game_of_thrones_-_03x02_-_dark_wings_dark_words-720p-immerse_291249

S03E02 – Dark Wings, Dark Words

Game_of_Thrones_-_03x02_-_Dark_Wings,_Dark_Words.720p-IMMERSE_259885Hoje é dia de falar sobre a 3ª Temporada de Game of Thrones.

Dark Winds, Dark Words é o segundo episódio da 3ª temporada e foi exibido dia 07 de Abril.

Muitos personagens novos apareceram nesse episódio, e antigos personagens retornaram.

E agora vamos falar sobre udo o que o episódio nos trouxe…

evernote-camera-roll-20120926-100440

O que esperava do Episódio 02 – Dark Winds, Dark Words

Esse episódio traz em seu título a boa e velha frase da velha Ama. “Asas escuras, palavras escuras”. uma frase repetida por Ned Stark, e muitos outros.

Acho que veremos Jon Snow seguindo com os Selvagens para conhecer Mance Rayder.

Pode ser também que esse episódio se foque em Porto Real pois precisavamos continuar odiando Joffrey, ou quem sabe na fuga de Brienne e Jaime Lannister (esse núcleo deve ser um dos melhores da temporada).

Talvez neste momento já nos apresentarão a nova e dura realidade de Tyrion Lannister. Veremos seu pai agindo como Mão do Rei agora.

O que o Episódio 02 nos apresentou?

Episódio 02 – Dark Wings, Dark Words
Direção: Vanessa Taylor

game-of-thrones-season-3-poster-slice1

Bran e Rickon Stark não apareceram no primeiro episódio, como achei que seria.

Ao menos apareceram no segundo episódio e também vimos o Corvo de Três-Olhos!

Quando bran encontrar-se com o Corvo, será épico!

Fiquei surpreso ao ver como Isaac Hempstead Wright (Bran Stark) cresceu. Ele já é praticamente adolescente!

No sonho de Bran Stark vemos um garoto desconhecido… um garoto desconhecido que terá um papel importante.

Enquanto em Harrenhall, Roose Bolton traz ao Rei do Norte as más notícias que os corvos trouxeram…

Robb Stark tem a missão de informar sua mãe sobre as duas tragédias… a morte de Hoster Tully (pai de Catelyn) e a situação de Winterfell (devastada e o desaparecimento de Rickon e Bran Stark).

É palpável a tristeza no olhar dela, ao ter que se dirigir ao filho como Rei, impedida de abraçá-lo, e chorar pela perda do pai e dos filhos.

Game_of_Thrones_-_03x02_-_Dark_Wings,_Dark_Words.720p-IMMERSE_465966

Ela mantém sua máscara de súdita, mas seus olhos clamam por compaixão.

Robb Stark não demonstra nenhuma compaixão. É isso que esperam de um Rei.

Robb está perdido… sem saber o que fazer… e distanciou a única pessoa que poderia aconselhá-lo.

Espero que tenham as cenas que Catelyn fala sobre a utilidade de Vento Cinzento.

Eu gosto da Catelyn… ela é uma das mulheres mais fortes da série. A interpretação de Michelle Fairley dá o tom ideal para uma mulher Stark.

untitled

Em Winterfell já sentimos um pouco do gosto da vingança… Theon sendo torturado por Freys.

Eu acho que a tortura piorará ainda mais… theon conhecerá níveis desconhecidos de sofrimento.

Achei a atitude da HBO muito boa, em antecipar esse momento na TV.

Na Estrada do Rei, o núcleo mais esperado (por mim, ao menos) faz sua estreia em uma paisagem maravilhosa e não me decepcionam… Jaime e Brienne.

Mais uma vez preciso elogiar a HBO… os cenários, as locações e o figurino são dignos de filmes de grande orçamento.

 A melhor cena do episódio

É de Jaime Lannister e Brienne de Tarth.

Nikolaj e Gwendoline trabalham bem juntos, não há como negar!

A cena não tem nada de mais, apenas Jaime irritando Brienne e descobrindo suas fraquezas… mas Jaime profere o melhor “diálogo” do episódio.

-Eu não o culpo.

-Eu não culpo você também.

-Nós não podemos escolher quem amamos.

 A desconstrução do Jaime Lannister, orgulhoso Leão Lannister, das duas primeiras temporadas, começou.

Jaime, assim como Theon são dois personagens que passam por redenção, e acabam se tornando outras pessoas.

Eu gosto disso nos livros de G. R. R. Martin.

A pessoa rever seus atos, aprender com eles, aceitar as consequências, e buscar a redenção.

Jaime, internamente, revê os conceitos sobre seu amor.

Qual o real alcance da influência do amor que Jaime nutre por Cersei?

Será que esse amor é reciproco?

Em Porto Real, Sansa se encontra com Olenna e Margaery.

A caracterização da Rainha dos Espinhos está ótima…  Sansa, tem um bloqueio para falar de Joffrey. Ela tentou guardar para si suas opiniões sobre o Rei, mas quando o assunto foi Ned Stark…ela não se segurou.

O ar de superioridade de Margaery em toda a cena, serviu para deixar Sansa ainda mais nervosa… Ainda que tenha achado o dialogo um pouco travado, Margaery com seu ar propositalmente teatral tornou a cena perfeita…

Game-of-Thrones-Tyrells

Até então, Margaery está se adaptando à todos os terrenos que resolve se enveredar…

Somente Cersei percebe, por ser quase igual à ela? ou com medo da profecia da maegi?

Aqui é preciso prestar atenção, pois uma conspiração muito grande nascerá desse encontro, só precisamos adicionar a conversa que mindinho teve com Sansa no primeiro episódio e pronto… marchamos para a morte de um personagem odiado.

Catelyn e seu quase-monólogo sobre seus sentimentos sobre Jon Snow.

O que estão querendo fazer com Catelyn Stark antes do final da temporada?

Pensei nisso inicialmente… mas depois vi quais eram suas reais intenções, ao se encostar na cabeceira da cama de um adoentado Jon Snow…

Game_of_Thrones_-_03x02_-_Dark_Wings,_Dark_Words.720p-IMMERSE_1402192

Acho que são esses os sentimentos que ela realmente nutriu por Jon Snow… me mostrou uma Catelyn ainda mais humana, e ainda mais corajosa.

Além disso, Catelyn demonstrou que faria qualquer coisa pelos interesses dos filhos. Até mesmo desejar a morte de uma criança. Não foi apenas o ciúme da mãe de Jon.

Assumir esse sentimento para um desconhecido não é fácil…

Orell/Varamyr, decepcionou

 Eu não gostei nem um pouco desse encontro.

Até então, a notícia que eu tinha era de que Orell da série seria uma fusão entre Orell e Varamyr dos livros.

Logo, o título de warg para Orell seria devido. Qual a diferença entre Warg e Troca-pele afinal?

Mas não me parece que seja um junção uma vez que não nos mostrou nenhum outro animal, nem mesmo um lobo.

Claro que eu não esperava uma ursa-das-neves, três lobos (talvez os lobos eu esperava) e um gato-das-sombras…

O que mais me incomodou nesse episódio foi o tratamento dado ao momento em que Jon Snow e Orell/Varamyr se encontram.

O ator escolhido é ótimo, e a descrição de Varamyr em A Dança dos Dragões é idêntica à fisionomia de Mackenzie Crook.

Um sorriso tímido, foi o que Orell proporcionou ao se encontrar com seu antagonista…

(ou será que foi um sorriso irônico, que precedeu a resposta à pergunta que Mance lhe fez… “Corvos Mortos”).

Não era para ser assim, era para ser algo bem mais incisivo.

Mas tudo bem… o foco da série não é o mesmo dos livros (que abrange reralemnte todos os núcleos) e sabemos o futuro de Orell e Varamyr nos livros.. mas isso não impedia, ao meu ver, que fosse demonstrada a vontade de Varamyr em ficar com o lobo de Jon.

Ainda espero com fé nos Deuses Antigos que os outros animais de Orell/Varamyr aparecerão.

Voltando para o lado Sul da Muralha, Bran acorda assustado… Osha e Verão ficam em alerta.

Prestem atenção nessa cena novamente.

Verão e Osha… do mesmo tamanho praticamente

Osha está curvada, olhando para a floresta e Verão ao seu lado. Ambos do mesmo tamanho.

Os efeitos especiais dos lobos estão legais…

Me surpreendi com a atuação de Jojen. Acho que a caminhada rumo ao Corvo-de-Três-Olhos será interessante…

Gostei como mostraram a amizade entre Ned Stark e Howland Reed… (importante demonstrar isso, pois apenas Rowland pode falar sobre a origem de Jon Snow).

Uma cena que gostei, foi ver Rickon correr pelo vale, despreocupado, e Bran dizendo que os lobos cuidariam dele.

Voltando ao paradeiro de Arya, somos apresentados para Thoros de Myr, o amigo de bebedeiras de Robert Baratheon, o feitiveiro de R´hollor,  cantando Rain of Castemere.

Game-of-Thrones-Thoros

Thoros está muito bem adaptado nas telas… O tom engraçado do personagem está perfeito.

Aguardo para ver Beric Dondarion…, mas dificilmente será mais interessante que Thoros.

Anguy, o arqueiro está muito bem interpretado… senti falta de Tom-Sete-Cordas e Limo.

Outra cena que merece ser comentada é no encontro entre Margaery e Joffrey.

Podemos perceber toda a desenvoltura de Margaery com Joffrey. Natalie Dormer parece totalmente a vontade ao desempenhar seu papel.

Se no primeiro episódio vimos um Rei deslumbrado pela garota de Jardim de Cima, nesse episódio vemos o moleque insano do Trono de Ferro novamente. Parece que quando Joffrey tem uma arma na mão, ele se transforma.

EP302

Mesmo com seus questionamentos e seu temperamento, Margaery é mais esperta e no final conduz a conversa, e tem novamente Joffrey nas mãos.

Acertei nesse ponto do episódio. Tinha dito que essa cena apareceria no segundo episódio e apareceu!

Mais um pouco de tortura para Theon… e aquele homem que diz ter sido enviado por Asha (Yara?) é na verdade Ramsay Bolton.

A vida de Theon será horrível daqui para frente…mas por enquanto não chegou nem perto do que ele sofrerá.

Perceberam que os torturadores utilizam as roupas horríveis dos Freys?

Depois somos agraciados com uma conversa sobre sonhos, wargs, corvos-de-três-olhos, pais e a rebelião.

Meera demonstrando sua admiração por Jojen foi muito bonito de se ver. Game-of-Thrones-Reeds

Depois disso, vemos a Companhia sem Estandarte alimentando e interrogando Arya e seus famintos amigos. Após serem liberados, Arya se vê frente a frente com Cão de Caça…

Ele pergunta a Thoros o que está fazendo com a pequena Stark (claro que não dessa forma). A pobre Arya, após a revelação de sua identidade, não será liberada tão facilmente por Thoros.

Nos livros é Harwin que reconhece Arya, após ela clamar por ajuda.

Na série o reconhecimento dela por Clegane ficou ainda melhor!

Isso traz mais tempero para a futura relação Arya/Clegane, que será um núcleo ótimo de interpretação.

E o episódio termina, com um combate interessante.

A  luta entre Brienne e Jaime tem uma química ótima. Nicolaj realmente encarnou Jaime Lannister. Podemos ver a felicidade dele, ao sopesar a espada em suas mãos. Jaime está quase um ano sem tocar em uma espada, se não me engano.

E vemos em seu rosto a raiva, quando percebe que está fora de forma, e que Brienne é uma excelente combatente.

Interrompendo a batalha, homens sob o estandarte de Bolton aparecem e os escoltam rumo a Harrenhall.

Vargo Hoat…O Bode… O pesadelo de Jaime Lannister

 Impressões

Achei morno esse episódio… Um episódio bom, bem construído… me arrisco até a dizer, que pareceu bem introdutório assim como o primeiro episódio.

Mas espero uma mudança drástica no ritmo da narrativa nos próximos episódios. Faltou alguma coisa…

Quem não acompanha os livros pode ter a empolgação inicial minada pelo ritmo imposto até o momento.

O ponto alto foram os efeitos especiais utilizados nos lobos…Ficaram bem, ficaram verossímeis…

Cão Felpudo e Verão

A interpretação de Thomas Brodie Sangster, o Jojen Reed ficou fenomenal.

Catelyn Stark é o destaque da série até o momento.

Game-of-Thrones-Duel

Vamos ver… O próximo é um episódio importante… ele vai mostrar se o ritmo vai aumentar ou não…

Agora é esperar por “Walk of Punishment”

e vocês o que acharam do episódio?

O que estão achando dessa temporada?

Não se esqueçam de clicar no icone abaixo e curtir a página do blog no Facebook, e assim fique sabendo das novas atualizações!

banner fb

10 comentários sobre “S03E02 – Dark Wings, Dark Words

  1. Gostei muito do Jojen tb. Diferente do livro, mas foi muito bom. A Olenna está fenomenal, bem como o Thoros. Eu não entendi o motivo do uniforme dos Freys na cena do Ramsay. Os Freys não tem estômago para as cenas do Forte do Pavor.

    Gostei da cena da Catelyn com a Talisa, mesmo ela não ter existido nos livros. A culpa de Catelyn sente é algo que a torna um dos melhores personagens da história. A culpa por desejar aquilo a uma criança, com sua fé desfazer, mas não cumprir com sua promessa aos deuses. Ela se acha a única culpada pelo que aconteceu com sua família.

    Estou sentindo MUITA falta do Varys! Cade o Aranha?

  2. Adorei o Barry do Misfits sendo o Ramsy, para mim ele era o melhor ator de Misfits de quebra, eu sei que muita gente curte o Nathan, mas atuar e ser o melhor personagem são coisas diferentes.
    Pelo preview do próximo episodio, já dá para ver que o Theon foge. Interessante, que os jogos comecem. Estou adorando o Theon da serie, o ator está sabendo o que fazer com o personagem, que de mais odiado virou o mais querido.
    Eu não sei vocês, mas eu acho que o Jojen está muito overpower, ele está conseguindo ver tudo e isso no livro, não é o poder dele, tanto que quando ele prevê que a onda vem para Winterfell ele não sabe explicar para o Bran, como ela ocorre. Mas dá para entender o porque, mas não gostei muito não. Mas o ator está excelente. Acredito que Bran e Rickon vão se separar quando chegar a muralha, pois ali a Osha não vai querer mais avançar, mas os reeds, vão convencer o Bran de continuar. E assim vão partir em aventuras magicas.

    1. Eu tenho uma opinião sobre o papel de Jojen na ´serie.
      Ele preparará o expectador para entender mais sobre Brynden… e sobre as habilidades de um warg.
      Eu acredito que Orell não será usado para nos mostrar nada sobre essa habilidade.
      Então, Jojen está “overpower” para isso.
      Eu percebi que ele diz ter visto a Rebelião. Será que os sonhos verdes, tem esse poder de mostrar o passado?
      Está mais para “ver pelo represeiro”…
      Será que teremos um jojen capaz de trocar de pele com uma árvore?
      Ele acalmou Verão com facilidade… muito estranho.

  3. Oi Drunk!

    Eu achei o episódio morno também,mas melhor do que o primeiro. Esse também teve um ar de apresentação, o que faz sentido, porque tem muita gente nova pra introduzir.

    Dito isso, eu gostei do resultado final. Até da parte que você não gostou, da introdução do Orell. Mas na verdade, ele fez mais ou menos como eu imaginava. Tem uma passagem, não sei se no terceiro ou no quinto livro, que Jojen fala que sabe dizer quando Bran está em Summer, então eu imagino que eles fiquem meio que em transe. Mas concordo que poderia ser mais dramático. Gostei muito a atuação do Kit Harington nessa hora (tudo bem, eu sou suspeita para falar), achei que ele foi muito expressivo, quase deu para ler o que o personagem estava pensando: eu também sou um?. Não sei se isso porque eu leio os livros, mas para mim ficou muito claro.

    E por falar em Summer e Jojen, juro que achei que o lobo ia levantar a pata e marcar o território no Jojen🙂. Também gostei muito do ator e gostei do jeito mais seguro dele, em relação ao livro.

    Eu inicialmente tinha um pouco de receio quanto a Natalie Dormer como Margaery, não pela atuação, que eu sei que ela é excelente, mas por causa da idade, mas a cada episódio eu dou o braço a torcer. Ela foi uma escolha muito acertada. E a Rainha dos Espinhos foi fenomenal. A cena das três, Margaery, Oleanna e Sansa foi maravilhosa.

    E Margaery e Joffrey foi ótimo também, o modo como ela domina Joffrey foi muito bom.

    Adoro sempre que a Arya aparece, assim como Jaime e Brienne. Serão dois arcos que vão me fazer chorar. Mas não tanto como Theon. Se esse começo já foi forte, eu fico imaginando o que ele ainda vai sofrer. E também acho que foi uma escolha muito acertada adiantar isso.

    Já falei demais🙂 Postei a minha review ontem, é só passar lá no blog.

    Beijos!

    PS; eu não gosto, na verdade detesto a Cat, mas gostei do monólogo dela. Concordo que deixou ela mais humana.

  4. Acho que a série não vai focar muito no sobrenatural dos livros. Pelo menos, não tem feito isso até agora. O sobrenatural na série está sempre ligado a algum acontecimento com os personagens, tipo o nascimento dos dragões, a lesão de Bran, o “roubo dos dragões”. Profecias e religiões dificilmente são mencionadas e até os White Walkers e os Wights tem sua participação reduzida. Não é só questão orçamentária, eu acredito. A série é vista por muita gente que não leu os livros e que torce o nariz para o gênero fantasia. Nós sabemos que os livros não são só isso, mas quem não leu, não sabe. É preciso conquistar esse público para ter retorno financeiro (o vil metal) e eu acho que tudo que é “mágico” em Westeros vai ser minimizado, como no Orell/Varamyr. Vejam que não foi mencionado que os Imaculados são imunes à dor por terem tomado uma poção (pode ser que mencionem isso mais para frente). Posso estar errada, mas acho que não vai haver nenhuma menção ao fato de o Jon (e a Arya) ser warg e, inclusive, a parte do Bran vai ter muita modificação. Essas coisas só vão aparecer quando for totalmente necessário para alguma ação do personagem.

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s