As teorias dos leitores – O que esperar de Os Ventos do Inverno?

 Conforme prometido, Aqui está o tópico para publicar a teoria dos Leitores!

“Um leitor vive mil vidas antes de morrer, o homem que nunca lê vive apenas uma.”

Nome: Pedro

email: pedro_lopescardoso@hotmail.com

Idade: 15 anos

tumblr: http://prince-0f-the-sea.tumblr.com/

Me apego na esperança de que a Daenerys vai chegar ao trono de ferro, claro que vai ter muitas dificuldades até la, mas vai sentar no Trono de Ferro.

Dany não vai chega no trono apenas com Dorne, ela vai precisar da Sansa, pois a Sansa será a chave para Dany ter o apoio do Vale, do Norte, e até talvez das terras fluviais

 já Aegon não, não consigo aceitar que um personagem introduzido tão recentemente vá ter tanto destaque, creio que ele seja filho do Ilyrio e a mulher dele a Blackfyre, o que explicaria ele apoiar tanto a Dany, casar ela com ele e tal, mas vai morrer. Um problema é que a Dany não consegue ter filhos, acho que para isso vai se achar um jeito, visto que as tantas religiões parassem estar tendo mais poder do que o normal.

Tyrion será a Mão de Daenerys.

Jaime e Brienne vão se casar e herdar Rochedo Casterly.

Vamos aos Starks:

Arya – lembra que na profecia de Cersei um valonqar mataria ela? valonqar significa irmão mais novo, mas pense – irmão mais novo = menor que você, mais baixo talvez? / Arya vai matar Cersei, e vai se encarregar que todos da lista dela morram. No final talvez ela case com o Gendry (que acho que será o Baratheon), Robert não conseguiu uma Stark, quem sabe o filho dele?

Sansa – Já vi muitos achando que o Mindinho vai querer matar o Robert Arryn, e a Sansa vai ter participação nisso, DISCORDO, Mindinho como grande parte das pessoas subestimam ela, ela tem que ligar os pontos que a desgraça da familia dela tem ligação com o Mindinho, ela mata ele, casa com o Robert, e vira a Senhora Arryn, Protetora do Vale, igual quando Aegon o Conquistador chegou a Westeros, era uma mulher que comandava o Vale.

E acho que ela vai ajudar Daenerys

Rickon – Vai herdar Winterfell.

Jon Snow – Melissandre vai se assegurar que ele volte, nenhum personagem morre em seu capítulo, Catelyn morreu, mas voltou.

Sei que os fãs acham meio clichê, mas eu acho q ele é filho da Lyanna e do Rhaegar, falam que Jon parece Arya, e dizem que Arya parece Lyanna.

Vai ter participação na batalha com os Outros. Ele é Azor Ahai, mas o dragão tem três cabeças, ele Dany e Stannis (não vejo outro porque para Stannis estar vivo até agora e Melissandre acha q ele é Azor Ahai, entende?)

Bran – Tudo improvavel, mas ele vai ter participação na batalha dos Outros.

 Fora pensar que temos aqueles personagem que não foram muito explorados que vão aparecer com certeza: Peixe Negro, Benjen, Gerion.

__________________

Nome: Matheus Mota

e-mail: soaresmota.matheus@gmail.com

Idade: 19

facebook: http://facebook.com/mota.s.matheus

Teoria se relaciona com Bran Stark e o “Corvo de 3 Olhos” Brynden. 

Vejamos:

 Voltando um pouco podemos ver em uma conversa de Bran com a velha ama onde ela diz:

  Os corvos são todos mentirosos – concordou a voz da Velha Ama da cadeira onde tricotava.  A Guerra dos Tronos – capítulo 24, Bran IV.

Por isso todas as vezes que vejo um capitulo em que Bran se relaciona com Brynden tenho uma certa desconfiança, pois, qual seria o motivo de um homem tão poderoso dividir seu poder com um garoto?

Game_of_Thrones_-_03x02_-_Dark_Wings,_Dark_Words.720p-IMMERSE_241115

 Por fim, sabemos que o corvo de três olhos não tem muito tempo de vida uma vez que ele só esta vivo porque está retirando vida de um represeiro, e já quase não pode nem mais ser reconhecido como um homem.

Então qual seria a explicação para uma pessoa em seu “leito de morte” passar todo o seu conhecimento para um simples garoto sem nenhuma ligação de sangue ou amizade?

 Fatos:

1º – Vemos no prólogo de “A Dança dos Dragões” que Varamyr diz que quando o seu corpo morrer o seu dom (Warg) morrerá com ele.

2º –  Vemos que quando um warg entra no corpo de um animal ou pessoa (Fantasma, Hodor) o warg usa suas habilidades como se fossem dele, como o olfato aguçado de fantasma e a força de hodor.

3º – É possível para um warg tomar o corpo de um humano como mostrado por Varamyr no prologo de a dança dos dragões e por Bran Stark que entra frequentemente no corpo de hodor

(sobre wargs e troca-peles acesse aqui!)

Teoria:

Tendo como base a conversa com a velha ama e o prologo de a dança dos dragões onde Varamyr morre e seu dom de warg morre com ele.

Game_of_Thrones_-_03x02_-_Dark_Wings,_Dark_Words.720p-IMMERSE_1865155

Acho que o motivo para O Corvo de Três Olhos querer despertar todos os poderes de Bran seja para que o mesmo ( Brynder, Corvo de Três Olhos) possa tomar o corpo de Bran quando sua vida terminar e como Bran a essa altura já teria desenvolvido plenamente seus poderes Brynden poderia usar os mesmos mesmo estando em outro corpo que não seja o seu verdadeiramente.

___________________________

Leitor: Gabriel

E-mail: ohayoscans_dark@hotmail.com

idade: 13 anos

redes sociais: não utiliza

teoria sobre: Rickon Stark

 Primeiro vou começar falando dos motivos porque acho que Rickon não  está em Skaggos:

Como todos sabem, a Estrada do Rei liga o reino de Norte a Sul. Obviamente, seguindo ela é possível chegar a mesma altura de Skagos e depois fazer um desvio em direção dela, embora, em minha opinião, isso não seria possível sem que ninguém os veja, coisa que Osha queria evitar.

Obviamente Osha poderia pedir ajuda do povo livre, visto que ela veio deles, mas ai como o escudeiro de Theon Greyjoy (não lembro o nome dele, me perdoe, e não tenho nenhum livro próximo agora) poderia saber onde Rickon e Osha foram e ainda sim chegar a Porto Branco?

 

É ai que minha teoria pode responder. Eu acho que Rickon e Osha seguiram a direção oposta, à sul. Seguiram até pouco antes de Castelo Cerwyn (ou passaram por lá e desviaram próximo a Fosso Cailin) e foram em direção às terras Reed. Isso poderia explicar também como o escudeiro mudo conseguiu acompanhar os dois, ver aonde eles tinham ido e chegado até Porto Branco. Ele seguiu Osha e Rickon até certa altura de sua viagem e depois fez seu caminho de volta a estrada do rei, provavelmente pensando em chegar a Fosso Cailin (tomado pelos Homens de Ferro), mas este já estava tomado pelos Bolton, então o escudeiro continuou a caminho de Porto Branco, que fica razoavelmente próximo.

Enviando um fragmento do mapa disponibilizado pelo Game of Thrones BR, para melhor entendimento da teoria.

_____________________

Leitor: Leonardo Fogaça

E-mail: leo.fog@hotmail.com

idade: 17 anos redes sociais: não informado

teoria sobre: Daenerys, Melisandre, Quaithe e sobre generalidades de Martin

1) Estava re(re)lendo ” A Tormenta de Espadas” quando encontrei esse trecho:

“(…) Sonhei com um tal clangor que julguei que minha cabeça fosse estourar, com tambores, berrantes, flautas e gritos, mas o som mais triste era o e pequenas campainhas.Sonhei com uma donzela num banquete com serpentes roxas nos cabelos e veneno pingando das presas dela. E mais tarde voltei a sonhar com essa donzela, matando um gigante selvagem num castelo feito de neve. (…)” Tormenta de Espadas, Arya, página 450.

Esse trecho narra um sonho de uma velha anã da região do Tridente, faço um paralelo entre ele e o futuro de Dany: a donzela de aparência monstruosa no banquete pode ser uma alusão à “aliança” que a Mãe dos Dragões (quem mais usa campainhas, se não um/uma dothraki?) fez com a Harpia (por isso o “monstro”, em algum livro eu havia lido que a Harpia possuía presas, o que  me fez pensar nessa relação) e matar uma criatura de neve é mencionado pelo menos duas vezes na Tormenta, encontrei isso:

“(…)ia montada num dragão, e não num cavalo.Quando viu a tropa rebelde do Usurpador do outro lado do rio, eles tinham armaduras de gelo, mas ela banhou-os em fogo de dragão(…)”A Tormenta de Espadas, Daenerys, página 287.

O gelo/gigante/exército pode ser duas coisas: o inverno que já assombra Westeros no final da Dança ou os Outros que se espalharam além da Muralha. Se for o primeiro, a chegada de Dany à seu continente natal pode ser o prelúdio de uma nova era; caso for o segundo, seria a vitória dos “homens” sobre os Outros.

2) Melisandre

Sabemos que Melisandre adora incinerar imagens dos sete, represeiros, pessoas, sanguessugas além de envenenar meistres, usar feitiços, blablablabla…

A Sacerdotisa Vermelha já deixou claro que existe uma maneira de acordar um “dragão de pedra” sacrificando Edric Storm (ou algum outro bastardo de Robert, não me lembro). Seria essa besta o vulcão de Pedra do Dragão? Parece plausível pois na Fúria de Reis, no capítulo da tão comentada Casa dos Imortais fala-se de um dragão de pedra exalando fogo de sombras (cinzas e fumaça?), vale lembrar que a Casa falava por “metáforas”.

Ainda sobre ela, tenho um palpite (não levar em conta o fato de eu não gostar da Mulher Vermelha) de que existe uma espécie de jogo que ela faz com Stannis apenas para atingir sua metas (Azor Ahai e poder (?)).

3) Quaithe

Daenerys tem pouco tempo (digo, dois livros) para seguir o conselho da umbromanta(?) e ir para Asshai ou morrer antes (por favor não). No final da Dança existe o comentário de Dany de que a máscara de Quaithe era de estrelas (o que me força a procurar qualquer sonho ou profecia que envolva o céu estrelado).

Quaithe da Sombra + Melissandre afirmando que as sombras são servas da luz… combinação interessante não?

4) Drogon seria aquele que transformaria todos khalasares em um só: ele não é filho de Dany? O que as feiticeiras dothraki falaram mesmo?

Bran/Jon/Tyrion/Aegon/Seiláquemmais controlando um dragão? Não apostaria. Na Casa dos Imortais fica claro: três fogueiras, traições, montarias e NÃO cavaleiros. Existe toda a história de que os Targaryens  eram dragões (três cabeças) mas Martin não parece escrever algo “circular”, quero dizer, a história começa com cavaleiros de dragão e termina com cavaleiros de dragão?

Consideração final:

 Li (e recomendo) outro livro de Martin, “A Morte da Luz”, que foi escrito antes das Crônicas de Gelo e Fogo e esse livro traz alguns aspectos que já remetem à série (tento não criar spoilers):

– Lobo com animal simbólico: local/planeta chamado Tocadolobo e seus habitantes, os lupinos;

– Símbolos que representam clãs:  Banshee Negro(Jadeferro), por exemplo.

– Animal lendário, considerado extinto surge para salvar o “herói”: Banshee

– Laços de união entre indivíduos do clã: teyn x teyn ( khal x ko )

– Um planeta caminhando para a noite eterna e fria: inverno

-Pedrardente: rubi de Melissandre

– Haverá alguma tendência do autor?

_____________________________

Leitor: Vitor Rocha

 e-mal: jv_rochamiranda@hotmail.com

Tenho muita antipatia com esse deus do fogo. Acho que Jon Snow terá alguma ligação com os Outros e seu deus, tão odiado pelos sacerdotes vermelhos. Imaginem um exercito de Outros passando pela muralha em direção ao sul?

“(…)ia montada num dragão, e não num cavalo.Quando viu a tropa rebelde do Usurpador do outro lado do rio, eles tinham armaduras de gelo, mas ela banhou-os em fogo de dragão(…)”A Tormenta de Espadas, Daenerys, página 287.

 E como GRRM se inspirou na guerra dos 100 anos, espero que no final uma nova casa governe Westeros , uma casa nascida da “fusão” de outras duas, por meio de um casamento.

Se é que os Sete Reinos vão ser reunificados por alguém no final…

Imagino que Daenerys chegará a Westeros, ela não pode simplesmente morrer em Essos, não faria sentido ( mas como estamos falando de GRRM…).

wallpaper-1894672

E, quanto ao pequeno Aegon, acho que ele, no máximo, tomará Porto Real.

E estou muito ansioso quanto a Arya… Acho que ela vai voltar aos Sete Reinos.

 Quanto ao resto, só nos resta esperar…

______________________________

Bom é isso, eu particularmente gostei da visão sobre Rickon Stark não estar em Skagos, ainda que eu já publiquei um post um pouco diferente.

Acho que a teoria do Gabriel está muito bem embasada pelo mapa mostrado. Vamos ver…

As profecias foram bem estudadas pelo Leonardo e ligar As Crônicas de Gelo e Fogo com outros livros de G. R. R. Martin foi uma ideia fenomenal… acredito que podemos usar muitos elementos sim, pois autores sempre tem preferências narrativas.

 

______________________________

Leitor: Renato Ferreira Dos Reis

Email: ferreiradosreisrenato@yahoo.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/renato.ferreiradosreis

Teoria sobre Stannis Baratheon

  Stannis Baratheon, o Primeiro de Seu Nome, Último de sua Linhagem ou o Interminável Ciclo da Tragédia Real

Stannis é um guerreiro, severo e puritano, sua única preocupação é a justiça. Que de alguma maneira o mundo deveria ser justo e que essa justiça seria ele ser o Rei.

Stannis-Baratheon-house-baratheon-30161496-1280-720

Stephen Dillane sobre seu personagem:

”…Nunca pedi isso, assim como não pedi ser rei […] Não escolhemos o nosso destino. Mas temos… temos de cumprir o nosso dever, não é? Grande ou pequeno, temos de cumprir o nosso dever…”  Stannis à Davos,  A Tormenta de Espadas.

Se formos analisar os três reis e irmãos Baratheon muitos irão opinar que Stannis é o menos simpático, mas seu personagem carrega um alto nível de complexidade que o torna – ousando prever seu futuro – um personagem trágico, como um daqueles que pressentem ou tem consciência plena ou parcial do triste final que os aguarda e mesmo assim prosseguem em sua missão esperando pelo previsto fim, e entre eles se destacam reis, rainhas e príncipes, tanto da história quanto da literatura.

Renly and Brienne

Encontramos esse tipo de personagem desde o Édipo de Sófocles ao Macbeth de Shakespeare, do Grande Rei Xerxes e o Imperador Claúdio até a história moderna e contemporânea com revoluções que derrubaram antigas monarquias em execuções por decapitação, guilhotina ou fuzilamentos, vemos uma sucessão de maldições, mortes e traições que encheram de sangue e tragédia a história de dinastias, reinados, impérios e homens como que predestinados tanto a grandeza e imortalidade que a História lhes confere quanto a tragédia real que os tiraram da vida.

Há muito tempo venho buscando tentar prever o destino que aguarda Stannis nos dois próximos livros da saga de George R. R. Martin e baseado em passagens dos cinco livros já publicados penso que há muita beleza e tragédia misturadas nele. Os que se perguntam e especulam sobre o resultado da Batalha de Winterfell e a misteriosa Carta do Bastado podem cessar as discussões, julgo eu, pois desde a Fúria e a Tormenta o futuro do legítimo rei dos Sete Reinos já está estabelecido.

Vejo em Stannis um pouco da figura de Argilac, o Arrogante, e como já ficou claro nos livros que Martin segue um padrão de história cíclica (uma homenagem e apropriação de outra série de fantasia, Wheel of Time, de Robert Jordan) podemos teorizar que ele terá um final similar ao último dos Reis da Tempestade.

Mas Stannis em muito se diferencia de Argilac, é claro, este era imprudente, explosivo, intempestivo, dotado de um arrogância sem limites que lhe valeu o epíteto, o primeiro é um estrategista, frio, austero, implacável, rigoroso, porém justo e honrado, então como ele poderá ter um destino similar ao do rei da tempestade?

276351melstan

As palavras do próprio mestre podem responder a essa indagação. Na introdução de ”As Solitária Canções de Larren Dor”, Martin fala sobre a escrita de sua primeira história de fantasia: ”…Tinha andado a ler Shakespeare no Marist High School e a estudar a tragédia, portanto dei a Argilac o defeito trágico da arrogância, que causava a sua queda.” Mas como já disse abaixo essa não é uma característica marcante em Stannis, ao menos com os de seu sexo. Relendo ”A Dança dos Dragões”, deparei-me com uma interessantíssima observação de Asha Greyjoy em seu 2º POV sobre o seu régio captor:

”…A vida dela significava menos que pouco para ele. Era apenas sua refém, uma presa para mostrar ao norte que era capaz de vencer os nascidos no ferro. […] A própria condição de mulher parecia ofendê-lo. Bem sabia que os homens das terras verdes gostavam das mulheres suaves e doces e vestidas de seda, e não trajadas de cota de malha e couro com um machado de arremesso em cada mão. Mas a suabreve convivência com o rei em Bosque Profundo convencera-a de que ele não teria gostado mais dela de vestido. Mesmo com a esposa de Galbart Glover, a piedosa Senhora Sybelle, o rei mostrara-se correto e cortês, mas claramente desconfortável.Aquele rei do sul parecia ser um daqueles homens para os quais as mulheres são outra raça, tão estranha e insondável como os gigantes, os gramequins e os filhos da floresta. A Ursa também o fazia ranger os dentes. Só havia uma mulher a que Stannis dava ouvidos, e deixara-a na Muralha.”

E por isso é interessante? Por que há fortes indícios de que Stannis, no futuro, travará uma guerra contra Daenerys pelo Trono de Ferro (sim, em algum momento ela zarpará para Westeros, finalmente), o mais forte deles vem de uma visão que esta última tem durante sua visita a Casa dos Imortais:

”…Brilhando como o pôr do sol, uma espada vermelha foi erguida na mão de um rei de olhos azuis que não projetava sombra. Um dragão de pano oscilou em mastros por cima de uma multidão exultante. De uma torre fumegante, um grande animal de pedra levantou voo, exalando fogo de sombras… Mãe de dragões, matadora de mentiras…” – A Fúria dos Reis, página 465.

Essa visão é clara, chegará a hora em que os Targaryen e os Baratheon se confrontarão novamente, tal como nos tempos da Rebelião de Robert e retrocedendo mais na história, na Guerra da Conquista várias casas reinantes foram extintas e como Martin segue o padrão da história cíclica aposto em uma reedição da Batalha da Última Tempestade, mas nela não haverá enviados pelo rei Taragryen – no caso rainha – , como Aegon I enviou Orys Baratheon e Rhaenys, será a própria Dany e seu dragão – ou dragões – que irão enfrentar o Rei no Trono de Ferro, outrora Rei na Muralha e ainda antes Rei no Mar Estreito, que também, de acordo com a visão de Dany, possuirá um dragão, mas porque penso que Stannis estará sentado no Trono forjado por Balerion durante a vinda de Daenerys a Westeros?

Martin disse recentemente que sabe quem irá ganhar o Trono de Ferro no fim, mas que algumas outras pessoas irão se sentar lá antes, e com toda certeza Stannis será uma delas, arrisco até a dizer que será a última delas, ele é o único dos Cinco Reis que sobreviveram a guerra que já dura mais de dois anos, e há tempos já é ciente de seu destino final e o confidenciou a seu Cavaleiro das Cebolas:

 ”Na noite passada, olhando para aquela lareira, também vi coisas nas chamas. Vi um rei, com uma coroa de fogo na testa, ardendo… ardendo, Davos. Sua própria coroa consumiu sua carne e transformou-o em cinzas. Acha que preciso que Melisandre me diga o que isso significa? Ou você?…” – A Tormenta de Espadas, página 549.

Ele tomou conhecimento de seu trágico fado e ainda assim permaneceu firme e inabalável em sua pretensão e dever – para com o reino, para com sua filha e até para com Robert -. Se por um lado Stannis terá um fim semelhante a Argilac, devido ao sua já exposta depreciação das mulheres – ele não verá em Dany uma ameça séria, uma líder capaz -, por outro ele também se assemelhará ao destino de Harren Hoare, incendiado e carbonizado pelo fogo dos dragões Targaryen, isso de acordo com uma visão do próprio Stannis nas chamas.

Season-2-Character-Profile-Stannis-Baratheon-game-of-thrones-29896002-960-540

Por fim, podemos, se minha previsão vier a se mostrar correta, inclui-lo no interminável ciclo da tragédia real, um vinho da morte amargo do qual imperadores, césares e reis beberam desde Calígula e Nero em Roma, passando por Juliano, o Apóstata em um acampamento de guerra nas areias da Mesopotâmia, Haroldo II na Batalha de Hastings, Ricardo III em Bosworth Field até as execuções de Carlos I da Inglaterra e Luís XVI nos séculos XVIII e XIX e do cruel fuzilamento da família Romanov em 1917, todos vítimas da predominância de um dos mais fortes instintos humanos: lutar sempre pela aquisição, posse e defesa do poder.

E ai gostou das teorias dos leitores? quer enviar a sua? siga as instruções clicando aqui.

Não deixe também de ler as teorias sobre o futuro de Jon Snow, Rickon e Davos, Stannis Baratheon e a Carta de Ramsay Bolton e  Cersei e Jaime, Tyrion e Varys. 

Até a próxima semana…

54 comentários sobre “As teorias dos leitores – O que esperar de Os Ventos do Inverno?

  1. Achei legal as teorias, mas tenho que admitir que concordo mais com o dono do Blog e suas teorias, mesmo que a teoria do Gabriel foi bastante inquietante e me deixou com uma certa ambiguidade sobre o paradeiro do Rickon. Já com a teoria do Leonardo quando fala da Danny não concordei já que a velha anã fala de Sansa e sua “participação” na morte de Joffrey quando as presilhas que estavam em seu cabelo (presilhas roxas) estavam enfeitiçadas ou envenenadas (não me lembro muito bem) e que a menção do gigante de gelo é quando ela está no Ninho da Águia e constrói um castelo de neve até que o Robert Arryn destrói com um boneco que ele alegava ser um gigante e Sansa ficando nervosa e o destrói (o boneco) e acrescentando, o texto destacado fala de uma Donzela e a Danny não é mais uma donzela.
    Gostei das ideias, continuem postando.

    1. Concordo com você, Lucas. A anã falou da Sansa mesmo, isso já se concretizou. E Drunk, achei muito legal você abrir este espaço para as teorias dos leitores. Parabéns!

      Beijos!

      natrilhadoslivros.blogspot.com (é mais fácil ler as minhas teorias aqui, senão ia tomar muito espaço do seu blog ;D)

  2. O Gargalo, lar de Jojen e meera, pode ser o destino de Rickon e Osha. Até agora ele se provou um lugar seguro e temido, ninguém gosta muito daquele pântano. E a distância até winterfell não é maior do que a distância até a muralha por exemplo, além de ser mais quente (pelo menos na época em que partiram) e as pessoas da região ainda serem tementes aos Stark. O lobo gigante e qualquer escrito de jojen ou de meera serviriam como ingresso.

    1. E la todos acreditam que eles soh comem ra. Quebram o jejum com ras, ao inves de mingau. E talvez ele so esteja temeroso de entrar nos pantanos dos crannogmam com suas flechas envenenadas.

  3. Ah, super botei fé nessa teoria da osha e do rickon irem pra Agua Cinzenta… Porque, quando o pessoal falava de a osha levar o guri pra skagos, eu sempre me perguntava o porquê disso, já que, quando ela e seus companheiros encontraram o bran na mata de lobos, ela estava tentando fugir do norte e do inverno.. Eu acho que os pântanos fazem muito mais sentido, porque, ao meu ver, Howland Reed é o único senhor do norte confiável para os Starks

      1. Concordo e Osha so sabia da familia de Jojen e Meera como ainda leais aos Starks. Seria o único lugar onde estaria seguro e protegido por amigos.

  4. Para mim a anã fla de Sansa: o banquete de víboras é no casamento do Jofrey e essa matando um gigante em um castelo de neve é qndo ela está no ninho da águia e o filho da lysa destrói o castelo dela

  5. Eu acho que Melisandre vai acabar se aliando a Daenerys, pelo “lado do fogo”, e também a Jon Snow., contra Rickon pelo “lado dos Outros”;
    mas não sei, a impressão que tenho é que a “luta final” será Snow x Stark, embora achasse melor que estes se unissem, porém, o autor adora matar os nossos personagens favoritos, assim como criar intrigas e alianças improváveis.
    estou ansioso pra ver o que se reserva pra Arya, primeira ninja de westeros😛
    abraços

    1. Incrivel, mas tb acho isso. E podemos ver isso quando John não se doi nem um pouco pela morte dos dois irmãos ou o sumiço da Arya. Ele não pensa nos irmãos há muito tempo. E aparentemente tudo canta pra tão esperada reunião entre John e a Danny… E não consigo imaginar os Stark juntamente com a Danny – afinal é a familia “braço direito” do Usurpador. Acho que na hra H o John vai preferir a Danny aos irmãos, o que da ressalva ao que a Cat dizia sobre ele – e a Cat num geral estava certa na maioria de suas suposições, ou não esqueceram Theon?? -. E eu também tenho teoria de que Robb não está morto, afinal seu corpo ainda não vimos…
      E ainda há Stannis, não podemos nos esquecer dele, eu acho.
      Além de que também acho que a Cersey deve ser morta pelo irmão, como o autor deste nosso blog já postou, o que em parte começa a anular os planos de vingança da Arya. Acho que a maior bandeira de retorno dela será trazer de volta a casa Stark, e acho que ela e J’quen ainda se encontram (afinal, e me matem por isso, eu shippo os dois).
      Acho que só por agora.

      1. Yasmin, o Jon em dance fica meio surtado quando descobre que a “Arya” estava em Winterfell pensa que a garota Karstark era a Arya pro um tempo e um dos motivos que ele estava indo para Winterfell antes de ser esfaqueado era a Arya, ele se importou muito que os irmãos morreram é só você prestar atenção e fala serio, J’aquen e Arya?

  6. rickon no gargalo nãol faz sentido o lorde- gordo- emais- pra andar-a-a cavalo, queria um contrabandista, um marinheiro experiente, que tivesse medo do mar, os cranomagnamos não são conhecidos por comer gente.e manderly saberia que confiar neles

  7. em primeiro lugar queria elogiar os autores das teorias, em segundo levantar duas hipotese sobre o destino de dany: 1º, quaithe diz a ela algo mais ou menos assim: pra chegar no sul voce de ir para o norte, pra ir pro oeste voce deve ir para o leste, e pra ir em frete voce tem que voltar atras, e no ultimo capitulo ela tem dois sonhos em vizere diz a ela se lembrar quem ela é, no outro jorah tambem diz isso fala mais algumas coisas sobre lar.uma possibilidade e´que agora ela va pra pentos, onde esta antes de se casar com com drogo, e depois para bravos, a procura da casa de porta vermelha, unico lugar qe ela se sentia em casa, la entenderia quem ela é finalmente controlaria os dragões, entaõ iria para a muralha junto com enviado de stanis, outra teoria e que ela va pra valiria, mas no fim acho que vai pra muralha de quaquer jeito, por ela teve uma visao de uma flor azul em uma muralha de gelo, em furia dos reis e a unica que ainda não se realizou.

  8. 1-A teoria do Rickon n faz sentido, pra q chamar um cara foda na navegação se o menino seguiu por terra? alem disso Davos esclarece de certa forma que o local é sim Skagos – local conhecido pela alimentação ‘diferente’ alem de q Meistre Luwin fala algo pra Osha antes dela decidir seguir naquela direção, existe a teoria que a mae do Ned possa ter vindo daquele lugar, pouco se sabe sobre ela, nem nome sabemos, Luwin n iria mandar o menino pra um lugar tao perigoso se nao tivesse certeza que o garoto estaria seguro, entao creio que lá existam ‘amigos’ dos Starks!

    2-Teoria da Dany: nao encaixa, é sim a Sansa e foi sobre o casamento roxo do Joffrey com a Margaery e de donzela Dany nao tem mais nada né,

    3-Sobre a Quaithe: pra chegar no sul voce de ir para o norte, pra ir pro oeste voce deve ir para o leste, e pra ir em frete voce tem que voltar atras, para alcançar a luz voce tem que passar pela sombra. Dany interpreta como Asshai e pensa: Ela quer que eu vá pra Asshai e pergunta: O que tem em Asshai pra mim e Quaithe responde: A verdade!
    Na casa dos imortais diz que Dany vai matar 3 mentiras e a ultima dela seria o dragao de pedra que será despertado, quem quer despertar esse dragao? Melisandre de Asshai, eu acredito que para chegar a luz dany tem que passar pela sombra e a sombra seria representada por Melisandre quando Dany desmascarar sua mentira e chegará a tal verdade que Quaithe disse que ela irá alcançar!

    4-E por fim Stannis, bom, o futuro dele é incerto, nao acho que ele seja o rei que será consumido pela sua coroa, esse rei pra mim será o Aegon quando Dany desmascarar a mentira do falso dragão e como fogo não pode matar um dragao… logo, ele morrerá assim e ela provará que está certa e que ele é um farsante manipulado, o dragão de pantomineiro.

  9. “(…) Sonhei com um tal clangor que julguei que minha cabeça fosse estourar, com tambores, berrantes, flautas e gritos, mas o som mais triste era o e pequenas campainhas…” Isso seria o casamento vermelho p mim e as campainhas não seriam dothraki e sim do neto (acho) de walder frey q usa.

  10. Fernanda, se o futuro dele é tão incerto assim então me responda isso: por que ele diz isso sobre sua visão nas chamas, em forma de confidência, ao Sor Davos, seu braço direito: ”…Acha que preciso que Melisandre me diga o que isso significa? Ou você?…” – A Tormenta de Espadas, página 549.

  11. Fernanda, se ele tem certeza absoluta do significado de sua visão nas chamas, por que ele veria o pretenso Aegon VI nas chamas? Não faz sentido a sua afirmação, Stannis não é um tipo de homem ou rei que titubeia, que tem dúvidas ou receios em agir quando considera que deve agir, quando considera que deve continuar em sua luta. Na minha teoria a tragédia na morte de Stannis não reside no fato dele ser carbonizado por um dos dragões da Daenerys e sim está no fato dele saber (desde a Tormenta) que irá morrer – e como irá morrer – e mesmo assim persistir inabalável e impassivelmente no caminho que o levará a morte, a sua consciência em seu triste e doloroso destino final, essa é a real tragédia, comparável as de Édipo de Sófocles e Macbeth de Shakespeare, a meu ver.

  12. Fernanda, e quem disse que o fogo não pode matar os dragões? Nunca ouviste falar da Tragédia de Solarestival? Não lembra da morte de Viserys III? O Martin nunca disse em nenhum lugar que os Targaryen são imunes ao fogo, aquilo que ocorreu com a Dany no primeiro livro ele disse que é relacionado a magia, foi uma espécie de milagre devido a morte da Maegi na pira e a presença dos ovos dos três dragões, e no quinto livro, A Dança dos Dragões, a própria Daenerys se queima bastante com o fogo de Drogon, rele essa passagem e verás.

  13. se o corvo de três olhos tentar realmente tomar o corpo de bran, acho q deve ter uma luta pelo controle do corpo igual a luta de varamyr pra tomar o corpo daquela mulher que está ajudando ele

  14. “(…) Sonhei com um tal clangor que julguei que minha cabeça fosse estourar, com tambores, berrantes, flautas e gritos, mas o som mais triste era o e pequenas campainhas.Sonhei com uma donzela num banquete com serpentes roxas nos cabelos e veneno pingando das presas dela. E mais tarde voltei a sonhar com essa donzela, matando um gigante selvagem num castelo feito de neve. (…)”
    1- Primeiro fala do casamento vermelho e o neto do Frey.
    2- Segundo fade de Sansa que é donzela e está no ninho da águia, que como sabemos congela no inverno de tão alto, acho que é este o “castelo de neve”, o gigante selvagem podem ser os selvagens das montanhas, afinal eles foram equipados com armas e armaduras por Tyrion, que prometeu a eles o Vale Arryn, ou pode ser Petyr, que de certa forma é um gigante no jogo dos tronos(não selvagem).

  15. O castelo de neve, nesse caso,foi literalmente o castelo que Sansa e Mindinho fizeram na neve. O Gigante, o boneco do pequeno Robert que Sansa destruiu, fato singelo, mas minunciosamente narrado na trama (até onde eu li xD)

  16. No último capítulo de Bran em Fúria dos Reis, Osha diz:
    “– Agora pouco resta – resmungou Osha enquanto olhava pestanejando as reservas do grupo. – Seja como for, não tarda que tenha de subir, senão ficamos reduzidos a comer o Hodor.”
    Pode ser uma pilhéria, mas dita com tanta naturalidade. Me faz pensar que Osha é Skagosi, povo sem lei que facilmente seria confundido com selvagens para lá da muralha, até porque devem manter mais convivência com esse povo do que com as terras verdes.

    Osha com certeza morava ao norte da muralha, pois ela sugere que Bran poderia ser um bom refém para Mance Rayder. Mas isso não quer dizer que ela não tenha migrado de Skagos para viver no norte. E ela tinha uma lança, ou seja, ela pode ser uma esposa de lança, provavelmente raptada jovem em Skagos.

    Osha aparece pela primeira vez na Mata de Lobos, à oeste de Winterfell. Quando se despede, diz que vai o portão leste e seguir a estrada do rei a maior parte do tempo.

    Uma mulher selvagem com uma criança e um lobo gigante na estrada do Rei? É pedir para ser capturada, não? É claro que ela deve ter mentido, para o caso dos Reed e Bran serem capturados, ou para o caso dos Reed não serem de confiança, ou ainda para o caso dela ter percebido que alguém podia estar ouvindo.

    Ir procurar Lord Reed, como? A Atalaia da Água Cinzenta se “movimenta”. Além disso, é para lá que ela pensa que os Reed levariam Bran. Eles não dizem à ela para onde vão. Apenas por qual portão irão sair, e ela também não pergunta o destino final.

    Ir para o sul? Quanto mais ao sul, mais gente. Faria mais sentido se ela fosse para casa. Mas o norte da muralha está tomado pelos caminhantes brancos.

    Mas é possível que Skagos não esteja tomado por caminhantes brancos. Pelo menos não em terra, pois sabemos que em Durolar, ali perto, há “coisas mortas na água”.

    Para chegar a Skagos, ela só teria que seguir a estrada do Rei até a Nova dádiva que não fica muito ao norte de Winterfell. A nova Dádiva e a Dádiva não foram povoadas, então, bastaria virar à direita e chegar ao litoral. Há inclusive uma floresta nesta direção, o que a ocultaria.

    De toda forma, não vejo nenhum outro lugar em que um garoto com um lobo gigante negro pudesse ser esquecido. A não ser que esse lugar fosse igualmente esquecido.

    Se Osha é skagosi, talvez teria status entre os seus para impedir que a devorassem e à Rickon. Ou talvez o ela confie que Cão Felpudo seria dissuasão suficiente. Mesmo assim, é preciso entender como os skagosi praticam canibalismo, o que ainda não ficou claro.

    Os índios tupinambás, por exemplo, comiam a carne de guerreiros para absorver sua coragem. Quando Hans Staden se borrou escapou de ser devorado, pois ninguém queria absorver covardia.

    Na passagem sobre Skane, é dito que os skagosi comiam o coração e o fígado daqueles a quem matavam. Que eles tomaram as mulheres e comeram os homens num festim de 15 dias. Ou seja, eles não comeram as mulheres, o que reforça o conceito de que eles comem apenas outros guerreiros vencidos em combate.

    Se este é o perfil dos skagosi, sou levado a crer que Rickon vai se tornar o líder desse povo ainda criança. Vejo-o como um contraponto a Robert Arryn. O senhor do ninho da águia tem a mesma inconstância (“quero vê-lo voar”), mas diferente de Rickon não tem um lobo gigante incontrolável para cumprir seu desígnios.

    Suponho também que Davos vai conseguir disparar acontecimentos que levarão Rickon a retornar para o continente. Mas acho que dificilmente será para tomar aulas com um meistre em Porto Branco.

  17. Como explicar que o mudo Wex surgiu em Porto Branco, na direção oposta de Skagos? Minha suspeita é que quando Osha, Rickon e o lobo embarcaram em um navio, tornou-se impossível para Wex continuar a segui-los. Ele pode ter embarcado em outro navio que passou pelo local na esperança de chegar ao mesmo lugar, mas o navio o levou a Porto Branco, principal porto da região.

    Ou ele pode ter decidido voltar a pé para lugar mais próximo que supunha estar sob controle dos homens de ferro, que é Fosso Cailin. Certamente ele não iria se aproximar de nenhum castelo nortenho e iria evitar a estrada do Rei, pois era um homem de ferro invasor. Nesse caso, ele pode ter seguido o rio Faca Branca e acabou sendo encontrado por homens Manderly.

    Na primeira hipótese, como Wex conseguiria depreender que o navio em que Osha embarcou se dirigia à Skagos? E nas duas hipóteses, como ele iria reconhecer skagos em um mapa, não sendo daquela região e, pior, analfabeto? Suponho Osha tenha embarcado em algum navio pirata, o qual Wex, por sua experiência como marinheiro tenha reconhecido. Como piratas costumam montar bases em ilhas, ele poderia saber que a base daquele pirata específico era Skagos. Como marinheiro, Wex pode também ter convivido com mapas e aprendido um pouco da geografia de Westeros.

    E não consigo parar na coincidência que é ele ser mudo e existir um Homem de Ferro que prefira lacaios com esta característica.

  18. Procurei as entradas adequadas nos blog para postar as teorias soltas que enumero a abaixo mas não encontrei. Estive relendo passagens dos livros, para confirmar observações feitas por outros leitores do blog que eu não havia percebido em minha primeira leitura e me deparei com algumas coisas que, acho, não foram discutidas aqui.

    BERRANTE de JORAMUN – Há mais um nome que deve ser considerado como portador desse berrante além de Mance Rayder e Sammwell Tarly. em “A Fúria dos Reis” durante o festim da colheita em Winterfell é contado que Hother Umber, o Terror das Rameiras, da casa do gigante, “apresentou um enorme corno de guerra encurvado com faixas de prata”. Ao fim da execução da música “A noite que terminou” pelo cantor, Hother deu “um sopro tão forte que fez todos os cães latirem”. A música em questão descrevia a vez em que a Patrulha da Noite avançava ao encontro dos Outros na Batalha da Madrugada. Simbólico, não?

    A VOLTA DO COZINHEIRO RATAZANA E A TORTA DE FREYS DA TRAVESSIA
    Não sei se o blogueiro ou algum leitor escreveu que Wyman Manderly, senhor de Porto Branco,pediu aos músicos que executassem a canção do Cozinheiro Ratazana quando serviu três tortas gigantes aos Bolton e Frey durante o casamento de Arya. Primeiro
    Na verdade ele pediu que o conjunto tocasse “A noite que não terminou” e a música sobre os feitos do bravo Danny Flint E isso leva a outra teoria…

    DOS DOIS LADOS DA JUSTA – MAIS VIRA-CASACAS ALÉM DE THEON
    Me parece que não são apenas os Umber que estão com homens divididos entre Stannis e Boltons. A casa Flint também tem homens dos dois lados. Do lado de Stannis, são descritos como Flints das montanhas, do lado dos Boltons, usam uma mão de pedra com dedos de sílex como dístico. Seriam a mesma casa?
    Coincidência ou não, quando serviu as tortas de Frey no casamento da falsa Arya, Manderly pediu que seus músícos tocassem, “A noite que não terminou”, música que foi executada antes pelos mesmos músicos no festim da colheita de Winterfell. Ocasião em que foi sugerido que ele e Hother Umber deveriam se unir para construir barcos de guerra. E uma canção que Hother particularmente aprecia.
    Ems seguida pediu que tocassem “Bravo Dany Flint” que faz referência à um antepassado Flint. Outra coincidência é que as duas músicas fazem referência à história da Patrulha da Noite. Ah, e os Flint já foram senhores da Toca do Lobo, que hoje serve como prisão na corte de Manderly.

    O CORAÇÃO DE BRAN

  19. O CORAÇÃO DE BRAN
    Novamente, não sei se o blogueiro ou algum leitor, escreveu que Hodor é apaixonado por Meera Reed. Para isso, se baseou em uma passagem na qual Bran troca-peles com Hodor, durante luta contra os Outros. Bran, no corpo de Hodor, observa Meera escalar e se pergunta: “o que Meera pensaria se, de repente, Hodor pudesse dizer que a amava” . Como ele estava no corpo de Hodor, a passagem leva a crer que Hodor gosta de Meera. Mas supomos que quando troca-peles com Hodor, Bran poderia falar o que quisesse, mas se limita à palavra “Hodor”, para que ninguém perceba a troca de peles.
    Portanto, é difícil dizer se Bran descobriu que Hodor ama Meera ou se ele ama Meera. No momento em que Bran tem esse pensamento, ele e Meera estão correndo risco de morte e o corpo de Bran está semi-enterrado na neve, Talvez por medo de que um ou os dois não sobrevivessem, ele tenha sentido vontade de fazer uma “confissão”. O problema é que não podia voltar para o próprio corpo naquele momento, pois ele estava usando Hodor para salvar Jojen. Mesmo assim reprimiu o desejo de usar a voz de Hodor.
    Uma passagem discreta no festim da colheita em Winterfell reforça essa tese. É contado que Bran enrubesceu ao ser olhado por Meera, o que ocorreu logo depois dele ter enviado um prato de carne para os Reed durante o banquete, uma cortesia de senhor.

  20. Algo que talvez deva ser levado em conta é que os Homens sem Rosto são servos do deus da morte, o Deus de Muitas Faces, e no Rhllorismo, o deus da morte e das trevas é o Grande Outro. Arya estaria servindo ao Grande Outro? Logo a nossa querida Arya? Se bem que ela daria um jeito rapidinho, desligada das coisas como ela é. Se pararmos pra prestar atenção mesmo, ela não se liga religiosamente à crença até o quinto livro, então, talvez o abandone facilmente se perceber que ela a prejudicaria, ou iria contra o mínimo de Arya que há nela ainda. Ou talvez outra teoria que vi nesse blog seja verdadeira, R’hllor e Grande Outro são o mesmo deus. Dessa forma, Ninguém, Gata, Doninha, Salgada, etc, não estaria do lado contrário a Jon Snow (Azor Ahai), o irmão predileto da antiga Arya Stark.

  21. Tenho uma teoria: alguém aqui já jogou RPG medieval no sistema GURPS? Comprei recentemente o módulo básico desse sistema, mas já o vinha estudando há algum tempo. E é interessante o quanto GURPS e ASOIAF têm em comum. A construção dos personagens, a exigência de que os personagens tenham defeitos para ter qualidades realmente boas. Exemplos: Tyrion, genial, mas anão e muito feio; Bran, troca-peles, mas infantil. Outras coisas que existem em comum entre as obras é a fragilidade da vida. No GURPS numa campanha realista no nível dos personagens, por mais que seja uma fantasia medieval, a vida de cada um está por um tris. Cada passo deve ser bem estudado, para evitar os riscos. Algo que creio que D&D não explora tão profundamete. Outra coisa interessante: no GURPS Magia, há magias de fogo relacionadas às de luz, que por sua vez, abarcam as magias de sombra. Sacerdotes vermelhos?
    Ok, não é bem uma teoria. Não quero dizer que GRRM tenha lido o GURPS para se inspirar e escrever ASOIAF. Mas que há coincidências, há. Há muito mais, na verdade. Não lembro bem onde vi, mas certa vez vi que o George R.R. Martin já trabalhou em um material do Steve Jackson, o criador do GURPS. Será que o nosso querido autor se inspirou um pouco no sistema de RPG mais realista pra criar a fantasia mais realista?
    Não sei.
    Só sei que estou começando a escrever minha fantasia. Não quero nem que chegue perto das Crônicas, mas quero que seja boa. Então comprei GURPS!

  22. Pessoal, o drunk sustenta a teoria q jon e azoor ahai, o que eu acho bem provavel, jon é a cancao de gelo e fogo, é filho de lyanna stark e rhaegar targaryen.

    Voces podem achar sem fundamento, mas analize bem, jon tem a idade compativel, sua mae é desconhecida, esse foi o único deslize do honrado ned stark. Ned teria então protegido o sobrinho, porque caso contrário robert baratheon o teria matado ou mandado a essos.

    Ele esta lutando contra os outros e é um warg, o que prova o gelo, agora o não posso comprovar com linhagen ou xaraxterísticas físicas, mas uma pessoa pode herdar mais o lado da mãe que o do pai.

  23. outro dia eu estava lendo o capitulo da melisandre na dança dos dragoes e me deparei com uma coisa que acho que niguem percebeu.
    Em uma das suas visões ela diz que vê um rosto endurecido como madeira que parece um cadáver branco e também vê um menino com cabeça de lobo, e em minha opinião o cadáver branco é ninguém menos que bryden rivers, o corvo de três olhos, pois nos sabemos que é muito pálido de acordo com o Bran e é mais arvore do que humano, já o menino com cabeça de lobo é Bran, pois afinal ele é um warg e consegue controlar seu lobo verão, eu sei que nao é jon snow pois jon não é mais um menino. Ai vcs me perguntam o que isso tem a ver?
    Pois bem, nos também sabemos que todos os sacerdotes do deus vermelho dizem que só há dois deuses, o deus vermelho e um outro deus do mal, que de acordo com a melisandre seria o deus que comanda os Outros e os Vagantes.
    Mais pra frente nesse mesmo capitulo, ela se lembra desses rostos e ela pensa isso que eu vou por aqui embaixo:
    “A escuridão retrocede novamente… por algum tempo. Mas, além da Muralha, o inimigo fica cada vez mais forte, e se ele vencer, o amanhecer nunca chegara novamente. Ela se perguntava se teria sido o rosto dele que havia visto, olhando para as chamas. Não. Certamente, não. A visão dele teria sido mais assustadora do que aquilo, fria, negra e terrível demais para qualquer homem contemplar e viver. Mas o homem endurecido como madeira que ela vislumbrara e o garoto com o rosto de lobo… eram servos dele, certamente… campeões dele, como Stannis era o dela.”
    Percebam que o inimigo a qual ela se refere seria o Grande Outro (deus do mal) e os seus campeões, que quer dizer os mesmo que guerreiros, seriam Bran E Brynden, ou seja, talvez essas sejam as verdadeiras intenções do corvo de três olhos para com Bran, provavelmente em algum ponto da historia bran se tornara do mal, provavelmente contra o seu querer, assim como a velha ama disse “os corvos são todos mentirosos”.
    Comentem oq acharam, e se houver algum erro que não coincide com o livro, por favor, me digam, obrigado.

  24. A teoria de Jaime e Cersei filhos de Targaryen é boa. Mas Tyrion também ser não impede que Daenerys seja valonquar. Ele tem policromia, não pegou escamagris nem montou a égua descorada (ainda), não se esqueçam. (SPOILER) E no capítulo Tyrion II, do próximo livro “Os ventos do Inverno” há uma certa peça branca com veios de sangue que rola para os pés de Tyrion.

    1. Olá, Marcos!
      Obrigada por ler a teoria que enviei para o site!

      Concordo com você. O fato da Cersei e do Jaime serem filhos do Aerys II não impede que Tyrion também o seja, nem que a Dany seja o valonqar.
      Porém, pensei que o Tyrion poderia ser filho mesmo do Tywin pela sua personalidade e astúcia, além de que, quando Tyrion nasceu, a Joana já se encontrava em Rochedo Casterly, bem longe do Rei Louco, mas não se sabe ao certo quando ela chegou lá.

      Abraços!

  25. gostei da teoria sobre Rickon, apesar de não concordar, acho que fica bem explícito que ele esta em Skargos, ja que os Reed são Cranogmanos e conhecidos como “demônios do Pântano” ou ” papa rãs”, nunca vi uma citação de alguém os chamando de Canibais. Como o Davos disse das terras onde a faca do Wex pegou, os únicos conhecidos como Canibais, são o povo livre que vivem em Skargos…
    Por outro lado, gostei muito dessa teoria sobre o Stannis, o garoto que postou( esqueci o nome), deu argumentos bem plausíveis.
    a teoria sobre o Brandon ainda estou pensando, e as sobre a Dany, preferi nem ler algumas partes.

    1. Beire não morreu. Ela se encontrou com Jaime Lannister, em A Dança dos Dragões.
      Disse que havia encontrado Sansa, mas que Jaime deveria ir com ela, sozinho, senão Cão de Caça mataria a garota Stark.
      Uma mentira, pois ela precisa leva-lo até Coração de Pedra, sozinho.

      Jaime pôs-se precipitadamente em pé.
      — Senhora.Não julgava voltar a ver-vos tão cedo.—Pela bondade dos deuses,parece dez anos mais velha do que da ulti􏰃ma vez que a vi.E que
      lhe aconteceu á cara? — Essa ligadura… fostes ferida…
      — Uma dentada.—Tocou o cabo da espada,a espada que lhe dera.Cumpridora de Promessas.—Senhor,atribuístes-me uma demanda. — A rapariga.Encontraste-la?
      — Encontrei—disse Brienne,a Donzela de Tarth.
      — Onde está?
      — A um dia de viagem. Posso levar-vos até ela, sor… mas tereis de vir sozinho. Caso contrário, o Cão de Caça matá-la-á.

      Só consegui a citação em português de portugal…

  26. Tenho uma teoria sobre Valíria e os Dragões que precisa ser desenvolvida. É mais como um feeling. Não tenho certeza se existem passagens que comprovem e não sei se o tempo tem sincronia.

    Dizem que Valíria era a cidade mais avançada de todas. Que as estradas eram maravilhosas, que detinham alto conhecimento, tudo perfeito. Então, em uma bela passagem, de Tyrion, ele se pergunda por quê os Valirianos não foram para Westeros? O que aconteceu em Valíria? Martin não colocaria essa reflexão à toa. Acho que por isso Danny tem que descobrir a verdade. Tenho algumas ideias.

    1. Motivo de não ir a Westeros
    Eles tinham conhecimento do que mora nas ternas de eterno inverno. Fala sério, eles tinham dragões. Alguém deve ter sobrevoado o local para inspeção. Curiosidade. Talvez um deles tenha sido abatido, o dragão transformado e perdido. Isso fundamentaria na Era dos Herois existir um mítico (e antigo) dragão de gelo que dorme na muralha. Então eles entenderam que as terras de além mar seriam um perigo para eles, que poderiam perder os dragões mortos e, na verdade, armar um inimigo poderoso. Sabedoria é tudo! Então eles mesmos se prepararam para matar dragões, se necessário e viveram protegidos na terra onde a grande noite sem fim não chegava.
    Talvez os Valirianos tenham até entrado em acordo com os Outros e dividido o mundo como um tratado. A terra dos 7 reinos onde o Inverno reinaria e o outro lado do Mar, onde seria sempre verão e quente. Só que os Andalos e todos os outros invasores (inclusive os Targaryan e sua penquinha de dragões que sobraram) esqueceram deste tratado e invadiram as terras, esquentando o espaço dos WW e provocando verões intensos onde não deveriam.
    Bom, agora seria o momento dos WW recuperarem o que seria deles por direito.

    2. O fim de Valíria (suposições loucas, porque não sei se os meistres já existiam quando valíria era uma cidade feliz)

    O Marwyn diz que quem matou os dragões foram os Meistres da Cidadela, que não querem magia no mundo. Todos sabem que existe um livro que revela como matar dragões e está em VilaVelha. Mas não dá para envenenar e lançar flechas em vários de vez, então como poderiam os meistres acabarem com os dragões e Valíria rapidamente? A descrição, se não me engano, é de estruturas retorcidas, desabadas, queimadas e tudo ainda fumegando. É óbvio que o que destruiu valíria foram dragões, a dúvida é, de que forma? Algumas possibilidades:

    2.1 A resposta está em VilaVelha: o estudo da magia e o arco valiriano nas correntes. A criação do fogo vivo foi suficiente para dizimar a cidade inteira e os dragões, pois pega fogo em tudo o que toca e só se extingue sem oxigênio. Fácil de imaginar as pessoas queimando, as casas queimando e os dragões, em desespero, fumegando brasas para todos os lados (mas aí seria a utilização de algo repetido e perderia a graça, mas com o tio Martin tudo é cíclico…).

    2.2 Acho que, após estudar as tradições e magia do mundo, os meistres descobriram pessoas em westeros capazes de trocar de peles com outros animais e certamente os poderosos que dobram os lobos, que são os seres mais indomáveis da história, fora os dragões. É possível que, para a segurança de westeros diante de uma possível invasão por dragões e magia do outro lado, os meistres tenham treinados um grupo especial, de elite, para trocar de peles com os dragões e proporcionar a grande destruição que é possível ver em Valíria.

    2.3 Existe um veneno em Bravos, ao qual Arya já foi apresentada, que leva à loucura e destruição quando ingerido. Até por animais. E então Arya pergunda: até cães? E eu pergunto: até dragões? Eu tenho certeza de que Valíria foi destruída por seus próprios dragões. Um feeling interno.

    Se tem alguma teoria sobre isso, eu ainda não vi e ficarei feliz se alguém tiver pensado como eu…rs.

Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s