IMG_5254

Um Banquete de Gelo e Fogo

Um Banquete de Gelo e Fogo

No Dia do Meu Nome ganhei de presente o livro A Feast of Ice and Fire, The Official Companion Cook Book.

enhanced-buzz-17939-1361567900-7

 Não preciso dizer que foi um dos melhores presentes que ganhei!

Para quem não conhece, esse é um livro que reúne as receitas citadas nos livros das Crônicas de Gelo e Fogo. Dentre essas receitas temos a famosa Torta de Pombo, a Torta de Sangue Dothraki, o café da manhã da Muralha, vinho condimentado, gafanhotos caramelados, a torta de limão que Sansa tanto gosta e vários outras.

Publicado pela Bantam Book, a mesma editora responsável pelo lançamento lá fora, o livro tem 240 paginas, capa dura, escrito em inglês, e traz quase 100 receitas.

20140416_172247

 O livro é prefaciado pelo próprio Martin, que assume não saber cozinhar, mas ama comidas bem elaboradas.

O livro é dividido por capítulos, que trazem as comidas da Muralha, do Norte, do Sul, de Porto Real, Dorne e do outro lado do Mar Estreito.

Uma ótima sacada deste livro foi trazer em cada receita a passagem de GOT que menciona cada um dos pratos saboreados pelos personagens, da mesma forma que eu trago passagens do GOT para comprovar as teorias por mim desenvolvidas.

Você pode encontrá-lo na Livraria Cultura a VERSÃO DIGITAL… esgotou a versão impressa.. mas logo, logo ela volta!

A-Feast-of-Ice-Fire-Official-Game-of-Thrones-Cookbook
Clique aqui para comprar a versão digital

Realmente um item para todos os fãs das Crônicas e fãs de boa comida.

Em resumo, este verossímil compilado tem excelente qualidade, trazendo a todos os fãs a possibilidade de sentir o “gosto” de todos os cantos dos Sete Reinos.

FeastofIceandFire

O livro é ótimo. Mas e as receitas?

Para sabermos se as receitas são boas teremos que provar cada uma delas. E eu, particularmente, tenho sorte de ter um exímio cozinheiro como irmão. Será dele a difícil tarefa de inaugurar e manter atualizada a sessão no blog chamada Banquete de Gelo e Fogo.

O que esperar da sessão Um Banquete de Gelo e Fogo?

Nosso objetivo é reproduzir da forma mais fiel possível TODOS os pratos constantes no livro de receitas e também aquelas que não estão no Feast of ice and Fire, mas são citadas por Martin em um dos cinco livros da saga.

Feast of ICe and Fire Drunkwookie Cookwookie
a cada quinzena receitas novas

Estrutaremos o post descrevendo a receita, a dificuldade em preparar e/ou encontrar os ingredientes (numa escala de 0 a 5) e falaremos sobre os momentos em que se deve prestar mais atenção para que a receita não saia errada.

Toda e qualquer alteração na receita iremos apontar e explicar o porque de tal alteração.

Espero que gostem, pois traremos os pratos experimentados pelas crianças Stark, pelos Irmãos da Patrulha da Noite, pelos habitantes de Dorne, pelos cidadãos de Porto Real, desde o Caldo Marrom da Baixada das Pulgas até as sobremesas deliciosas constantes na mesa da realeza.

Da Muralha à Winterfell, e depois um pulo à Porto Real.

Meu nome é Rodrigo Fonseca, denominado no blog de CookWookie, e serei o responsável pelo Banquete de Gelo e Fogo no Drunkwookie.com.br

Devo confessar que não consegui esperar muito e, mesmo antes do post de apresentação do livro ficar pronto, já estava analisando cuidadosamente os temperos utilizados, os métodos de preparo, a apresentação dos pratos e, certamente, fazendo algumas receitas e provando o resultado.

Hoje traremos 03 receitas…

Os pratos 

Escolhemos a dedo, para a estreia do Banquete de Gelo e Fogo, três receitas:

– o Café da Manhã de Winterfell (Breakfast of Winterfell) (página 52);

– o bolo de maçã (Applecake) servido na Muralha (página 18);

– o leite gelado adoçado com mel (Iced Milk and Honey), servido a Ned Stark em Porto Real (página 169).

As receitas que escolhi são, basicamente, de fácil de elaboração, com ingredientes comuns, de apresentação exemplar e de sabor marcante.

 Café da Manhã de Winterfell (BREAKFAST OF WINTERFELL)

Feast of ICe and Fire Drunkwookie Cookwookie

Receita

– Se quiser governar o Norte, Robb, precisa analisar estas coisas até o fim. Responda à sua pergunta. Por que haveria alguém de querer matar uma criança adormecida?

Antes que Robb pudesse responder, as criadas regressaram com uma bandeja de comida fresca acabada de vir da cozinha. Havia muito mais do que ela pedira: pão quente, manteiga, mel e conservas de amoras silvestres, uma fatia de bacon e um ovo cozido, uma porção de queijoum bule de chá de menta. E com os alimentos chegou Meistre Luwin. A Guerra dos Tronos, capítulo 14, Catelyn III.

Serve: 02 (café da manhã grande); Preparo: 5 minutos

– 02 ovos;

– 06 tiras de bacon;

– 04 pequenas fatias de pão caseiro;

– Manteiga, mel de laranjeira e geleia de amora;

– 01 fatia de queijo branco curado;

Modo de Preparo

Cozinhe o bacon de acordo com sua preferência. Torre o pão com manteiga e adicione o mel e a geleia de amora.

Quando o bacon estiver pronto, cubra-o com um prato, para mante-lo aquecido. Foque nos ovos.

Para cozer os ovos, coloque-os na água e ponha em fogo brando. Cozinhe eles por 04 minutos. Esse é o tempo correto para conseguir obter o ponto correto dos ovos.

Usando uma colher, tire os ovos da água quente.

Para comer o ovo com a gema mole, use uma faca para cortar a parte de cima do ovo, e abri-lo.

Use o pão para acomodar o ovo na travessa que for usar para servir, como na foto.

Dificuldade no preparo:

nota 2,5

Considerações 

Esse prato é bem simples, e o mais importante é sua apresentação e organização.

Devemos nos atentar para o cozimento do ovo, para que não passe do ponto e perca sua cremosidade.

IMG_5172

Para que a gema fique cremosa e com um sabor ímpar, devemos cozer o ovo por cerca de 4 a 5 minutos, em água previamente fervente com a adição de uma colher de vinagre.

IMG_5206Assim, a clara ficará cremosa, com a mesma textura e consistência que se vê na foto. Acredite, esse ovo temperado com sal e manjericão fresco tem um gosto indescritível.

Como sabemos, queijo nunca é demais! Para esse prato utilizamos o queijo tipo canastra, lembra a textura do queijo meia-cura (pelo qual poderá ser substituída nessa receita), mas traz um gosto mais forte e é bem mais salgado.

IMG_5185

O queijo que utilizamos foi desembalado e escorrido o soro pouco antes da apresentação do prato, para que o gosto ficasse suave e o queijo bem macio. Caso você prefira o queijo mais consistente, com aquela capa amarelada (e consequentemente mais salgado) deixe-o fora do soro e fora da geladeira por um dia. Assim você terá um queijo mais tenro e com um sabor mais acentuado.

IMG_5223

O mel que utilizamos é flor de laranjeira. O sabor é leve em relação aos demais. Temos a grande oportunidade de comprarmos o mel diretamente de um apicultor, que nos fornece, em primeira mão, um mel puro e natural, o qual, na maioria das vezes está ainda em favos. Contudo, não há nenhum problema em utilizarmos o mel comum – de eucalipto, ou mel de flores, na receita.

IMG_5213

O bacon em uma fatia de pão caseiro com compota de amora fica muito bom. Até mesmo meu irmão, o Drunkwookie, que não é fã de doce com salgado, aprovou.

IMG_5247

O prato foi devorado em menos de 10 minutos e tivemos que fazer mais bacon e ovos.

IMG_5248

Por isso, cuidado na quantidade… façam como eu! Sempre use ingredientes suficientes para duas receitas!

IMG_5232

Após um café da manhã reforçado de Winterfell, vamos para uma sobremesa, feita na Muralha.

Bolo de Maçã (APPLECAKES)

 Receita

Jon comia bolo de maçã e morcela de café da manhã quando Samwell Tarly se deixou cair no banco.

– Fui chamado ao septo – Sam disse num sussurro excitado. – Vão tirar-me do treino. Vou ser feito irmão com você. Acredita? A Guerra dos Tronos, capítulo 48, Jon VI

 Receita

Para o bolo

– 1/2 xícara de manteiga sem sal;

– 01 xícara de açucar;

– 02 ovos;

– 01 colher de chá de baunilha;

– 02 xícaras de farinha tipo 01;

– 01 colher de chá de fermento;

– 1/2 colher de chá de sal;

– 01 xícara de iogurte natural;

– 02 ou 03 maçãs, descascadas, e cortadas em cubos.

Para a calda

3/4 de xícara de açucar mascavo;

– 01 colher de chá de canela

– 02 colheres de sopa de manteiga;

– 1/2 xícara macadâmia ou nozes ou amêndoa, cortada.

– Mel (opcional)

Modo de Preparo

Preaqueça o forno à 175 ºC. Unte uma forma grande (ou várias formas menores, caso queira vários bolinhos).

Em uma vasilha grande bata a manteiga e o açúcar até que ela fique leve e fofa. Bata os ovos e a baunilha. Em uma vasilha separada misture a farinha, o fermento e o sal. Gradativamente adicione a mistura seca à mistura molhada, alternando com o iogurte natural. Não esqueça de mexer bem a mistura á cada adição.

Coloque as maçãs cortadas na mistura.

Após, preencha 2/3 da forma (ou das forminhas) deixando um espaço para colocar a calda.

Para a calda, combine o açúcar mascavo e a canela (e o mel que é opcional). Coloque manteiga e adicione as macadâmias (ou amêndoas ou nozes). Espalhe a cobertura por toda a forma (ou formas) e pressione gentilmente a mistura.

Coloque para assar por aproximadamente 30 minutos. Para saber se o bolo está bom fure-o e se a faca estiver limpa é sinal que está pronto!

Dificuldade no preparo:

nota 3,5

Considerações

Nessa receita, resolvemos alterar e inserir alguns ingredientes, como por exemplo, a macadâmia, que substituímos pelas nozes. Felizmente, temos no quintal (da casa do meu avô) dois pés desse fruto.

IMG_5404

O segredo para que a massa fique bem macia e asse de maneira uniforme é adicionar a mistura seca à mistura molhada aos poucos, e sempre misturando tudo, intercalando com o creme azedo (que nesse caso, usamos iogurte natural).

IMG_5483

 No livro mencionam a farinha All-purpose, essa farinha equivale a farinha tipo 1 vendida no mercado.

Na cobertura tomamos a liberdade de adicionar mel, sim, ele será bastante utilizado por nós, e isso rendeu ao bolo uma casca incomum, com sabor peculiar, sem que o bolo ficasse enjoativo.

IMG_5514

Essa casca deu ao bolo um sabor especial, trouxe o complemento que muitas vezes faltam nos bolos comuns.

Coma-o ainda quente… é saboroso demais!

E finalmente, chegamos a uma receita super simples e muito gostosa. Nos dias de extremo calor é bem refrescante, combinando perfeitamente com o bolo.

Leite gelado adoçado com mel (Iced milk and honey)

– Mas, por favor, sente-se.

– Aceita um refresco? Talvez algumas tâmaras? Tenho também uns caquis muito bons. Temo que o vinho não seja bom para minha digestão, mas posso lhe oferecer uma taça de leite gelado adoçado com mel, na minha opinião, muito refrescante neste calor, O calor era inegável. Ned sentia a túnica de seda aderir ao seu peito. A Guerra dos Tronos – capítulo 25, Eddard V

Receita

– 01 xícara de leite integral ou semi-desnatado;

– 02 colheres de mel

– uma pitada de açafrão e/ou de canela;

modo de Preparo:

Esquente o leite, mas não o deixe ferver. Quando bolhas estiverem aparecendo na superfície adicione o mel. Tire-o do fogo para esfriar. Coloque a canela e a pitada de açafrão e mexa.

Sirva-o gelado, ou com cubos de gelo.

Dificuldade no preparo:

nota meio

É até covardia falarmos da dificuldade dessa receita. Simplesmente juntamos leite gelado, com mel de flor de laranjeira e canela a gosto. o açafrão ficou faltando, pois não o levamos para a viagem.

Lembramos que o açafrão é um artigo culinário bem caro, e talvez o custo-benefício não justifique o uso. Mesmo assim, experimentaremos a receita com a adição de açafrão para darmos uma opinião melhor.

IMG_5389

O leite é um acompanhamento perfeito para comer com o bolo de maçã.

O primeiro banquete… de vários!

IMG_5266
Da esquerda para a direita: Drunkwookie, CookWokie e Gisell hahahahahahaha

Essa foi a estreia da sessão nova do blog! E aí o que acharam?

Tentamos passar a vocês nossas impressões sobre as receitas e a melhor forma de fazê-las. Algumas mudanças feita por mim são citadas como opcional.

Espero que vocês também tentem fazer essas receitas em casa e depois comentem no blog suas dificuldades, dicas, adaptações, tentativas e erros.

Até o próximo banquete…

Este slideshow necessita de JavaScript.

10 comentários sobre “Um Banquete de Gelo e Fogo

  1. Gente, divino! Tudo mesmo, e deu a maior água na boca! Adorei a nova coluna no blog e nem imaginava que fazer aquilo tudo era possível (mais um ponto para o Martin e o cuidado com toda a série que ele está tendo até agora).
    Enfim, muito bom e vou tentar fazer esses pratos também!
    Parabéns!

  2. Parabéns pela execução das receitas!! Ficaram ótimas. Quando vão fazer outras? Espero o café da manhã da Muralha, sempre que lia nos livros, me dava água na boca hahah algumas refeições do Stannis também!

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s