamos pelo começo:
    Pra mim ficou explicado o que a HBO queria quando mandou a Goiva para Vila Toupeira, mostrar que nem todos os “selvagens” são assim tão maus, no caso a Ygritte, e com isso deixar um gancho para a próxima temporada e tudo que acontece depois da batalha no final desta.

    A maneira como estão conduzindo as coisas na muralha está estranho, como esperar que o Jon tenha apoio para fazer alguma coisa decisiva se apenas 4 ou 5 caras ouvem ele, quando foram atacar a fortaleza do Craster, aqueles que se ofereceram pareceu mais preocupados em não serem covardes do que acreditarem no Jon.

    Sei lá, tá estranho, o Jon tinha que ser forte como exemplo para os outros, alguém que mereça ser seguido.(o Davos é melhor nisso do que ele)

    Daenerys melhorou, dessa vez justifica ela agir daquela maneira, como lá no começo quando ela sabia que se duvidasse do estava fazendo provavelmente morria. Foi quase a mesma de sempre mas agora fazia sentido. Jorah é o personagem mais convincente deste núcleo, perda grande, mas sabemos o que acontece e como é importante ele ficar afastado dela por um tempo.

    Sumiram com o Daario, ficou pelado e sumiu.

    Theon tremendo de medo em falhar em sua missão, isso sim é controle pelo medo, não o medo de falhar e sim o medo de simplesmente pensar em falhar. Os Boltons terão seu momento, e espero um fim digno para ambos.

    Sansa mentiu, isso é bom, ela era muito lenta, talvez agora surja algo novo, que não há nos livro, Mindinho talvez seja o jogador mais habilidoso no jogo mas isso foi inesperado até para ele. Claro que ele não ficou assustado, mas não esperava e isso o deixa curioso.

    Sansa ganha novo “uso”.

    Fiquei perdido quanto a Arya, confesso.

    Oberyn e Montanha, depois, já tá muito grande esse comentário.

  7. Muito bom…

    Minha parte favorita é o olhar real de choque, pavor e terror no rosto e os gritos de dor do Príncipe Oberyn Martell e que ele se esforça em vão para salvar sua vida, quando “A Montanha” o agarra no final da luta. A Víbora Vermelha de Dorne facilmente poderia ser retratado como um desafiante inabalável e uma caricatura da ira vingativa até o final e, provavelmente, foi antes, no entanto, o ator Pedro Pascal nos dá algo bastante diferente e na minha opinião bem mais interessante. Seu Oberyn Martell é subitamente confrontado com o alto preço que ele vai ter pagar pela confissão e vingança por sua irmã Elia Martell (violentada e assassinada) e percebe que nos últimos segundos de sua vida fútil e estúpida que ele realmente não queria pagar esse preço…

    … Mas já é tarde demais!

  8. “O norte é maior que os outros seis reinos juntos” – Bolton
    “Você escolheu o que conhecia” – Baelish.
    Pelos Sete, os redatores estão tratando os espectadores como burros. Como se dissessem: olha, não sei se você entendeu, apesar de todas as excessivas falas nessa direção, mas o que tá rolando é isso, ok?”
    Orson e o besouro é só uma sombra? Sim, só uma sombra esmaecida de um bom livro. Na cena é óbvio que Tyrion se comparou aos besouros e comparou seus algozes a Orson. Novamente, os redatores (me recuso a partir de agora de chamá-los de autores) tratam o espectador como imbecil.
    “Pedro Pascal parece familiarizado demais com a lança.” -Já ouviu falar em dublê?

  9. “Lembram do menor dos irmãos? o fraco garoto chamado de mindinho?”
    Que irmãos? Mindinho ganhou esse apelido de Edmure Tully porque seu paí era o menor entre os lords menores dos Dedos, possuindo poucos acres rochosos.
    Se Baelish tem irmãos, não foi informado nos livros.

  10. Eu tenho uma teoria sobre o diálogo entre o Tyrion e o Jaime. A teoria que eu apoio pode parecer estranha, mas faz muito sentido quando você conhece a história toda. E tenho quase certeza de que a cena foi escrita exclusivamente para a TV, não há nenhuma implicação para o desenvolvimento de nenhum personagem e menos ainda falar sobre algo que acontecerá no futuro. Mas acredito que o motivo de usarem a cena não foi à toa.
    E claro que o diálogo entre Tyrion e Jaime faz uma referência clara à Montanha. E em como ele tem prazer por matar, sem precisar de explicação ou motivo e de que ele, o anão, fosse o besouro. É da natureza dele. Outra relação clara é colocar a humanidade como besouros e os deuses com o primo Orson, que cujo propósito é matar os besouros (humanidade) sem motivos aparente. Mas Tyrion diz que ainda não entendia, diz que tinha algo que ainda não foi totalmente entendido, algo que precisava ser descoberto, de que ele precisou refletir e buscar desvendar. Esta poderia ser uma referência direta ao próprio diálogo que ele estava tendo com Jaime de que enquanto eles conversavam havia uma mensagem oculta e que as pessoas precisassem buscar e tentar entender.
    Ok. Se havia uma mensagem qual seria? Será que foi passar a ideia de que os Deuses eram impiedosos, mas isto já ficara bem clara na trama, com a morte do Ned, Robb, Catylin, etc não precisava ser novamente relembrada e se houvesse a necessidade por o dialogo precisaria durar tanto. Então participando de debates na internet chegue à conclusão junto com outras pessoas de que aquela parte do diálogo além de demonstrar o medo da morte sentido pelo Tyrion também foi à forma com que os produtores da série Game of Thrones encontrou para criticar o autor Orson Scott Card, você pode até não conhecê-lo, mas Orson é um escritor americano, conhecido pela saga de livros, que recentemente virou filme, conhecido como Ender’s Game ou O Jogo do Exterminador (Trailer do filme: http://goo.gl/rFosq7 ). Orson é um homofóbico declarado e é conhecido pelas duras críticas que faz. E não demorou muito para que a saga GOT virasse mais uma vítima das suas críticas. Não diretamente dos livros, mas especificamente da série. As cenas de nudez, sexo, etc. Algumas críticas feitas pelo Orson sobre a série:
     “Decepção na fronteira do nojo.”
     “Eles estão trabalhando com um script que é muito, muito ruim.”
     “Referida incompetência dos roteiristas em criar personagens e um mau script.”
     “Uma adaptação profundamente arruinada.”
    [Resto da crítica em inglês: http://goo.gl/WO4vvB ]
    Para aqueles que não sabem, os livros de Orson, Ender’s Game, conta a história de alienígenas que invadem a Terra e os humanos tem que treinar crianças para matar estes alienígenas. E o interessante, os alienígenas são sempre descritos como insetos, notou a semelhança: O primo Orson tem obsessão por matar insetos tal qual o autor Orson que em 20 livros mostrava sua obsessão por matar alienígenas, que se comportam como insetos.
    Depois das críticas feitas, os produtores tiveram uma ideia, que se confirmada para mim: foi SENSASIONAL. Que tal usar o episódio que eles acreditavam que teria a maior audiência para dar uma resposta inteligente às críticas feitas por Orson e expor a todos o quão burro um homem pode ser.
    Então eles mostraram um Orson incapaz de entender os outros, um Orson idiota, um Orson que viveu a vida toda focada em esmagar seus insetos (alienígenas), que ninguém entendia por que era tão burro. E esta comparação fica ainda mais clara quando Jaime confidencia ao Tyrion, que um dia o Meistre Volarik o apalpou, revelando sua inclinação homossexual. Isto para o autor homofóbico foi o fim kkk. Tem um momento que o Tyrion diz: “A cara dele era como a página de um livro escrita em um idioma que eu não entendia.” Será que eles estavam falando mal dos livros de Orson? Tem outras comparações ou maluquices minhas que comparam o que foi dito em cada frase e que poderia indicar uma pista para relacionar o primo Orson ao autor Orson Scott Card, eu vou parar aqui porque este comentário já está enorme de grande kkk.
    Eu não posso afirmar que essa teoria é verdadeira, mas que casou direitinho e de forma muito inteligente isto não dá para negar. E isto pode confirmar que tal como Martin os produtores de GOT também não deixam pontas soltas, há um motivo lá, pode não ser explicito, mas no mínimo subliminar. Eu imagino a cara do Orson Scott Card, nessa hora kkk.

  11. Drunk discordo de vc quanto ao romance de Missandei e Verme Cinzento, não é nada bonito, é cruel!
    Podem falar que sem pilar e sem pedras pode rolar um romance mas é hipocrisia, sem sexo não há relacionamento que perdure, ainda mais quando se é jovem.
    Já tem tantas situações na história para nos deixar tristes e angustiados, que colocar esse romance impossível só faz aumentar nossa dor.
    Também discordo quando a atuação da Emilia…. meu desgosto pela Dany dela já está nas alturas e por mim podiam até trocar a atriz…
    O diálogo entre os irmãos regicidas achei chatíssimo, independente de ter ou não significado, pra mim poderiam ter colocado no lugar a cena onde a Cersei e Tywin descobrem que Oberyn ia lutar por Tyrion. Teria sido mara ver aqueles fdps putos por causa disso!
    De resto adorei a análise!
    Vamos ver hoje se o Kit embala de vez esse Jon que tanto amamos no livro!
    Bjos!

  12. Nunca nos recuperaremos da morte de Oberyn, ele era um personagem tão rico e misterioso, só poderemos conhecê-lo melhor através de suas filhas, acredito que cada uma represente uma faceta da personalidade (e habilidades) do pai. Concordo que mesmo sabendo do fim torci para que fosse diferente, gritei para que ele saísse de perto da mão do Montanha (foi quase clichê) e esperei que não fosse tão traumático quanto no livro. Erramos
    Acho ainda muito válida sua teoria sobre a paternidade de Tyrion, quando ele fala que mesmo lendo sobre os dragões continuava a ouvir Orson e não as asas eu entendo que se deva ao fato de que ele nunca conseguiu entender, descobrir a justificativa em matar, destruir que o primo tinha, não havia um objetivo em mente ou um ganho provável além da destruição dos besouros por si só. Será que podemos traçar um paralelo com o Montanha? Que independente do fim só deseja matar? Ou de Cersei que sem um motivo, além da morte prematura da mãe durante o parto, sempre desejou a morte de Tyrion? (ou to muito louca viajando muito?) Tyrion é uma pessoa resolutiva, eu o vejo atormentado pelas dúvidas que não pode resolver.
    Eu confesso que não gostava da Sansa, achava o mal que ela sofreu merecido (e suficiente, chega!) pelas burrices e futilidades cometidas no começo da história, mas a mudança de comportamento tem me agradado muito. E eu acredito sim, que ela dará a volta no Mindinho, mas isso bem no finzinho, da história, no próximo livro ela “apenas” jogará.
    Li em Dom Casmurro uma frase que nunca esqueci: “Não tenhas ciúmes de tua mulher para que ela não se meta a enganar-te com a malícia que aprender de ti.” Adaptando-se a parte do ciúme, eu acredito que se encaixa bem. Mindinho ensinará tão bem Sansa que ela será capaz de enganá-lo? Eu torço para que sim. (Achei engraçadinho você falar que sentiu vontade de ler “Ventos de Inverno”por conta disso, eu tenho essa vontade todos os dias, pelos mais diversos motivos. rs)

  13. Qualquer semelhança entre o príncipe Oberyn Nymeros Martell e o lutador de artes marciais mistas Anderson Silva é mera coincidência!

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s