vlcsnap-2014-04-29-01h40m56s237

S04E04 – Oathkeeper

Chegamos ao 4º episódio!

Se o terceiro episódio foi considerado polêmico, eu nem sei como classificar Oathkeeper.

A HBO assume uma posição firme em fazer uma série para o público televisivo (pois essa é a finalidade dela), mas ao mesmo tempo busca honra os leitores com diversos momentos épicos iguais no livro, ou até mesmo citações e referências sobre o universo de Martin.

Todavia…e dessa vez? ela errou a mão?

Vamos lá…

IMG_5603

O que eu esperava de S04E04 – Oathkeeper?

Episódio 04 – Oathkeeper

Direção: Michelle MacLaren

Roteiro: Bryan Cogman:

Bran, Meera, Jojen e Hodor encontram um abrigo?

Será que haverá alguma aceleração na narrativa, e poderemos ver Brynden, ainda nessa temporada?

Talvez veremos Bran aprendendo um pouco mais sobre seus sonhos de lobo.

Cumpridora de Promessas é o nome do episódio. Acredito que nesse episódio nos despediremos do núcleo Jaime/Brienne, ao menos, até o final da temporada. Foram ótimas atuações, e uma química sem igual até o momento.

A partir daqui iniciará a busca solitária de Brienne por Arya e Sansa. Enquanto Jaime, Senhor Comandante da Guarda Real, tomará para si suas obrigações e treinará com sua mão esquerda.

No trailer é possível ver Jaime e Bronn treinando. A mudança será interessante… São dois ótimos atores, e garanto que teremos bons momentos de interpretação.

Tenho quase certeza que esse plot será bem produzido. Acho que ficará melhor do que no livro.

Espero que seja trazido para essa temporada, momentos de “O Festim dos Corvos”. Seria interessante tanto para a trama quanto para o ritmo da próxima temporada.

O que o episódio nos trouxe?

DRUNKWOOKIE SPOILERS

logo
Clique na imagem e leia o post ao som de Game of Thrones versão Heavy Metal do Ignition Overdrive.

O episódio inicia-se com o núcleo de Daenerys. Toro Cornudo (é assim que soa para mim o nome Verme Cinzento em Valiriano), aprendendo a falar a língua comum com Missandei.

Eu achei legal o sentimento florescendo entre duas pessoas, que já foram escravas e agora tem uma condição de vida muito melhor.

IMG_5550Foi bonito. A série precisa desenvolver seus personagens de maneira a não deixa-los inertes na tela. Eu havia pensado isso… Missandei parecia uma peça sobressalente em meio a toda obra composta… E nesse episódio, sou surpreendido com um aprofundamento em seu papel.

A invasão de Meereen foi bem desenvolvida.

Os escravos se rebelando com a ajuda dos Imaculados, foi muito bem construída. Meereeen participou efetivamente da própria libertação.

IMG_5555Daenerys provou que pode derrubar muralhas, quebrar correntes, sem utilizar-se de seus dragões.

Corte no orçamento? Pode ser. Mas, foi feito de uma maneira satisfatória. Não serão apenas os dragões que ajudarão ela a conquistar Westeros.

Fazendo uma referência a frase de Sor Davos no episódio anterior… Uma guerra é vencida com soldados… Soldados no chão.

Se nesse episódio não fomos agraciados com os efeitos especiais usados na criação dos poderosos dragões, vimos à cidade de Meereen em toda sua glória. A bandeira Targaryen, encobrindo a Harpia de Meereen! O ponto alto do episódio.

IMG_5565

Imaginem quando ela chegar à Westeros. Com seus navios, seus dragões, seus exércitos, e o estandarte Targaryen flamulando no ar. Será perfeito!

Gostei do posicionamento de Sor Barristan Selmy, sempre ao lado de Daenerys. O Mão da Rainha, sempre acompanhando-a, onde quer que vá.

IMG_5552

A decisão de Daenerys em tratar injustiça com justiça é, na minha opinião, uma atitude digna de Rainha. Esse núcleo que estava me irritando, me conquistou com a tomada de Meereen.

IMG_5557Daenerys finalmente reinará. Reinará em Meereen antes de chegar à Westeros.

Depois da conquista da cidade, vamos para Porto Real, e novamente vemos Jaime e Bronn treinando.

IMG_5572

É visível o progresso de Jaime, conseguindo manter o duelo por muito mais tempo, mas ainda não é páreo para a malícia de Bronn.

A menção ao julgamento de Tyrion em Ninho da Águia, traz uma profundidade ainda maior para Bronn.

IMG_5575

As cenas dos dois, desde o início dessa temporada, estão cada vez melhores. Jaime sentado, jogado nas celas (habitou-se por passar mais de um ano nessa condição), conversando com Tyrion na mesma altura, deu um sentimento fraternal ainda maior para a cena.

Tyrion exigindo o impossível. Jaime sem saber o que fazer, mas com uma enorme vontade em ajudar o irmão.

IMG_5577

Chamo a atenção para o figurino dos personagens. Exceto Daenerys que não troca de roupa desde a terceira temporada, podemos perceber o cuidado da HBO em cuidar sempre do figurino dos personagens. Se não houvesse essa sensibilidade, veríamos Jaime com armadura completa as 4 temporadas.

Esses detalhes trazem vida à série.

Acredito que não só eu, mas a maioria dos fãs, vibraram quando Tyrion diz:

Sansa não é assassina. Ainda não.

E na próxima cena, temos quem? Sansa. uma Sansa questionadora.

O desenvolvimento da cena é perfeito. Sansa perguntando e chegando às conclusões sozinha, com ajuda de apenas algumas frases de Mindinho para estimular o raciocínio dela.

IMG_5579

Se preparem… daqui para frente, todos aqueles que taxavam Sansa de Sonsa, perceberão que ela mudará. Uma nova Sansa Stark, aparecerá.

A cena de Sansa e Petyr foi bem parecida com a de Tywin com Tommen.

O veneno no colar é citado. Mindinho confirma ser responsável pela morte de Joffrey, e fez isso por que era interessante tanto para ele, quanto para seus amigos.

Mindinho sendo sensacional ao responder o que ele quer…

TUDO!

Logo, temos uma cena com os amigos citados por Mindinho. Os Tyrell.

IMG_5584Como no episódio passado, agora Olenna conversa com Margaery (no mesmo lugar de sempre) e confessa ter participado da morte de Joffrey.

O ritmo do episódio está impecável. Não tenho nenhuma reclamação a fazer.

Rápido, envolvente e mantendo tempo de cena suficiente para o desenvolvimento da trama.

Se no ultimo episódio tivemos uma pequena aparição de mindinho, uma pequena aparição de Jon, e isso foi motivo para eu criticar o Breaker of Chains, nesse episódio, devo elogiar o tempo de cena de cada núcleo.

Nessa cena vemos que Margaery não sabia sobre a morte de Joffrey… mas também não há tempo para lamentações.

IMG_5589

Ainda que eu considere Natalie Dormer a mulher mais linda da série e, tenha uma certa tendência a elogiá-la, devo dizer que ela e Cersei protagonizarão, talvez, os melhores momentos das cenas passadas em Porto Real daqui para frente.

Após, vamos para a Muralha.

E é aqui que mudanças significativas iniciam-se. Drásticas mudanças.

IMG_5590

Vargo/Locke na Muralha!

Quando Bolton solicitou que o ele fosse à Muralha procurar informações sobre Bran, eu pensei que haveria mudanças… Mas não imaginei que ele chegaria na Muralha. Talvez alguma coisa acontecesse antes.

Enfim… Vargo/Locke está lá se passando por um trapaceiro qualquer que escolheu a Muralha ao invés de perder a mão.

 A preocupação em mostrar Jon treinando os recrutas para enfrentar os Selvagens foi uma interessante. O grande clímax da temporada será a batalha na Muralha e a HBO começa a colocar os espectadores no clima.

Podemos entender que a preocupação da HBO não é dar enfase ao que os livros dão enfase, e sim, fazer uma série também para o espectador leigo.

Após essa cena, vemos Cersei e Jaime conversando. O clima entre os dois não está tão horrível quanto deveria estar, após o famigerado estupro.

IMG_5592Percebam que ela bebe cada vez mais, em cada cena que aparece. Veremos uma Cersei alcoolatra e desconfiada de tudo e todos.

Ela chega a questionar a lealdade de jaime, e questionar porque Catelyn Stark o libertou…

IMG_5593O ânimo entre os dois, se torna cada vez pior. Jaime e Cersei passarão a se distanciar cada vez mais, e veremos os irmãos gêmeos passarem a se odiar. talvez na série esse sentimento será mais evidenciado do que nos livros.

IMG_5597

Agora vemos Tommen, e podemos entender porque mudaram o ator. O antigo ator era muito novo para participar das cenas que virão no decorrer da temporada. (ao menos é isso que a série dá a entender).

É engraçado ver a cara de desespero dele, quando Margaery se aproxima de sua boca. Acho que até o ator fica atônito quando Natalie Dormer se aproxima tanto dele, ou ele atua muito bem.

o leãozinho se dobrará à flor da Campina.

IMG_5600

Os segredos de Tommen e Margaery irão alimentar o ódio de Cersei… e repito… o embate entre as duas será sensacional.

Boros estava cuidando da porta do quarto de Tommen…e Margaery conseguiu entrar… Como? Talvez isso seja abordado na próxima temporada.

E logo chega a despedida de Brienne e Jaime, um dos núcleos que mais gostei na terceira temporada, se despedem um do outro.

IMG_5602

Os detalhes no aço valiriano são fenomenais. Eu não me canso de dizer.

E na resenha anterior, eu havia dito que Pod iria com Brienne, e  quem tornaria isso possível, seria Jaime. Acertei em cheio!

Tanto é verdade, que quando Jaime disse, tenho outro presente, imaginei que ele apresentaria Pod.

Não que ele estivesse ali, embaixo daquele pano… mas imaginei que ele seria o segundo presente. Mas foi o terceiro.

Teremos um núcleo que dará conta de entreter. Brienne e Pod tem tudo para dar certo.

vlcsnap-2014-04-28-23h04m19s201

A despedida é difícil. Brienne olha para trás… uma…duas… vezes. Eles voltarão a se encontrar, é fato… Mas sentirei saudades da química que os dois tinham. Os melhores momentos da terceira temporada foram dos dois juntos.

Novamente cena na Muralha. Jon e Sam na biblioteca de Castelo Negro discutindo sobre a decisão de Jon em deixar Gilly em Vila Toupeira.

No episódio anterior eu havia achado uma decisão burra de Sam. Continuo achando isso, mas agora que fizeram questão de deixar claro que foi Jon… parei, pensei, e comecei a conjecturar várias teorias e talvez, enviar Gilly e o filho até lá trará algum desdobramento, tendo em vista o destino que é reservado aos filhos de Craster (destino esse que falarei mais a frente).

IMG_5615

 Pode ser que o filho de Gilly seja importante para a história. Mais importante do que pensamos.

 Não tenho muita base para afirmar, mas quem sabe ele não seja a criança que é citada no título do ultimo episódio da temporada?

E quem sabe não seria essa, a criança que Melisandre tentaria sacrificar, ao invés do filho de Mance? Eu apostaria nisso.

IMG_5614

Outro fato interessante nessa cena é que Jon acredita que seu irmão possa estar próximo a Fortaleza de Craster.

Até esse momento, eu achei que seria apenas uma opinião, uma suposição e que na verdade Bran, Verão Hodor, Meera e Jojen estariam muito mais longe.

Mas não foi o que aconteceu. Por isso eu digo… esse foi um episódio cheio de surpresas. E muitas mudanças.

IMG_5616

Bom… Jon é liberado por Sor Alliser para matar os traidores, que acabaram com o Comandante Mormont. Poucos irmãos se voluntariam para seguir Snow. Vargo é um deles.

Sei que muitos reclamarão… e eu entendo que uma mudança nesse nível traz, no mínimo, estranheza.

Mas vamos tentar entender as ações da HBO. O ator que interpreta o Bode é um ator conhecido.

Logo, a HBO deve ter optado por “estender sua vida”. Vejam Charles Dance, o ator que interpreta Twyin Lannister. O cara é sensacional. Terem colocado em Harrenhall e contracenado com Maisie Willians (a Arya) foi um ganho para a série.

E devemos lembrar que o personagem na série se chama Locke, e não é essencialmente Vargo Hoat.

O próprio Martin pediu para que, se fosse alterar a essência de Vargo, que o nome do personagem fosse outro. Logo, não estamos falando do Bode que tem a lingua presa. E sim de outro personagem.

Sendo assim, esperar que Locke morra como Vargo é esperar muito.

Mas são exatamente esses “personagens condensados” que trazem milhares de possibilidades.

O Casamento Vermelho ficou ainda melhor com Talyssa sendo esfaqueada na barriga. 

A morte de Locke/Vargo, deferindo dos livros, seria um ganho. Vargo morreu de uma forma horrenda. O Montanha o torturou. Por isso, não sei se “outro Theon” seria produtivo na série.

vlcsnap-2014-04-29-00h43m17s160

Mas para aqueles que gostam de Vargo, vou deixar aqui o modo como ele morreu nos livros.

Ouvimos dizer que a Montanha o matou um bocadinho de cada vez. Um dia uma mão, um pé no seguinte, cortados com toda a limpeza. Ligavam os cotos para que o Hoat não morresse. Estava a guardar a pica para o fim, mas uma ave qualquer chamou-o a Porto Real, de modo que acabou com ele e foi-se embora. O Festim dos Corvos

Sobre a introduçaõ de Locke na Muralha, eu vejo como justificável.

Após, vamos para a Fortaleza de Craster. As filhas dele estão sendo torturadas, estupradas e espancadas.

Quando foi dito para Rast alimentar a besta, na hora eu pensei em Fantasma. Não por saber realmente… mas lembrei dele e também que ele não havia voltado para Jon.

E realmente… Fantasma estava preso.

IMG_5622

Bran, Verão, Meera, Hodor e Jojen estão próximos a Fortaleza de Craster…

A cena em que Bran desliza para a pele de Verão é demais. Meu sonho é um spinoff de Troca-Peles…

Percebam que os olhos de Bran fica branco e o de Verão também. Nunca havia percebido isso antes. mais um detalhe perfeito, pensado pela HBO.

IMG_5626

Bran já controla sua habilidade de forma segura.

E é após Bran na pele de Verão, sair para investigar que temos mudanças ainda mais drásticas. Bran e seus amigos são presos, e a identidade do herdeiro de Winterfell é revelada.

Talvez aqui seja um dos pontos principais que causaram revolta, nos fãs mais ardorosos. IMG_5629

Bran ter sido capturado.

Eu confesso que gostei. Gostei mesmo.

Bran vagaria uma temporada inteira pela neve, em busca do Corvo-de-Três-Olhos. E seria extremamente enfadonho. Uma mudança drástica para dar mais visibilidade a esse núcleo que vem se arrastando desde a temporada psssada.

IMG_5633

Ter visto Verão cair em uma armadilha e depois ver Bran capturado me surpreendeu de uma forma que a série nunca havia conseguido me surpreender.

Talvez eu tenha levado um susto maior do que as pessoas desavisadas tomaram com o Casamento Vermelho.

Finalmente a série me surpreendeu!!! Pulei da cadeira!

E o desenvolvimento do núcleo, provavelmente será o mesmo. Bran ainda irá até o Corvo-de-Três-Olhos, mas com o aval de Jon.

Parece em um primeiro olhar que a série errou feio. Mas lembram que Jon viu Bran em um sonho? E Bran acalmou o irmão dizendo que estava tudo bem?

Não lembram? bom…aí está:

Enquanto o som morria, aguçou as orelhas, à escuta de uma resposta, mas o único ruído foi o suspiro da neve soprada pelo vento.

Jon?

O chamado veio de suas costas, mais baixo do que um sussurro, mas forte. Pode um grito ser silencioso? Virou a cabeça, em busca do irmão, de um vislumbre de uma silhueta esguia e cinzenta em movimento sob as árvores, mas nada havia, só…

Um represeiro.

Parecia ter brotado da rocha sólida, com as raízes brancas contorcendo-se de uma miríade de fissuras e rachaduras finas como fios de cabelo. A árvore era fina comparada com outros represeiros que tinha visto antes, pouco mais do que um broto, mas crescia diante de seus olhos, com os galhos engrossando à medida que se estendiam para o céu. Com prudência, deu a volta no tronco branco e liso até encontrar o rosto. Olhos vermelhos olhavam-no. Eram olhos ferozes, mas satisfeitos por vê-lo.

O represeiro tinha o semblante do irmão. Teria o irmão sempre tido três olhos?

Nem sempre, disse o grito silencioso. Antes do corvo não tinha.

Farejou a casca da árvore, tinha cheiro de lobo, árvore e garoto, mas por trás desses odores havia outros, o cheiro rico e marrom da terra tépida, e o duro e cinza da pedra, e algo mais, algo terrível. Morte, compreendeu. Estava cheirando a morte. Retraiu-se, com o pelo eriçado, e mostrou os dentes.

Não tenha medo, eu gosto do escuro. Ninguém o vê, mas você vê todo mundo. Mas primeiro tem de abrir os olhos. Vê? Assim. E a árvore estendeu um galho e tocou nele. A Fúria dos Reis – capítulo 53, Jon VII.

Não tivemos isso na série, então talvez seja aqui que Bran tranquilizará Jon, ou quem sabe lhe ensinar algo sobre o dom de trocar de pele.

IMG_5623

O cenário está montado. Fantasma está ali. Talvez o descuido de Jon com seu lobo, seja motivo suficiente para Bran alerta-lo que o lobo deve sempre ficar próximo equem sabe, o garoto ensina o irmão a trocar de pele.

E isso, consequentemente, seja motivo suficiente para convencer Jon de que ele precisa encontrar o Corvo-de-Três-Olhos.

Eu tenho quase certeza de que será Bran que ajudará Jon a descobrir seu dom.

Se pararmos para pensar, a mudança na série foi drástica, mas há um porquê.

O encontro em sonhos que os dois irmãos tiveram em A Fúria dos Reis, será transformado em um encontro presencial nesta quarta temporada.

Após, passamos para a cena final.

vlcsnap-2014-04-29-00h51m34s62E finalmente vemos um Caminhante Branco levando o filho de Craster para um lugar longe. Ao fundo vemos a aurora boreal.

Logo um círculo com estacas de gelo. Talvez um lugar de oferendas. 

vlcsnap-2014-04-29-00h57m10s108

Um Caminhante Branco diferente, se aproxima, deixando seus doze amigos lá atrás… Ele segura a criança no colo, toca e a transforma.

Fim.

Foi assim que o episódio terminou, e foi assim que as mídias sociais fervilharam.

Muitos dizendo ser um spoiler, pois ninguém sabia o que acontecia com as crianças.

DRUNKWOOKIE WHITE WALKERS 3

Eu não concordo.

É plenamente possível concluir isso.

Martin já havia deixado pistas de que as crianças se tornavam Caminhantes Brancos.

Leva a garota e depressa.
“Depressa”, disse o corvo.”Depressa depressa depressa”
– Para onde? – perguntou Sam, confuso. – Para onde devo levá-la?
– Para algum lugar quente – disseram as duas velhas em uníssono. Goiva estava
chorando.
– Eu e o bebê. Por favor. Serei sua mulher como fui de Craster. Por favor, sor corvo. Ele é um
menino, exatamente como Nella disse que seria. Se não o levar, eles levam.
– Eles? – disse Sam, e o corvo ergueu a cabeça negra e repetiu, num eco: “Eles. Eles. Eles.”
– Os irmãos do garoto – disse a velha da esquerda. – Os filhos de Craster, O frio branco está se erguendo lá fora, corvo. Sinto nos meus ossos. Estes pobres ossos velhos não mentem, Eles estarão aqui em breve, os filhos. A Tormenta de Espadas, Sam

Na época, ao ler esse capitulo, eu automaticamente pensei nisso. eles não procriam, e recebem o filho do Craster para aumentar a “família”. Tanto que, quando li, achava que outros selvagens também faziam isso. Por isso não considero Spoiler as informações contidas no episódio.

IMG_5642

A diferença é que na série abordaram de maneira diferente á dos livros, do mesmo modo que abordaram a castração de Theon. 

E como poderíamos saber mais sobre os Caminhantes Brancos se não há um nenhum POV de nenhum deles?

Através de Bran seria bem possível…e talvez seja assim que Martin nos apresente tudo. mas não funcionaria na série.

Outro motivo para as drásticas mudanças, e consequente aceleração na trama é que não pode-se esperar que apenas na 7ª temporada aborde a origem ou ao aprofunde um pouco mais na história dos Outros.

IMG_5637 DRUNKWOOKIE WHITE WALKERS

Se eu apenas assistisse a série, me sentiria enganado em mostrar no primeiro capítulo, na primeira cena criaturas brancas e sobrenaturais, e depois, ao passar 4 temporadas, nenhuma resposta ser dada.

E ao final de tudo, o mais interessante é podermos ter algumas informações para teorizar sobre Os ventos do Inverno.

Segundo informações da HBO, sabemos que aquele ali é o Rei da Noite. Perceberam os outros 12 lá atrás? Seriam outros irmãos Juramentados?

DRUNKWOOKIE WHITE WALKERS
… e com estranhas feitiçarias prendeu os Irmãos Juramentados aos seus desígnios.

A velha Ama é a única, que nesse momento pode nos dar informações sobre o Rei da Noite.

Quem quiser ler mais sobre suas histórias é só clicar aqui:

As histórias da Velha Ama Parte I, Parte II e Parte III.

As roupas parecem com a dos Irmãos da Muralha
As roupas parecem com a dos Irmãos da Muralha

A parte que nos interessa nesse momento é essa:

 As sombras que se reuniam lembraram a Bran outra das histórias da Velha Ama, a história do Rei da Noite. Tinha sido o décimo terceiro homem a liderar a Patrulha da Noite, dizia ela; um guerreiro que não conhecia o medo.

– E esse era o seu defeito – acrescentava —, pois todos os homens devem conhecer o medo. – Sua perdição havia sido uma mulher; uma mulher vislumbrada do topo da Muralha, com a pele branca como a lua e olhos que eram como estrelas azuis. Sem nada temer, ele perseguiu-a, pegou-a e amou-a, embora a pele dela fosse fria como gelo, e quando lhe entregou a sua semente, entregou também sua alma.

“Trouxe-a de volta para Fortenoite e proclamou-a rainha e a si o seu rei, e com estranhas feitiçarias prendeu os Irmãos Juramentados aos seus desígnios. Governaram durante treze anos, o Rei da Noite e sua rainha cadáver, até que por fim o Stark de Winterfell e Joramun dos selvagens se aliaram para libertar a Patrulha da servidão. Após a sua queda, quando se descobriu que o Rei da Noite tinha andado fazendo sacrifícios aos Outros, todos os registros que se referiam a ele foram destruídos e até seu nome foi proibido.

“Alguns dizem que era um Bolton – concluía sempre a Velha Ama. – Alguns falam de um Magnar de Skagos, outros dizem Umber, Flint ou Norrey. Alguns querem nos convencer de que era um Woodfoot, membro da família que governava a Ilha dos Ursos antes da chegada dos homens de ferro. Mas não era. Era um Stark, o irmão do homem que o derrubou. – Então dava sempre um beliscão no nariz de Bran, ele nunca esqueceria disso. – Era um Stark de Winterfell, e quem sabe? Talvez seu nome fosse Brandon. Talvez dormisse nesta mesma cama, neste mesmo quarto.” A Tormenta de Espadas, capitulo 56 – Bran IV

Essa é apenas a resenha do episódio. Mas se a discussão do assunto aqui nos comentários exigir, poderia fazer um post para tratarmos sobre o Rei da Noite, e o que podemos esperar da série, e dos livros.

Conclusão

IMG_5636Enfim… esse foi o melhor episódio da Temporada, e o melhor desde o Casamento Vermelho.

As alterações foram feitas de tal forma que conseguiram me surpreender. E vendo o todo, não acredito que seja uma mudança tão profunda, capaz de descaracterizar a série, e levá-la para tão longe dos livros.

São adaptações focadas, e se percebermos há um porque para tudo isso. Se eu tiver que reclamar de alguma adaptação da série seria da caracterização de Stannis, e falta de timming na cena de Cersei e Jaime.

IMG_5635

Mas essas mudanças, por maiores que pareçam, me deixaram tranquilo, pois tudo tem uma justificativa.

O encontro de Jon e Bran se deu nos livros, mas de uma forma diferente. Nos livros foi sutil. na série será direta.

Do mesmo modo que a castração de Theon foi sutil nos livros, e na série abordada de forma direta.

A alteração de Locke/Vargo, vem desde a concepção do personagem, então não há muito o que exigir de fidelidade.

Bom…eu falei muito..mas e vocês? o que acharam?

Mais do que das outras vezes, gostaria de ver o comentário de todos.

PROMOÇÃO DA TEMPORADA

No ano passado tivemos uma promoção para comemorar a 3ª temporada, e não podia ser diferente esse ano.

A Peculiartes, em parceria com o blog, sorteará um bibliocanto Stark/Targaryen na season finale dessa temporada.

A Peculiartes é conhecida por suas peças de decoração e seus porta-livros (os famosos Bibliocantos), e como o blog tem como foco principal a obra de G. R. R. Martin, sortearemos um item que todos os fãs de As Crônicas de Gelo e Fogo certamente gostarão.

Item sorteado: 01 Bibliocanto Stark x Targaryen

Cliquem na imagem e sejam redirecionados ao post com as regras do sorteio que acontcerá dia 15 de Junho de 2014!

CLIQUEM NA IMAGEM E VEJAM O POST DA PROMOÇÃO

 

A Livraria Cultura traz uma promoção das três temporadas em um box unico.

Clique Aqui
Clique Aqui

 

46 comentários sobre “S04E04 – Oathkeeper

  1. Drunk, td bem? Como vc acha que os outros surgiram? Ou eles sempre existiram? Alguma vezes eu cheguei até a pensar que eles haviam surgido, ao menos como uma ameaça (e não só mais uma raça existente) com a união do rei da noite com a mulher gelada, mas é citado que o rei da noite já fazia sacrifícios aos outros, logo, os outros, digamos maléficos (se aceitavam/necessitavam sacrifícios), já existiam antes do rei da noite. Outra coisa vc acha que o Stannis terá qual papel nesta guerra maior que será travada? Ou vc acha que ele foi só um gancho para a Melissandre conhecer o Jon Snow?

    Outra coisa que eu li em algum lugar e queria ver se você acha que faz sentido… O Rhollor e o Deus afogado serem o mesmo Deus (até fazendo um link com o Deus-de-muitas-faces) já que ambos tem a questão da ressuscitação de formas diferentes…

    Por último tava pensando aqui: será que a crianca, citada como o nome do último episódio não poderia ser “o filho do rei da noite”, talvez o cold hands? Se ele reinou por 13 anos faz todo sentido ele ter tido um filho, não? Será que o Bran ainda não vai encontrá-lo, talvez no último episódio (ao invés de na Muralha, como foi no livro) e vai ter algum insight sobre uma possível história dele, quem ele é? Talvez tenha dado uma viada animal, mad se ele fosse o Benjen o Bran não o teria reconhecido (se esqueci de alguma eventual confirmação sobre a identidade dele, que tenha ocorrido nos livros, me desculpe, mas é muita informação que o GOT traz para nós…)? Como a série mudou o encontro entre o Bran e o Jon Snow será que não vão mudar o encontro também com o cold hands? Abraço! (Ps: por favor, não demore muito para fazer um post específico sobre o rei da noite, se for fazer. Já basta o que sofremos com a demora do G.R.R.M…rs)

    1. Discordo sobre o Rhollor e o Deus Afogado serem o mesmo Deus.. O Deus Afogado é uma divindade do mar adorada somente nas Ilhas de Ferro. Rhollor é mais digamos que onipresente, é o Deus da Luz e se opõe ao Grande Outro (O Deus da morte e do gelo. Possível criador dos Outros..)

      Não acredito que o Cold Hands seja filho do Rei da Noite, afinal, ele é um patrulheiro.. Pra mim o Cold Hands é o Benjen Stark (Quase certeza..).

  2. Drunk, assim que terminei de ver esse episódio fiquei pensando no futuro da série. Cheguei na conclusão de que o ‘Locke’ pode muito bem substituir o futuro Bowen Marsh. O que você acha? Pode ser interessante…

    1. Concordo, quando o vi na muralha fiquei pensando se ele não esfaquearia o Jon, mas Bowen Marsh fez aquilo por razões diferentes, já Locke faria por seu Senhor.

    2. donilo, imaginei a mesma coisa, acho q iria aumentar muito a participação do ‘Locke’ , porem imagina ele se aproximando cada vez mais de Jon e ganhando sua confiança, talvez até substituindo Edd Doloroso e os outros amigos de jon como intendente pessoal, enfim no futuro organizar o golpe contra lorde snow , seria interessante, já que o Drunk mencionou q o ator q faz o locke é conhecido e talvez não teria o mesmo destino de Vargo.

  3. Que resenha sensacional! É incrível como vc consegue ligar várias passagens dos livros e criar teorias sempre bem fundamentadas.

    Bom,este foi mais um ótimo episódio que a série nos trouxe. Com bons diálogos e ótimas supresas. E quero destacar acena do Tommen com a Margaery, foi demais. A série tem pecado no desenvolvimento do núcleo da Dany, a verdade é que há muitos personagens, muitos núcleos e pouco tempo para aborda-los de maneira satisfatória.

    Estou extremamente curioso para saber o que acontecerá com o Jon e o Bran. Espero q vc esteja certo pq seria incrível ver o Bran ensinando ao Jon snow a ser um worg. Agora é aguardar o próximo episódio. Parabéns pela resenha e pelo site.

  4. Eu tinha achado o episódio bem ruim. Principalmente por conta dessas alterações e inclusões na história na Muralha e ao norte da Muralha. Com sua resenha compreendi os motivos e desdobramentos que isso tudo trará!

    Vi um pessoal falando sobre diferença entre o White Walker que levou a criança e aquele que transformou a criança. São ‘seres’ diferentes?

    1. Concordo..quando vi o episodio fiquei muito puto, mas o tempo e esta resenha estao me fazendo aceitar e talvez até comprrender melhor….

      Entretanto, a unica coisa que ainda nao acredito é que Jon deixara Bran ir sozinho mais para além-da-muralha…. não acho que, pelo motivo que seja, Jon deixará seu irmão criança rumar com seus coleguinhas para a terra dos selvagens, gigantes e outros…

      Provavelmente ou eles não se encontrarão ou Bran fugirá de Jon pois sabe que tem que cumprir sua missão e que Jon não entenderia essa necessidade

  5. Eaí, Drunk! Ótimo texto como sempre! Curto muito suas resenhas porque sempre acaba deixando o episódio mais interessante.

    Sobre o título do último episódio: “Children” (Crianças; Filhos) acho que pode não ser uma referência somente ao filho de Gilly. Quem sabe não aparecem as Crianças da Floresta neste episódio? Acho que Children, é uma referência ao Tyrion também e o que ele vai fazer com o seu “pai”. E quem sabe também não apareça Stoneheart querendo vingar/encontrar seus filhos..

  6. Bem vamos lá então por um acento nisto tudo ….

    Os Outros já existiam sim, invadiram Westeros pelo que se sabe porque na altura ainda não havia a dita muralha, pois Westeros possuía os 100 reinos dos Primeiros Homens que foram dizimados pelos White Walkers sendo que na Guerra da Alvorada acabaram por serem expulsos para o Norte Extremo as ditas “Terras do Sempre Inverno” por Azor Hai , mas eles sempre andaram à espreita, recrutando bebés e mortos que encontravam durante os 8 mil anos depois até à atualidade, imaginem o grosso do seu exército até hoje.

    A muralha foi construída depois dessa guerra épica por Brandon Stark, o Construtor e durante algum tempo houve um Senhor Comandante da Patrulha da Noite que se auto-proclamou Rei da Noite que quando colocou a semente dentro da morta pode ter sido um despertar novo de uma raça mais adaptativa ao meio mais quente e frio, sendo um elo entre a raça dominante e a dominada, por isso consegue transformar sangue quente em sangue frio e aumentar as fileiras.

    Quanto ao encontro, creio que vai acontecer e Bran vai ensinar Jon a Warguear para Ghost. Mas acho que o esfaqueamento talvez já aconteça por causa do Bode, infelizmente vai ser mordido e morto por Summer e por Ghost se o tentar, não sei.

    O que me levou a ver a série e posteriormente a ler os livros foi mesmo o Norte, os Starks e os White Walkers, prontos os Dragões talvez sejam precisos para combater o grande exército do gelo, algo que não foi preciso na última guerra da alvorada embora Martin afirma numa entrevista que havia Dragões por todo o mundo incluindo em Westeros, se existiam porque deixaram de existir? Afinal o que é Westeros? Se tinha Dragões, Gigantes, filhos da floresta e WW e depois acabou por ter homens… O que tem este continente escondido? Será que existe dois mundos em confronto há mais de 8 mil anos? O Velho Mundo com estas criaturas e o novo mundo com os Homens? Quem prevalecerá? Pelos vistos quem mandava ali eram os WW, pois os filhos da floresta vivem debaixo da terra com medo e feitiços que não os deixavam entrar, os gigantes que parecem ter também medo deles e todos os animais selvagens que se puderem fugir fogem, e os Dragões? Será que foram expulsos ou mortos de Westeros? Será que o fogo que inalem não tem poder quando o Inverno chega? Questões que creio que só no último livro saberei responder … toda a história de Westeros é sobre os homens que nela habitaram, tudo o resto acaba por cair em mitos mas parece-me que não são bem mitos, gigantes existem, WW também e filhos da floresta também, e Dragões? Será que existiram? Sem serem aqueles que habitavam em Valiria? Hummm acredito que sim…

    Quanto ao episódio, segue a tela normal, Jon Snow chega à fortaleza mata os traidores e faz a justiça do Rei . Deve ser ferido e levado para Castle Black por Bode a warguear em Ghost, mas creio que não, ele tem de enfrentar duas batalhas, a que vem do Sul primeiro e depois a que vem do Norte em maior número. já viram quando chegar os Ventos do Inverno vemos Povs de Jon Snow em Fantasma? Os Outros a invadirem etc,,,,

    Bran segue com ou sem o Aval de Jon. Li ontem que Rast vai violar Mereen para esta engravidar dele para fazer a dita oferenda aos Deuses do Gelo que cena😦

    Quanto aos Deuses … São todos a mesma coisa LOOL ressuscitam mas a pessoa vem sem alma ou se a tem vai perdendo-a como Berric Dondarrion e a Senhora de Pedra, olhando para este episódio os mortos são reanimados e reagem consoante a vontade dos seus mestres que são transformados por outros WW …. Estes devem servir outros quase de certeza🙂 Existe uma estrutura hierárquica ali, sem dúvida!

    Quanto ao bebé, preferível assim do que alguém comê-la🙂 Ou seja os WW não se reproduzem😄 Este foi um POV de Ben Stark no Prólogo dos Ventos do Inverno segundo dizem nos outros fóruns, e não vamos aguardar pela 7 º Temporada para voltar aqui, pois creio que Bran ainda nos vai revelar muita coisa sobre o passado de Westeros e isso engloba aquele Dragão sobrevoando Porto Real só que deve ser Vhagar o Dragão de Jaehaerys I ou Meraxes o Dragão de Alysanne, Lyanna / Rhaegar e a promessa de Eddard Stark e Jon Snow, vai ver a sua mãe viva ou lá o que é e a morte de Robb Stark e depois o mais importante, os Outros … vai ser nos Povs de Bran que saberemos afinal o que os Outros são, o que querem e o que farão…

    Dito isto é só aguardar … este episódio foi revelador demais, e para quem lé os livros deu pistas que nas terras do sempre inverno há uma nova realidade, organizada e uma ameaça aos reinos dos homens.

    Depois lá para o final da Saga veremos qual a casa de Westeros e Essos será a mais temida🙂 A casa Targareny ou a Casa Stark LOOL Para mim será os Starks de Winterfell tal como Brandon o Construtor mas sabemos que ele foi mais do que isso, ele pôs Gigantes a curvar-se à sua vontade quem me diz que não pode por Dragões também?🙂

    Já estou a ver Arya Stark rodeada de Lobos do tridente ao Lado de Nymeria a atacar as gémeas ahahah e Sansa com um exército de 20 mil homens do Vale e Rickon Stark com Davos e Osha com 20 mil Skagosi na sua retaguarda para defender o Norte e a Muralha bem dito isto vamos aguardar🙂

    Os Starks pagam sempre a sua Dívida quando o Inverno chegar, infelizmente são sempre os filhos e irmãos que pagam sempre a factura dos Pais Lordes e Irmãos Reis e mães sulistas que pensam que o poder reside em parcerias de exércitos do Norte e Sul que acaba em traições e futilidades🙂

    1. Concordo. Realmente acho que essas duas classes de ‘monstros’ podem ser divididas assim:

      – Creatures ou Os Outros são seres meio mortos que são reanimados com magia, de alguma forma.

      – White Walker já é a mistura de um Outro com humano. Como Craster que dava seus filhos para eles serem transformados ou uma união (sexual) direta entre um outro e um humano, como o caso do Rei da Noite. É por isso que os W.W. parecem ser mais inteligentes, o Mãos-Frias é um W.W., sabe falar e tudo, tem até livre-arbítrio.

  7. Confesso que fiquei contrariada assim que terminou o episódio. Sou fanzoca dos livros!! Estava engrossando o coro do ‘mimimi’ por conta das drásticas mudanças. Apesar de saber que evidentemente a HBO vai privilegiar os não-leitores da saga e que a dinâmica daquela mídia é outra. Mas que coisa boa foi ler essa ESPETACULAR resenha!!! Acalmou meu coração!!😀
    E faz com que a gente pense e repense, imagine, faça conjecturas sobre o futuro dos livros e caminhos da série. Daqui em diante é acompanhar, série e livros, de forma menos obsessiva aproveitando o melhor dos 2!

    Também estou achando que o espião do Bolton é que vai matar o Snow…Mas será que vai rolar uma ‘troca-pelagem’ com Fantasma????
    E que criança será essa do último capítulo???

    Drunk, a Vanity Fair publicou um artigo interessantíssimo sobre a série!! Vale dar uma conferida!!

    Continue nos deliciando com sua escrita!!
    Obrigada!!!

  8. Drunk eu fiquei triste com o spoiler dos “Outros”, porque pra mim foi um spoiler sim pois não tenho essa capacidade que você tem de “sacar” a trama do Martin, sou bem inocente nesse sentido. E pra mim não existe nada melhor do que ler os livros e ser surpreendida (jamais pela série), portanto acredito que esta temporada será a última que vou acompanhar, pra evitar a fadiga né rs.
    Diferente de muitos eu também não consigo entender que a série seja uma coisa e a obra outra, aliás eu até entendo mas não aceito. Consigo achar interessante quando a HBO junta personagens massss fazer alterações como esta do possível encontro do Jon com o Bran não me agrada; isto porque eu acredito fielmente que o encontro dos dois que o Martin escreverá será fantástico, daqueles que me farão arrepiar e chorar, e eu queria ver isso na série!! Se levarmos em conta todas as teorias e as possibilidades de papéis que eles vão desenvolver nas batalhas que virão, não consigo imaginar um encontrinho qualquer entre eles porque no livro será algo épico com certeza!
    Quanto ao Locke, acho que será morto na batalha durante o resgate do Bran pois sabemos que ele não vai matar nenhum dos irmãos Starks e acho difícil ele fugir e conseguir chegar aos Boltons para contar o que sabe… e bonzinho ele não ficará também né.
    No resto do Epi, amei as cenas do Jaime com a Brienne e o Pod, e amei o discurso fiel ao livro feito pelo Mindinho. Senti falta de comentarem do guarda real provando todas as comidas antes do Tommen, mas talvez isso ainda seja mostrado.
    E essa polêmica daquele outro ser ou não o Rei da Noite eu não quero nem pensar muito rs, afinal já estou sabendo de coisas demais que não vieram das mãos do Martin até mim, porque teorias são muito bem vindas, mas esses fatos concretos jogados na nossa cara sem cerimônia eu dispenso!

    1. =)

      Sobre o bebê, eu não me surpreendi, pois sabia que era isso que acontecia.
      Mas realemnte… o Rei da Noite e seus fieis irmãos juramentados…
      isso foi uma novidade.

      Se Locke não morrer agora, poderia ser ele que esfaquearia Jon. Acharia melhor!

      Espero que mude de ideia, e continue acompanhando a série…

  9. Cara, primeiramente parabens pela resenha e pelo novo site. Concordo plenamente com tudo o que você disse sobre esse episódio tendo inclusive dito quase tudo isso pros meus amigos que não curtiram o episódio.

  10. Excelente resenha! Já tinha imaginado sobre isso dos Outros transformarem os filhos de Craster (inicialmente achei que comiam eles, mas aí não entendia o porque serem apenas meninos).. Entretanto.. porque só meninos? Essa é uma dúvida que eu ainda tenho ahuaha..Se for o Rei da Noite mesmo esse Walker que transformou a criança vai ver que ele tem algo contra as mulheres [?]

    Achei legal as mudanças que fizeram no núcleo do Bran.. o pessoal que assiste apenas a série fica reclamando que é um núcleo chato de se assistir porque não tem nada de novo.. talvez eles queiram chamar atenção e focar mais no Bran através dessas “pequenas” mudanças no roteiro, já que acredito ele ser uma peça chave para a trama.

    Em relação ao Vargo, quando apareceu na Muralha eu fiquei meio “wtf” mas acho que ele vai participar da conspiração contra o Jon.. Aliás, Drunk, esse seria um assunto ótimo para se fazer um post!!! Achei tão estúpida a atitude de Marsh em “matar” Jon. Ele foi meio burro, ainda amis sabendo que Tormund fdisse que o único corvo que ele suportava era Jon… como vai ficar a Muralha sem Jon e sabendo que Os Outros estão perto (pelo que me lembre Jon sentiu o frio chegando)?

    No mais… ótimo post, como todos! =D

    1. Ahahahah porque rapazes? LOOL eles não pensam muito eheheh eles executam a vontade dos mestres ou dos seus senhores🙂 já as mulheres, vejamos o exemplo de Cat Tully que foi irracional ao capturar o Duende, o exemplo de Cersei ao fornicar com o próprio irmão e levar o reino ao caos onde Luxuria, poder, riqueza e nascimento é que interessa🙂 As mulheres Rosinhas também não são melhores, tudo que seja rei andam atrás como verdadeiras cadelas com cio em busca de posição e poder (Robert inicialmente, Renly depois e Joff depois, agora até com uma criança não se importa de ir para a cama). Conclusão, as mulheres atraem o lado mal e os homens que guerreiam esse mal criado🙂

      Mas o motivo não é esse, lool se eu fosse WW queria ter um homem ja crescido de 15 anos a combater a meu lado do que uma mulher da mesma idade por questões fisionómicas e fisicas.

      1. Você tá comparando a força de pessoas humanas com os White Walkers, que possuem força sobrenatural. Uma mulher White Walker seria forte do mesmo jeito. O motivo correto é óbvio: se eles transformassem também mulheres, quem iria gerar crianças para eles? No mais, seu comentário foi bem machista, hein? Como assim são as mulheres que provocam o mal. Oi? Que eu saiba são os homens que mais matam, torturam e estupram na história. As mulheres usam a única arma que tem, num mundo em que vale a lei da força, o casamento. Quem disse que a Margaery vai deitar com o Tommem? Daí é uma suposição sua (além de ser algo que não acontece nos livros). Duvido que isso aconteça. Ela tá se aproximando dele, como a Olenna recomendou.

  11. Desculpe se alguém já falou, não li todos os comentários ainda mas uma coisa me chamou a atenção. Doze foram os homens de negro que antecederam o rei da noite, e doze são os que resguardam o caminhante na última cena.

  12. Olá, Drunk
    Acho plausível imaginar que os Bolton teriam alguém infiltrado na Patrulha da Noite.
    Não acho que isso tenha comprometido o enredo do livro.

    Complicado mesmo é ter sido evidenciado (na série) que Jon sabe que Bran está vivo. A meu ver isso tem implicações no enredo, sim.
    Pior ainda é se, de fato, houver um encontro “real” de Bran e Jon.

    Difícil acreditar que Jon concordaria em deixar Bran vagando pelo Norte, com Caminhantes Brancos e os selvagens a caminho da Muralha.
    Se Jon nem aceita o seu dom de warg, vai conseguir entender a busca de Bran pelo Corvo?
    Além disso tem a proposta que Stannis fará de dar Winterfell a Jon.
    A meu ver o objetivo de Martin foi mostrar o drama de consciência de Jon, imaginando-se dono de Winterfell, mas sem os herdeiros legítimos.
    A recusa de Jon (o teste) muda de qualidade, sabendo que os irmãos estão vivos.

    Quando vi Bran, seu grupo e os lobos presos na Fortaleza de Craster pensei: é a hora que a HBO escolheu para apresentar “Mãos Frias”.. e antes de Jon chegar lá!!
    Sei que há informação de que “Mãos Frias” não apareceria na série, mas não consigo ver como Bran chegaria ao Corvo sem ajuda “mágica”.

    Independente disso, com o encontro (ou não) dos dois irmãos, acho que a HBO já “pisou na bola” ao mostrar que Jon sabe que Bran está vivo (e pode concluir que Rickon também está).

    É provável que Bran terá um papel importante no desenvolvimento das habilidades de Jon, mas eles precisam estar juntos fisicamente?
    Não seria mais emocionante se Bran fizesse isso a partir do desenvolvimento das suas próprias habilidades (entrando nos sonhos de Jon, por exemplo)?

    Para concluir: achei fantástico o final do episódio 04!!
    Ao ver o tal “Rei da Noite” não pude deixar de lembrar do Lorde Sith (de Guerra nas Estrelas).
    Se os WW não estão mortos (segundo Martin), e se esse é o mesmo “Rei da Noite” do passado, então eles não morrem de velhice?
    E aquelas pedras em círculo, lembrando Stonehenge e lugares considerados sagrados… que cena!

    1. Concordo 100% contigo Mirna quanto a Jon e Bran, e confesso minha decepção de ver a história meu personagem favorito – Jon – mudar tanto…

  13. uma questão: após a essa revelação do rei da noite aquela especulação de que o mãos frias seria o rei da noite acabou de vez, já que se isso ocorresse a história entre livro e série ficaria completamente incoerente, embora seja sabido que os dois seguem rumos diferentes me parece que não teria como conciliar o mesmo personagem tendo rumos tão diferentes.

  14. O Gelo preserva🙂

    Aqueles 12 sujeitos de negros devem ter sido o sacrifício do Rei da Noite aos Outros durante o seu reinado, por isso que estão de Negro. Mas veremos a sua origem através de Bran.

    Creio que o exército dos mortos e dos WW seja imenso … Ainda vamos descobrir quando se construiu a Muralha de Gelo houve homens que decidiram viver para lá dela, não me parece que o Stark impusesse isso! 8 mil anos é muito tempo para se esquecer de muita coisa, principalmente da existência dos Outros e como matá-los, e se esses homens e mulheres “os selvagens” lá ficaram foi porque os Outros se tornaram seus Deuses não sei, Mormont diz que os Selvagens adoram Deuses cruéis e fazem sacrifícios a eles (doam crianças homens).

    Este episódio traz algo de novo, se lermos o Pov de Bran realmente acaba por ser uma seca a sua aventura para-lá-da-muralha, eu queria que o Mãos frias aparece-se e que os tentasse levar para o Norte, para o Stark que tem o poder não se torne de novo uma ameaça mas sim uma ferramenta para levar o Inverno ao mundo dos homens através quem sabe por um Dragão ou mais de Gelo, mas depois eles fugiam e entravam nas cavernas e os filhos da floresta os ajudam.

    E a trama segue normalmente o percurso do Livro🙂

  15. bem,eu concordo em várias coisas contigo,menos com a do Jon ver o Bran no represeiro..Quando Jon warga em ghost,e vê o irmão..eu acredito que não tenha sido uma comunicação entre os dois,mas sim uma visão de Jon..isso prova que Jon tem um poder de vidência,afinal,esse trecho é em fúria dos reis,antes do Bran partir de Winterfell,conhecer o corvo,e wargar árvores;..ou pode realmente ser uma comunicação de Bran e Jon,mas ele regressaria ao passado assim que wargasse na árvore para dar o dom a Jon?isso ainda não foi confirmado?confuso neh?enfim…sobre o rei da noite,eu acredito que ele seja Cold hands sim,na série pode até ser esse WW,afinal eles cortaram o CH…qndo Bran conhece CH,ele pergunta:”-quem é voce?” e CH responde: ”sou seu monstro,Brandon Stark”…e se o Brandon Stark que ele se referiu foi a ele mesmo? sim,isso comprova que a velha Nan estava certa,ele é um Brandon,e é cold hands

    1. Concordo contigo May.

      Para mim Jon Snow é um Stark poderoso, talvez um Vidente e deve ser a Mãe que o chama nas Criptas de Winterfell…

      Se a mãe dele for Lyanna Stark, segundo o Pai de Ned, ela e seu irmão Brandon tinham o “Sangue de Lobo” . Ela era tipo Arya, selvagem à sua maneira e parece que Bran viu numa visão ela a bater em Ned e Ben Stark quando crianças …

      No torneio de Harrenhal segundo os filhos de Reeds dizem que o cavaleiro da árvore que ri era uma mulher (talvez Lyanna) que bateu muitos cavaleiros já ungidos das suas montarias! Agora porque se auto-denominou árvore que ri? Teria ela uma ligação com os deuses antigos? A resposta talvez seja sim …

      Jon parece ter uma liderança inata principalmente quando o mundo parece estar a ruir à sua volta, as pessoas acabam por ouvirem-no apesar de o considerarem Bastardo. E tem mais, ele vai ser o primeiro comandante a aceitar os Selvagens e até Gigantes e a muralha tornar-se-à seu refúgio e eles o seu 1º exército incomum.

      Jon ao mesmo tempo acaba por ser diferente dos Starks, é temperamental sim mas é mais racional que Ned e Robb e vê coisas que Davos e Tywin Lannister viram ou pensaram (Banco de Ferro de Bravos).

      Quando aceitar o seu dom do Norte e ir a fundo no seu sonho como Bran foi descobrirá quem é … Rhaegar Targaryen diz que ele é o príncipe prometido, o filho do gelo e do fogo. Antes de ser fogo terá de ser gelo (morrer e warguear ao mesmo tempo, e ressuscitar pelo fogo) … Será imune aos dois e poderá combater contra todo o poderio dos Outros.

  16. bem, se você ainda nãoo está recebendo da HBo, deveria, todo mundo, inclusive eu, que tinha detestado o epísodio começou a repensar…
    Eu adorei sua resenha, cada vez mais detalhada, quando eu terminei o episodio e fui comentar dele com um amigo no whatsapp, rs, eu nao lembrava de metade das coisas que voce escreveu/detalhou/explicitou. Que olhar cuidadoso, mais uma vez, vou precisar rever o episódio;

    Eu sou meio suspeita, apesar das besteiras iniciais eu nunca desejei mal a Sansa, muito pelo contrário, e tanto pelo livro, como pela série, estou torcendo muito para vê-la virar o jogo. Acredito que o grande jogador seja o Mindinho, mas ela vai aprender com o mestre a usar a fraqueza do inimigo. (posso citar Machado de Assis para confirmar minha teoria!!) #teamsansa
    eu to louca pra ver a batalha começar de verdade e essas cenas da muralha tao sendo meio monotónas. tambem me surpreendi muito com Meera capturada e o desenrolar todo. É uma situação engraçada, eu sei que alguns personagens não morrem mas rola toda uma tensão.
    A atriz que interpreta Olenna deu muita vida à personagem, estou achando sensacional, pena que ela não deve aparecer mais por enquanto ne.
    Não acredito que Jon e Bran se encontrem, Concordo com você sobre MArgaery-Tommem, o núcleo de Dany, os irmãos-regicidas.
    eu vi Fantasma preso e fiquei imaginando como eles teriam conseguido capturá-lo, logo veio a resposta (meio engolida a foça, poxa, lobos gigantes deveriam ser mais espertos)
    Estou finalmente me adaptando ao Duo serie-livro, coisas diferentes, o “baseado na obra”, mas talisa eu ainda não engoli. não mesmo. Tá que ia ser difiil incluir o núcleo da Jenny, tudo que a involveu, as articulações, mas e o futuro de Jenny? que farão

    (é, eu não gosto da médica especialista em trauma de Westeros, e nem é recalque, eu nem gosto de traumatologia, rs)

    ansiosa pelo proximo episodio, e pela proxima resenha! ;D

    1. hahahahahaha realmente… muita gente que não gostou do episódio, passou a gostar após ler a resenha…a HBO deveria me pagar por isso… hahahah
      quem sabe um dia, né?
      Eu tb estou louco para ver as cenas da batalha na Muralha contra os Selvagens e a chegada de Stannis.

  17. O maior problema do Jon e do Bran se encontrarem realmente será que o Locke, que com certeza tentará matar Bran. Ou será que por o Bran querer ir mais ao norte o Locke achará que ele não será uma ameaça? Acho difícil.
    Jon deixar o Bran ir embora pode até acontecer, mas o Locke perder a oportunidade de eliminar o Bran… Improvável.
    Quanto a presença do Locke na Muralha, ele deve substituir o Bowen Marsh mesmo.

    Enfim, achei o episódio muito bom! Surpreender nós que lemos o livro é um ponto positivo pra série.

  18. Oi, Drunk!😀

    Inspirada resenha…. muito boa como sempre!!!

    Então, mudando um pouquinho o foco, desde o começo, também achei de uma sensibilidade incrível a sequencia entre a Missandei e o Toro Cornudo. Apesar de o diálogo ter sido bem óbvio, o timbre meigo de voz entre ambos meio que deu um tom de respeito e carinho, humanizou demais os dois pra mim… Foi aquele tipo de cena de pano de fundo que faz vc traçar automaticamente um paralelo com as situações reais e os sentimentos reais e se colocar lá, bem no meio do cenário narrado…..

    E eu achei os imaculados muito ligeiros no convencimento dos escravos…. Nossa, gostei muito desse espírito conquistador dos que se encontram ao lado da Daenerys. Valioso…. Tipo: Não são um bando de tapados hipnotizados, eles sabem argumentar….

    Sobre o figurino caprichado eu tenho a declarar: Mano… se os caras teceram aquele puta bandeirão Targaryen a lá Timão, custava nada tecer um vestidinho novo pra Rainha, heim…. Aquela calça jeans da Danny já tá bem surradinha…. kkkk

    Vibrei tb com a forma que Tyrion pensa e se refere à esposa e vibrei com a forma que Sansa pensa e se refere ao marido…. Mesmo não havendo um casamento realmente consumado, eles tiveram a oportunidade de olharem um pra dentro da alma do outro e de se conhecerem verdadeiramente. Há confiança. Há cumplicidade e há admiração……. putzz… foi lindo……

    E como o Mindinho pode ser sombrio e ameaçador!!!! OMG… A base da relação que ele deseja impor à Sansa é o temor…. não o medo, mas o temor, que é algo muito mais amplo e sólido. Envolve medo, respeito, admiração. Pq o simples medo, ele bem sabe que ela pode superar e desmistificar as coisas, tirando suas proprias conclusões daquilo que observar com atenção. Então precisa, desde o início, estabelecer um temor que lhe garanta uma vantagem a qualquer perspicácia que ele mesmo irá estimular na mente da garota, no intuito de possuir uma peça forte no seu jogo.

    Eu gosto demais desse núcleo…. me empolgo com tantas as possibilidades.

    Eu, ao contrário da maioria esmagadora dos fãs, tenho como minhas personagens femininas favoritas justamente a Margaery e a Sansa e por isso, fico eufórica com cada detalhe de interpretação nessas cenas, e as vezes acabo encontrando profundidade emocional e complexidade humana onde nem há tanto assim… hehehe… mesmo assim, adorei o episódio já nesta primeira parte.

    A segunda e polêmica parte, vou refletir um pouco mais antes de dar pitaco aqui! Beijoooo….

    1. Sempre comentários inspiradores, Susie Derkins.
      Eu tb sou fã da Margaery… e a foça que ela vem ganhando na série, com certeza refletirá nos livros, como o próprio Martin disse.
      =)

  19. Me ajudou bastante a ver por outro ângulo.
    Em relação ao grupo de Bran Stark ser capturado e estar prestes a se encontrar com Jon Snow, acho que trará sim perdas na intensidade da história. Mas sobre a criança transformada em WW, fiquei mais tranquilo por entender que ja era muito provável.
    O nome do último episódio é no plural, portanto não creio se tratar do filho da Gilly

  20. Drunk, semanalmente acompanho sua resenha e as respostas das pessoas que acessam sua página…
    Gosto de partilhar estas informações por achar justo a discussão a respeito daquilo que é apresentado na série e daquilo que fora escrito pelo autor, em seus livros…
    Muito é dito a respeito do futuro da saga e do futuro de alguns personagens. Alguns defendem que há coisas óbvias demais e, por isto, serão propositalmente alteradas pelo GRRM. Sei que há algum sentimento de superpoder-de-criador-da-estória por parte do GRRM, porém o quê levou o GRRM a escrever a saga não foi o sucesso momentâneo (que ele conseguiu ainda em vida!), mas o sucesso duradouro das gerações de leitores que ainda estão por vir (assim como ocorre com o JRRT atualmente).
    Partindo deste raciocínio, acredito que as pontas soltas deverão ser atadas conforme o esperado e que, havendo novidades adversas no desenvolver da trama, não haverá prejuízo ao leitor que há tempos acompanha a estória.
    Pensando assim, tanto a HBO, quanto os livros que estão por vir deverão estar sintonizados na mesma frequência, e que novidades trazidas pela série da HBO deverão SIM ser spoilers dos livros ainda não publicados.
    O outro de chifres é o rei da noite, “o campeão do Outro” descrito por Melisandre, que devará dar o desfecho final à saga, na luta épica com o Azor Ahai, que sem dúvidas é o Jon Snow…
    Quanto ao contato de Snow com seu irmão Bran, não vejo problema algum, desde é claro que ele, Jon, libere Bran para que busque o corvo de 3 olhos (coisa que acho difícil para um irmão mais velho, ainda mais sabendo que seu irmãozinho aleijado é o único herdeiro e senhor de Winterfell).
    Bom, mas essa banana deixemos para os produtores e diretores da HBO. Os fãs leitores cobrarão um desfecho à altura do livro… e GRRM também participa da série – disto nunca poderemos nos esquecer…

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s